Entenda como funciona o Pronampe para micro e pequenas empresas

Saiba tudo sobre essa forma de crédito empresarial e regularize seu negócio.

09/Jun/2021
Empreendedorismo

Desde o começo da pandemia do covid-19, várias empresas precisaram de um apoio de crédito para se reerguer ou para dar continuidade aos seus negócios. E para isso, surgiu o Pronampe, Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. 


Instituído a partir da Lei nº 13.999/2020, ele é destinado a linhas de crédito no valor de R$15,9 bilhões, sempre com o objetivo de manter as operações em pleno funcionamento. E desde junho de 2021, ele se tornou um programa permanente de crédito. 


E se você está precisando do Pronampe para manter a sua empresa em boas condições financeiras, confira o artigo completo abaixo e saiba como funciona a linha de crédito Pronampe!

O que é o Pronampe?

Como já dito anteriormente, o empréstimo Pronampe é uma linha de crédito especial para ajudar empresas a manterem os seus recursos financeiros e dessa forma, evitar demissões e problemas para pagamentos de fornecedores e funcionários. Seu prazo para pagamento é de até 36 meses, com taxa anual de juros aplicada ao valor total do empréstimo. 

Quais empresas podem solicitar o Pronampe?

Não são todos os tipos de empresas que podem participar, apenas algumas que se enquadram nos requisitos exigidos. Por isso, é preciso se atentar a essas informações antes de procurar esse tipo de crédito. E são os seguintes requisitos:


  • Microempresas que tenham um faturamento anual de até R$360 mil;
  • Empresas de pequeno porte com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões por ano;
  • Empresas abertas até 2019 ou nos anos anteriores. Se a micro ou pequena empresa foi aberta em 2020 não pode receber o Pronampe. 

Como funciona essa forma de crédito?

Existem algumas outras regras mais específicas relacionadas a esse crédito. E são elas:

  • Possibilidade de empréstimo de até 30% do faturamento do ano 2019;
  • Limite de crédito de até R$108 mil para microempresas e R$1,4 milhão para empresas de pequeno porte.
  • Empresas de até 1 ano de atividade limite de crédito de 50% do capital social;
  • Taxa de juros aplicada é a Selic. 

Quais são as obrigações das empresas que recebem o crédito?


Se o seu negócio receber esse crédito empresarial, entre o período de solicitação e no 60º dia após o recebimento da última parcela, é preciso ficar atento a algumas regras. A primeira delas é manter o número de colaboradores igual ou superior a 19 de maio de 2020, a data em que a Lei foi instituída. 


Outra regra é ter uma garantia pessoal do valor do empréstimo + o valor dos juros. Ou seja, se você tiver uma empresa com menos de um ano, a garantia é ainda maior, sendo de até 150% do valor mais juros. 

Onde a empresa pode conseguir o Pronampe?

Várias instituições bancárias estão autorizadas a realizar esse tipo de empréstimo, e vão desde bancos públicos, estaduais, privados, agência de fomento estadual, cooperativa de crédito, bancos cooperados, Instituições integrantes do Sistema de Pagamento Brasileiro, fintechs e até mesmo organizações da sociedade civil. 


Porém, fique atento! O prazo para liberação do Pronampe para bancos privados só estará disponível a partir de 15 de julho. Dessa forma, se você deseja usar essa forma de crédito, é preciso aguardar. Já com bancos públicos, esse recurso já está liberado.


Vale a pena conferir com a sua instituição de crédito desejada e contar com essa possibilidade para manter sua empresa em regularização!



Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas