O que você precisa saber sobre crédito empresarial?

Obter um crédito empresarial pode ser uma grande solução para começar ou voltar a investir de vez no seu negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Manter um negócio funcionando no Brasil exige muita gestão e planejamento, principalmente em relação às questões financeiras da companhia.

Para o empreendedor, obter um crédito empresarial pode ser uma grande solução para começar a investir no seu negócio. Mas, sabemos que este pode ser um recurso difícil de se conquistar e pode se tornar uma dor de cabeça se não for bem planejado nos mínimos detalhes.

Segundo dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), apenas 59% das empresas brasileiras conseguem o crédito desejado, mas se comparado a países desenvolvidos, a média das empresas que obtêm o empréstimo é de 95%.

Isso porque as instituições bancárias podem exigir diversos tipos de garantias, além de cobrar juros um tanto quanto abusivos, o que pode acabar se tornando um obstáculo no meio do caminho para o empreendedor. Vamos entender melhor sobre o tema.

O que é crédito empresarial?

O crédito empresarial tem o mesmo princípio se comparado com uma conta pessoal. Imagine faltar dinheiro na sua conta corrente, o que você faz? Trabalha mais horas para garantir um valor de hora extra no fim do mês ou faz um empréstimo, por exemplo. Assim, você pode investir como quiser, fechar contas em aberto, ou atingir qualquer outro objetivo, mas sempre lembrando que irá pagar um acréscimo por este empréstimo.

Quando se trata de um empréstimo para pequenas e grandes empresas, a principal diferença é que as linhas de crédito podem variar bastante conforme o motivo do empréstimo e o segmento em que essa empresa atua.

O empreendedor pode buscar estes recursos direto nos bancos ou também em outras instituições financeiras. Na maioria das vezes, quando um empreendedor busca crédito empresarial, o objetivo principal é realizar algum tipo de investimento no seu negócio, como a aquisição de equipamentos mais modernos ou adquirir novos sistemas integrados mais eficientes para melhorar a sua gestão e planejamento.

5f46c596abe9949af35fc88d Ygz9ko5pP XgeElzvfwS6yCaVJ0LoJAmzJW7gP8c9sm6ljdZmXEOZyLGFfbHJH28WSG2Ngx0i pCyzaJ47xS27 8XfW0Wl5UFWAQf9lNKmK0eMUEKmXSpG440L0wpYSZ3GP1jCWq 4

Quando o crédito empresarial é bem planejado e organizado pela companhia, ele pode ajudar muito no crescimento e no impulsionamento de um negócio.

As principais modalidades de crédito

Para as empresas, existem diversas modalidades de crédito, dependendo da necessidade do empresário e da companhia. Vamos conhecer algumas delas:

Financiamento

Um dos modelos mais comuns de crédito, o financiamento pode possuir diversos termos e condições e é quase sempre direcionado à compra de bens para a companhia, como imóveis ou veículos.

Cheque especial

Outro modelo muito popular é o cheque especial, famoso principalmente pelo seu fácil acesso, já que está sempre visível na conta bancária da empresa como uma margem além do saldo. Este valor pode variar muito dependendo das movimentações financeiras da companhia e o seu uso ou saque é totalmente imediato, sem análises ou formulários.

Porém, é bom ficar de olho nesse tipo de crédito, pois toda essa facilidade costuma ter um custo muito alto. As taxas de juros são bem altas nesse modelo, portanto, pode não ser o mais recomendado. Por isso, lembre-se de entrar em contato com o seu banco e se informar sobre este processo, seus valores e prazos concedidos para quitar seus débitos.

Conta garantida ou capital de giro

Este modelo é um dos mais caros para as empresas e costuma ser indicado apenas para dívidas de curto prazo, já que possui prazos reduzidos que quase sempre não passam de 1 dia. Funciona de forma similar ao cheque especial, ou seja, o banco ou a instituição financeira concede um limite pré-aprovado para um saque de uso do empresário, que pode quitar suas dívidas menores de forma rápida, como fornecedores e outras despesas.

Empréstimo garantido ou empréstimo com garantia

Nessa modalidade, é exigido que o solicitante apresente algum bem, por exemplo um imóvel ou veículo, como garantia para pagar a operação do empréstimo caso haja inadimplência, e em contrapartida, a taxa de juros é mais baixa. Este modelo é mais utilizado para empréstimos de maior valor, como reformas e construções.

Antecipação de recebíveis

Se a sua empresa realizou alguma venda a prazo para receber nos próximos 3 meses, por exemplo, e você precisa deste valor com antecedência, você pode utilizar este modelo de antecipação de recebíveis e obter esses pagamentos com antecedência sem a necessidade de cobrar do cliente.

Você sabia que o Omie ERP realiza a antecipação de recebíveis direto pelo seu software de gestão com apenas um clique, sem burocracia e com juros bem abaixo do mercado? Saiba mais!

5f3e8cee07dda454dc5925af 6cGRA9DGm8Lkrx J gaLtdpqEOA0a35 CqWoGur242B9s PWSRUpOG4TdJo04cFtSiA0A4a7Bt5UwyLQWzUkxY3N0IqzawfWSc0i jZ uHfPCGXucCCiZ4 ue9Yt6qAA9r6aKX9n 1

Quais são as vantagens para a minha empresa?

Já conhecemos algumas das principais modalidades de crédito empresarial para as empresas, e agora, quais são as vantagens desse processo? Mesmo com juros e formulários muitas vezes necessários e burocráticos, o empréstimo também traz vantagens para o seu negócio.

Uma das principais vantagens, é que parte do valor pago nos juros das prestações do empréstimo pode ser revisto pelas empresas como restituição no seu Imposto de Renda. Além disso, um empréstimo também pode gerar bastante previsibilidade para o fluxo de caixa e, assim, o valor das parcelas encaixado mais facilmente no orçamento dos negócios.

E o mais importante: o crédito pode ser parte importante para impulsionar o seu negócio. O empréstimo empresarial, se organizado e planejado corretamente, pode levar seu negócio a resultados positivos muito além do esperado e de forma rápida. Porém, lembre-se que este dinheiro não é seu, certo? Então, não encare como dinheiro fácil, e sim, como uma importante estratégia para alavancar o sucesso da sua empresa.

Como abrir conta PJ vai me ajudar a conseguir crédito?

Primeiramente, abrir conta empresarial é o primeiro passo para o seu negócio começar a funcionar corretamente. Com uma conta pessoa jurídica, além de o empresário evitar confusões entre gastos pessoais e empresariais, ele também terá em mãos todas as despesas, receitas e movimentações da sua empresa de forma organizada em extratos bancários.

Ou seja, com a conta PJ todas as movimentações financeiras podem ser organizadas e enviadas para a contabilidade através da conciliação bancária de forma simples e rápida para garantir uma empresa sempre dentro dos prazos e da legalidade.

Com isso, ter uma conta PJ organizada, portanto, pode ampliar muito a linha de crédito da sua empresa no mercado, facilitar melhores negociações, com taxas mais atrativas e até abrir portas para novos investidores.

Omie ERP agora pode ser o seu internet banking. Isso mesmo, Omie.Cash é conta corrente digital empresarial e completa dentro do seu próprio sistema de gestão, sem burocracias, sem tarifa de manutenção e operações 100% automáticas em um só lugar. Conheça Omie.Cash e descubra como aumentar a produtividade da sua gestão financeira em um clique.

Clique e saiba mais: Conta Digital para Empresas é Omie.Cash

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
a importância de gestão de custos
Confira o que é gestão de custos, como diferenciar custos fixos e variáveis e como melhorar lucratividade e a eficiência
tabela icms
O ICMS é um tributo fundamental e pode afetar o seu negócio. Confira a tabela 2024 atualizada com os valores