Planejamento financeiro na prática: entenda como fazer

O planejamento financeiro é um bom aliado para manter contas e metas em dia. Entenda como fazê-lo na prática. Confira o artigo!

09/Jun/2022
Omie Academy

Um bom planejamento financeiro é ideal para alcançar metas, seja no ramo empresarial ou na vida pessoal. Porém, muita gente ainda fica confusa na hora de colocar a mão na massa e se planejar para o futuro.

 

Quando bem executado, um planejamento financeiro ajuda empreendedores a alcançarem objetivos e, posteriormente, metas de curto, médio e longo prazo. 

 

A falta de recursos e má administração do dinheiro estão entre os principais motivos para as empresas não se sustentarem no mercado. Para a vida pessoal, a falta de planejamento financeiro leva à dívidas e dificuldades nas realizações de planos.

 

Por esse e outros motivos, é de extrema importância saber realizar um planejamento

financeiro na prática. Continue a leitura e saiba como controlar as finanças! Vamos lá?  

O que é planejamento financeiro e para que serve

 

O planejamento financeiro é uma ferramenta estratégica e analítica que é capaz de auxiliar pessoas e empresas na conquista de metas. 

 

Para começar, é necessário ter objetivos que, quando cumpridos, chegam ao alcance de

metas de pequeno, médio e longo prazo. Em outras palavras, um planejamento financeiro está ligado à maneira como uma pessoa consegue equilibrar a renda disponível e os gastos. Para isso, é necessário que seja entendido como administrar as finanças para alcançar a meta. 

 

Por exemplo, no caso de um planejamento financeiro pessoal, se você busca ter um carro, mas não quer recorrer a financiamentos ou consórcios, é preciso que se planeje para separar uma renda todo mês para fazer algum investimento e ter o dinheiro necessário ao final do período pensado anteriormente.

 

Em tempos de incertezas e mudanças bruscas é ainda mais indicado se preparar e assumir o controle das finanças. 

Qual a importância de um planejamento financeiro 

Para chegar até um local, são necessários norteadores, não é mesmo? O planejamento financeiro serve como um direcionador. Você sabe aonde quer chegar, certo? O como é o que deverá estar presente no documento. 

 

A gestão financeira é algo que não é comumente ensinado, por isso, muitas pessoas têm dúvidas sobre assuntos financeiros e acabam acumulando dívidas.

 

Estudar sobre o assunto é uma questão básica para todos, independentemente de serem empreendedores ou não. Afinal, em diversos momentos da vida somos obrigados a entender como lidar com dinheiro, seja no caixa de um negócio ou nas próprias finanças pessoais. 

 

Por falar em estudar sobre gestão financeira, temos um curso gratuito sobre o tema na Omie Academy. Aproveite para colocar o conhecimento em dia!

 

Nós falamos bastante sobre a necessidade da gestão financeira para o alcance de metas. Porém, mesmo se você não tiver algo grande para realizar, é preciso entender que o controle das finanças traz outros benefícios, como:

  • Evitar gastos desnecessários;
  • Controlar e reduzir dívidas;
  • Crescer de maneira sustentável. 

Tipos de planejamento financeiro

 Existem diversos tipos de planejamento financeiro voltados para diferentes realidades. Conheça, a seguir, três deles.

Planejamento financeiro pessoal

 

O planejamento financeiro pessoal deve ser um dos primeiros aprendizados da vida. Saber como cuidar de finanças pessoais é pensar, também, no autocuidado. Afinal, ele depende de apenas uma pessoa: você. 

 

Desde a infância, podemos ser orientados sobre a importância de administrar bem o dinheiro. Podemos ensinar para crianças através de formas mais lúdicas ou, a depender da idade, explicar os motivos de guardar bem o dinheiro ou pensar sobre gastos. 

 

É importante alertar e sermos alertados sobre a necessidade do controle das finanças desde cedo, pois assim, temos cada vez mais adultos cientes disso.

 

Porém, se você ainda não se planeja bem financeiramente, é possível começar a fazer isso agora mesmo. O primeiro passo é entender o quanto você ganha mensalmente, anotar todos os gastos de forma detalhada e verificar se a sua renda está condizente com seus gastos. Coloque na ponta do lápis receita e despesas fixas e variáveis.

 

Depois de fazer isso, pense na sua meta e entenda as despesas que pode cortar para que ela seja atingida. O exercício pode te fazer entender como lidar melhor com o dinheiro disponível.  

Planejamento financeiro familiar

 

O planejamento financeiro familiar é, de certa forma, similar ao pessoal. Porém, nele estão inclusas mais variáveis, pois costuma envolver mais pessoas.

Um grande erro das famílias é focar apenas nas contas fixas e esquecer das corriqueiras, que aos poucos vão consumindo o orçamento da família. 

 

Para realizá-lo, a ideia é a mesma do pessoal: anotar todos os gastos e compará-los ao orçamento total, entendendo onde é possível fazer cortes e colocar as metas a serem alcançadas. 

Planejamento financeiro empresarial

 

No planejamento financeiro empresarial existem mais variáveis que no pessoal e familiar. As despesas são complexas e a receita é ainda mais variável, pois depende do fluxo de vendas.

O acompanhamento financeiro empresarial deve ser realizado durante toda a existência de um negócio. Sem ele, o empreendedor não possui nenhuma previsibilidade e não consegue entender a saúde financeira da empresa. 

 

Sem esses dados, não é possível antever crises e nem se organizar para passar por elas. No caso de negócios, é essencial contar com a ajuda de um contador para fazer o planejamento das finanças. 

Como fazer um bom planejamento financeiro? 

 

Um bom planejamento financeiro parte de uma autoanálise e um diagnóstico que irá mostrar o quanto está disponível e o quanto tem sido gasto mês a mês. 

 

O entendimento disso, como dito anteriormente, servirá para entender melhor como montar o planejamento financeiro para a realização das metas, com exceção do planejamento financeiro empresarial, que envolve mais questões.  

Dicas para fazer um planejamento financeiro

 

Depois de conhecer os tipos de planejamento financeiro, chegou a hora de anotar algumas dicas importantes. Confira:

  • Reúna todas as informações: contas fixas, periódicas, contas pagas e dívidas;
  • Não gaste além do que pode: tenha um padrão de vida de acordo com a sua renda;
  • Negocie suas dívidas: é preciso saber como tirar as dívidas do seu planejamento. Não deixe de tentar negociar e entenda como funcionam as cobranças;
  • Economize dinheiro: faça cortes de gastos onde convém;
  • Faça metas financeiras e de vida: entender onde você quer chegar irá ajudar a manter o planejamento;  
  • Coloque em uma planilha todos os gastos: independente do local, não deixe de registrar todos os gastos.

 

Aplicativos para planejamento financeiro

 

A tecnologia também é uma aliada na hora de planejar, bem como organizar as suas finanças. Existem diversos aplicativos que podem te ajudar nessa jornada.

  • Mobilis: indicado para controle financeiro familiar e pessoal, ele permite a criação de alertas, gerenciamento de cartões, criação de objetivos e acompanhamento de relatórios.

  • Guiabolso: permite a sincronização de contas bancárias e cartões, além da visualização de extratos, organização do dinheiro em categorias de gastos e estimação da renda mensal. Também é possível criar alertas para não esquecer dos pagamentos de contas.

  • Orçamento fácil: se você busca um app para controle de cartões de crédito, essa pode ser uma boa opção. Além disso, também existe a possibilidade de gerenciar todas as despesas e rendas diárias, inserir transações que foram agendadas e criar categorias e orçamentos customizados.

  • Monefy: realize o controle de gastos diário, mensal e a organização de contas. A aplicação também possibilita a visualização de contabilidade e gerenciamento financeiro.

 

Planejamento financeiro: não deixe de lado

 

Ao longo deste artigo você percebeu que o planejamento financeiro não pode ser deixado de lado. 

 

Se ele ainda não faz parte da sua rotina, considere implementá-lo hoje mesmo. Como vimos, o planejamento financeiro na prática envolve diversas variáveis, que juntas, fazem toda a diferença no final de cada mês. 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Na Omie Academy oferecemos muitos materiais gratuitos sobre temas relacionados, como a Trilha de Planejamento Financeiro. Cadastre-se e aproveite esse conteúdo!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas