Como calcular juros de boleto bancário: aprenda com um passo a passo simples

Saber como calcular juros de boleto bancário é algo imprescindível para a gestão financeira da sua empresa. Neste artigo, você encontra um passo a passo completo!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Você já se perguntou como calcular juros de boleto bancário? Como empreendedor ou empresário, é natural que, às vezes, seus clientes atrasem pagamentos de boletos e seja necessário recalcular o valor devido com juros.

Por isso, é essencial entender como esse cálculo funciona, quais tipos de juros se aplicam e como otimizar e automatizar o processo.

Neste conteúdo, vamos descomplicar esse assunto para que você gerir suas finanças empresariais com mais eficiência e precisão. Continue a leitura!

Como funcionam os juros e a multa do boleto bancário?

Para começar, é importante compreender os tipos de encargos que podem ser cobrados em um boleto bancário. Os dois mais comuns são os juros e a multa nos vencimentos de boletos.

A multa por atraso, limitada a 2% do valor total do boleto, é uma taxa fixa que independe do período de atraso. Por exemplo, em uma cobrança de R$ 150,00, uma multa de 2% resultaria em um adicional de R$ 3,00.

Os juros são aplicados com base no tempo de atraso do boleto, limitados a 1% ao mês. Esses juros são distribuídos de forma proporcional aos dias de atraso do boleto, considerando o mês comercial de 30 dias.

Quais são os tipos de juros mais comuns cobrados?

Existem diferentes tipos de juros que podem ser aplicados, cada um com suas características específicas. Abaixo, separamos os principais. Confira!

  • Juros Simples: nesse tipo de juros, o valor dos juros é calculado apenas sobre o valor inicial emprestado ou investido (o principal).
  • Juros Compostos: Aqui, os juros são calculados não apenas sobre o principal, mas também sobre os juros acumulados anteriormente. Isso faz com que o montante cresça exponencialmente ao longo do tempo.
  • Juros de Mora: São os juros cobrados sobre pagamentos em atraso, geralmente estabelecidos em contratos ou legislações específicas.

Lembre-se que cada um Cada tipo de juros deles tem suas próprias implicações e devem ser analisados caso a caso na hora de gerar boleto.

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Como calcular juros de boleto bancário?

Agora que você já conhece os tipos de juros, está na hora de entender como calcular os juros de um boleto bancário.

O cálculo pode variar dependendo do tipo de juros aplicados e do tempo de atraso no pagamento. Geralmente, são divididos em três opções:

Cálculo de multa por atraso no boleto bancário

É o mais comum e acontece quando um boleto não é pago até a data de vencimento. A fórmula de como calcular juros de boleto vencido é simples:

Multa = Valor do Boleto × Taxa de Multa

Por exemplo, se o valor do boleto é R$ 100,00 e a taxa de multa é de 2%, a multa seria de R$ 2,00.

Cálculo de juros de boleto bancário

Os juros de boleto bancário são calculados com base no valor do boleto e na taxa de juros estabelecida. Para calcular os juros, você pode utilizar a seguinte fórmula:

Juros = Valor do Boleto × Taxa de Juros × Tempo em Dias

Por exemplo, se o valor do boleto é R$ 100,00, a taxa de juros é de 0,1% ao dia e o atraso é de 5 dias, os juros seriam de R$ 0,50.

Cálculo do valor total do boleto em atraso

Para calcular o valor total do boleto em atraso, basta somar o valor do boleto com a multa e os juros. Nesse caso, a fórmula seria:

Valor Total = Valor do Boleto + Multa + Juros

Supondo um boleto de R$ 200,00, com multa de 2% e atraso de 5 dias, no exemplo prático ficaria:

  • Multa = 200,00 × 0,02 = 4,00;
  • Juros = 200,00 × 0,001 × 5 =1,00;
  • Valor Total = 205,00.

Em qualquer um dos casos você pode usar uma calculadora de juros de boleto para ajudar na emissão de boletos.

Qual a diferença entre juros de mora e multa?

De forma bem simples, a principal diferença entre os juros de mora e a multa é como são calculados e aplicados.

Isso quer dizer que, enquanto os juros incidem sobre o valor do boleto em atraso, calculados diariamente, a multa é uma penalidade fixa estabelecida pelo banco emissor.

Vale dizer que apesar dessas diferenças ambos estão regulamentados pelo Código Tributário Nacional e o Código de Defesa do Consumidor, cada um com suas especificações.

Quando evitar a cobrança de juros e multas

Gerar um boleto com juros e multa pode ser necessário em alguns casos. Afinal, a aplicação desses encargos visa incentivar o pagamento pontual por e compensar eventuais custos adicionais decorrentes do atraso no recebimento.

Mas, ainda assim, evitar a emissão de boletos com juros e multas pode ser benéfico em algumas situações específicas.

Por exemplo, quando se trata de clientes de longo prazo e com histórico de pagamento pontual, pode ser mais vantajoso priorizar o relacionamento e a fidelização do cliente, evitando aplicar encargos por atraso ou concedendo prazos de pagamento flexíveis.

De qualquer forma, é importante avaliar cada situação individualmente e considerar o impacto na relação com o cliente e na saúde financeira da empresa.

Em alguns casos, a flexibilidade e a comunicação aberta podem ser mais eficazes para garantir o recebimento dos valores devidos e manter uma relação positiva com os clientes.

Conte com a Omie para facilitar sua gestão financeira

Agora que você já sabe como calcular juros de boleto bancário, se você busca simplificar a emissão e o gerenciamento de boletos com sistemas ERP, a Omie pode ser a solução ideal para você. Com recursos avançados, opções de boleto registrado e maior controle financeiro, nosso software oferece tudo o que você precisa para gerir suas finanças com eficiência e precisão.

Lembre-se que com o conhecimento adequado e as ferramentas certas, você pode tomar decisões mais assertivas e alcançar o sucesso em seus negócios. A funcionalidade Emissão de Boletos do software Omie pode te ajudar muito a simplificar sua gestão financeira!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.