Passo a passo de como gerar boleto de maneira simples

O boleto bancário é uma forma de pagamento bastante democrática no Brasil. Entenda melhor como gerar boleto com esse passo a passo!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O boleto bancário, uma forma versátil e eficaz de cobrança, é uma ferramenta fundamental no cenário financeiro brasileiro. É prático e consegue alcançar um público diverso, principalmente para consumidores que não possuem contas em banco.

Aqui, você vai descobrir seu funcionamento, suas vantagens e como gerar boleto de forma segura e automatizada. Continue a leitura!

O que é boleto bancário?

O boleto bancário, ou boleto de cobrança, é uma forma de cobrança simples e prática, realizada a partir da emissão de um documento que contém as informações do serviço ou produto, valor, e um código para pagamento em agências ou meios online.

Mesmo com o crescimento do PIX, cerca de 16 milhões de brasileiros ainda não possuem conta em banco, os chamados “desbancarizados”. Por isso, a possibilidade de pagamento via boleto é uma solução que facilita e democratiza as trocas comerciais.

Como funciona o boleto bancário?

O boleto bancário é um documento usado para pagamento, com detalhes como valor e vencimento. O cliente paga em bancos ou lotéricas, e o valor é creditado na conta do vendedor após o processamento bancário.

Como vimos, ele é amplamente usado no Brasil por sua praticidade, visto que pode ser pago em diversos locais. Além disso, é seguro, pois as transações são processadas pelos sistemas bancários.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Quais as vantagens da cobrança por boleto?

Hoje em dia, existem diversas opções disponíveis para cobrança, como cartão de débito ou crédito, PagSeguro, PayPal, débito online, dentre outros. Porém, o boleto bancário ainda é a forma mais rápida e prática de realizar as cobranças de seus clientes, principalmente para as pequenas e médias empresas.

Como o boleto pode ser emitido até para quem não possui conta em banco ou cartão de crédito, você como empresário tem diversas vantagens:

  • ampliação da sua área de atuação;
  • melhor controle dos seus recebimentos em caixa, inclusive com a possibilidade de protesto caso o cliente não efetue o pagamento de um produto vendido ou serviço já prestado;
  • mais segurança para as vendas;
  • mais economia, se comparado às taxas de cartão e maquininhas.

Como preencher um boleto: campo a campo

Ao emitir um boleto, você se depara com uma série de números e nomenclaturas que podem confundir o preenchimento. Para te ajudar, criamos um pequeno glossário:

  • Sacado: é a expressão usada para identificar o comprador. Para boletos registrados é obrigatório mencionar CNPJ e CPF;
  • Sacador/Avalista: são as informações de quem vai receber o valor;
  • Cedente: é o emissor do título, quem fez a prestação do serviço ou a venda do produto. Caso o prestador de serviços tenha usado de uma empresa para realizar sua atividade, é o nome da empresa que precisa constar;
  • Agência e Código do Cedente: representa o número da agência e código para identificar quem efetuou a venda da mercadoria ou prestação de serviço. Quando houver um intermediador, o código da empresa deve aparecer no campo.
  • Juros e multa de mora: são as taxas cobradas após o vencimento. Caso o cedente decida fazer essa cobrança, o valor não pode ultrapassar 2% do valor do boleto;
  • Nosso número: simboliza o “registo geral” do boleto e é uma sequência que compõe a linha digitável;
  • Linha digitável: possui 48 números divididos em 5 grupos e permite que boleto seja pago sem a necessidade de imprimi-lo;
  • Código de barras: fica na parte inferior do boleto e é usado para identificação do leitor de código de barras.

Banner experimente - reduza os custos e ganhe mais eficiência em suas operações

Passo a passo de como gerar um boleto bancário

Após entender o que é o boleto bancário e qual sua importância frente a tantas opções de pagamento presentes no contexto atual, é preciso partir para a prática e gerar o documento corretamente.

Após preencher todos os campos mencionados com informações corretas, fazer a verificação para evitar erros e calcular os valores a serem cobrados, você deve seguir um passo a passo simples, encontrado a seguir. Confira:

1. Escolha um sistema de pagamento e emissão de boletos

É essencial que você, empreendedor, tenha primeiramente um sistema para gerar o boleto bancário. Esse recurso facilita o dia a dia dos processos financeiros e de cobranças. O boleto registrado é o mais indicado para acompanhar os processos.

2. Tenha os dados do cliente

Não esqueça de reunir os dados do cliente: nome, CPF ou CNPJ e endereço. Estes são fundamentais para preencher o documento de cobrança e devem ser colocados de maneira correta, sinalizando, ainda, os serviços prestados.

3. Valor e prazo de vencimento

Defina o valor dos serviços prestados, tendo por base o cálculo adequado de custos e quando o pagamento poderá ser efetuado. Esta parte é referente à data de vencimento e deve constar com clareza, pois, em caso de pagamento após o vencimento, poderão ser cobrados juros e correção monetária.

4. Informe sobre multas e juros

Como mencionado, os boletos bancários são documentos que possuem uma data limite para pagamento. Assim, é preciso que o empreendedor e cobrador informe com clareza os valores e porcentagens a mais que serão adicionadas ao valor inicial, em caso de atraso ou inadimplência.

5. Faça o envio em tempo hábil

É de responsabilidade do empreendedor e cobrador enviar o documento em condições legíveis e de fácil acesso. Assim, acorde o melhor meio (físico ou virtual) e explore possibilidades da tecnologia, como e-mail e aplicativos de mensagem e faça o envio.

Tipos de boleto de cobrança

Existem dois tipos de boleto de cobrança mais comuns:

  • Boleto simples: não possui registro na instituição financeira, logo, não é possível acompanhar a operação bancária envolvida.
  • Boleto registrado: possui registro bancário, permite que seja acompanhado a partir dos dados ali contidos, oferecendo mais detalhes da operação. Esse modelo oferece mais camadas de segurança.

Software seguro, pagamento seguro

Na hora de emitir boletos e cobrar pagamentos, é importante contar com um sistema seguro, capaz de automatizar processos repetitivos dessa rotina, reduzindo a chance de erros como valor, informações do pagador, entre outras.

Uma das ótimas alternativas é usar um sistema como Omie, que oferece simplicidade de uso, segurança e automatização para suas demandas.

Perguntas frequentes

Como faço para emitir um boleto?

Para emitir um boleto, você precisa ter uma conta bancária ou usar serviços de emissão online de boletos, disponibilizados por algumas instituições financeiras ou plataformas de pagamento.

Quais bancos permitem gerar boleto?

Vários bancos brasileiros, como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú e Santander, permitem a geração de boletos.

Qual aplicativo consigo gerar um boleto?

Você pode gerar boletos por aplicativos oferecidos pelos bancos, como o aplicativo do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, entre outros, ou por aplicativos de serviços de pagamento, como PicPay ou Mercado Pago.

Gerador de boletos Omie: o caminho

Na hora de gerar boletos para seus clientes e consumidores, opte pela praticidade e segurança através do gerador de boletos do sistema de gestão online 100% integrado Omie.

Além da emissão, você também tem acesso a relatórios financeiros personalizados, automatização de faturamento e muita agilidade na operação. Vale a pena conhecer melhor e escolher essa ferramenta para otimizar a rotina na sua empresa!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
como manter os clientes engajados
Entenda a importância de durante o processo de implementação de um novo produto ou serviço manter os clientes engajados e
escala de trabalho
A escala de trabalho organiza horários de funcionários, promovendo eficiência e equilíbrio. Aprenda a calcular e implementar uma escala eficaz.
Aprenda sobre amortização, seus benefícios e como funciona para facilitar o pagamento de dívidas de forma econômica e eficiente.