Descubra o que é a gestão operacional e sua importância para processos organizacionais

Com a gestão operacional, você ganha mais eficiência nos processos e qualidade nos produtos e serviços.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A gestão operacional desempenha um papel vital no sucesso das empresas, independentemente do seu tamanho ou setor. Isso porque é um gerenciamento para otimizar os recursos.

Isso significa utilizar os insumos, como mão de obra, matéria-prima, maquinário e tempo, da maneira mais eficiente. Ou seja, você reduz os custos operacionais e aumenta a produtividade. Quer saber mais sobre o assunto? Confira as informações a seguir.

Banner conheça o sistema - gestão online

O que é gestão operacional?

A gestão operacional ou gestão das operações de uma empresa é uma abordagem estratégica para planejar, coordenar e supervisionar os processos ligados à produção de bens ou prestação de serviços.

Seja qual for o setor de atuação, a gestão de operações é uma forma prática de garantir a competitividade, eficiência e sucesso a longo prazo das organizações e empreendimentos.

Qual é o papel da gestão operacional em uma empresa?

O papel da gestão de operações em uma empresa é assegurar que suas atividades sejam executadas de maneira eficiente para alcançar os objetivos organizacionais. A ideia é otimizar processos e reduzir custos, garantindo a qualidade de produtos e serviços.

Para isso, três pilares se complementam ao longo do processo:

  • Gestão de operações produtivas – garante que a produção seja realizada com alta qualidade, no menor tempo possível e a custos competitivos;
  • Gestão de operações e logística – se preocupa com a otimização da cadeia de suprimentos, buscando maneiras de tornar os processos de distribuição mais eficientes e econômicos;
  • Gestão de produção e operações – combina os aspectos da gestão de operações produtivas com a gestão de operações e logística, proporcionando uma visão holística de como a empresa produz, distribui e entrega seus produtos ou serviços.

Saiba ainda que, quando se fala em gestão de empresas para operações, o trabalho envolve ainda o gerenciamento de estoque e ainda gestão de riscos operacionais.

Quais os princípios da gestão de operações?

Para fazer o gerenciamento das operações de uma organização de maneira eficaz, é fundamental conhecer os principais princípios dessa prática:

  • Planejamento – envolve a definição de recursos para a produção e considera a capacidade produtiva da empresa para atender às demandas do mercado;
  • Controle – faz o monitoramento dos processos realizados;
  • Qualidade – estabelece padrões de qualidade que devem ser seguidos para produtos e serviços;
  • Melhoria contínua – análise constante do desempenho das operações, identificando falhas e oportunidades de aperfeiçoamento dos processos.

Quais os benefícios da gestão de operações?

São inúmeros os benefícios de investir no gerenciamento das operações. Conheça a seguir mais sobre cada um deles.

Redução de custos operacionais

Ao otimizar os processos, eliminar desperdícios e melhorar a eficiência da produção e distribuição, uma empresa pode diminuir as despesas administrativas, ou seja, pode economizar recursos preciosos que refletem em um melhor controle financeiro empresarial.

Aumento da produtividade

A organização de processos por meio da gestão de operações torna as tarefas executadas mais eficientes e os colaboradores se tornam mais engajados e motivados. Isso resulta em um maior volume de produção ou na realização de mais serviços em menos tempo.

Melhoria na qualidade do serviço

Com a gestão de processos, você tem mais controle e padronização das atividades, garantindo que seus produtos ou serviços atendam, ou até mesmo excedam, as expectativas dos clientes. Isso leva a uma reputação positiva e à fidelização do público.

Aumento da satisfação do cliente

A entrega pontual, produtos de alta qualidade e serviços eficientes resultam em clientes mais satisfeitos. Para garantir essas entregas é interessante buscar por ferramentas de gestão empresarial.

Clientes satisfeitos tendem a voltar e a recomendar a empresa a outros, o que pode impulsionar o crescimento e o sucesso a longo prazo.

Como implementar a gestão operacional na empresa?

Implementar a gestão de operações é um passo importante para melhorar a eficiência, reduzir custos e garantir que os processos internos estejam alinhados com os objetivos da empresa.

Para isso é importante conhecer as melhores práticas para fazer esse gerenciamento na sua empresa. Confira abaixo o passo a passo.

1. Avalie as operações atuais

Antes de implementar a gestão de operações, é essencial compreender o funcionamento atual da empresa.

Identifique processos, fluxos de trabalho e áreas que precisam de melhorias. Realize uma análise detalhada para determinar quais operações podem ser otimizadas.

2. Invista na liderança para gestão operacional

É necessário ter um gestor das operações da empresa, profissional que tem um papel multidisciplinar, pois além de fazer o gerenciamento e controle de processos, é alguém que faz a gestão das equipes, melhorando a produtividade da organização.

3. Estabeleça as metas e métricas

Defina metas claras e mensuráveis para a gestão de operações. Elas podem incluir a redução de custos, o aumento da eficiência na qualidade do serviço ou outros aspectos.

Além disso, estabeleça métricas para acompanhar o progresso em direção a essas metas, como indicadores de desempenho chave (KPIs).

4. Faça integração de tecnologia

Utilize sistemas de gestão e tecnologia para automatizar processos e melhorar a coleta e análise de dados.

A implementação de uma ferramenta de gestão, por exemplo, pode facilitar o controle de estoque, finanças e produção, fornecendo informações em tempo real para tomar decisões informadas.

5. Capacite os colaboradores

Investir na capacitação da equipe é fundamental. Para isso, proporcione treinamento adequado para que todos compreendam os novos processos e tecnologias.

Uma equipe bem treinada desempenha um papel crucial na eficácia da gestão de operações.

6. Realize monitoramento e ajustes contínuos

A gestão de operações não é um processo estático. Assim, é importante monitorar constantemente o desempenho, analisar os resultados e fazer ajustes quando necessário.

Para isso, o melhor caminho é contar com tecnologias de gestão, que facilitem esse acompanhamento.

Perguntas frequentes sobre gestão operacional

Entenda melhor sobre gestão de operações, acompanhando outras dúvidas sobre o assunto.

Quais são os níveis de gestão de operações?

São 3 níveis: o estratégico, que define os objetivos para uma área, o tático, que elabora um plano de ação para que os resultados sejam alcançados e o operacional, que coloca em prática o plano de ação no dia a dia da empresa.

Qual a diferença entre gestão de produção e gestão operacional?

A gestão de produção direciona os trabalhos para os processos ligados à etapa de produção, já a gestão operacional é mais ampla e compreende diversas áreas e atividades da organização.

Como você viu, a tecnologia é um aspecto fundamental para implementar e acompanhar a gestão operacional na sua empresa. Isso porque você tem mais controle sobre as atividades e facilidade para monitorar os processos.

Para integrar os diferentes departamentos da sua empresa, garantindo uma gestão de excelência, conte com o sistema Omie para empreendedores!

Banner experimente - reduza os custos e ganhe mais eficiência em suas operações

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
vantagens do ERP: pessoa no computador utilizando o software ERP.
Otimize processos e aumente sua produtividade com um sistema de gestão ERP!
Conheça as vantagens e a importância de contar com um software de gestão na sua empresa.
o que é private label e quais são as vantagens
Neste artigo, vamos explorar o conceito de Private Label, seu funcionamento e os principais benefícios que essa estratégia pode oferecer.