O que é logística reversa e quais as principais etapas?

Saiba todos os detalhes sobre logística reversa, suas vantagens e como implementar em seu negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A logística reversa é uma prática que tem crescido entre diferentes tipos de negócios e consiste no transporte de mercadorias de volta à empresa. Trata-se de uma estratégia econômica e ecológica que visa deixar menos resíduos acumulados e sem utilidade.

Para colocar em prática essa política é necessário organizar certos processos e assegurar sua implementação de forma eficaz. Neste artigo, você conhecerá tudo sobre esse tipo de logística e como utilizar esse método em sua empresa. Boa leitura!

O que é logística reversa?

A logística reversa é dos vários tipos de logística. Na prática, ela incentiva a reciclagem de embalagens e materiais, fazendo com que as empresas sejam responsáveis pelo ciclo completo de vida dos materiais utilizados, pensando desde a produção até a reciclagem.

Foi implementada em 2010 por meio da Lei n˚12.305 da Política Nacional de Resíduos Sólidos, determinando que ao menos 22% dos produtos, embalagens e materiais precisam ser encaminhados à reciclagem por meio da logística reversa.

Segundo o artigo 33 desta lei, “são obrigados a estruturar e implementar sistemas de logística reversa, mediante retorno dos produtos após o uso pelo consumidor, de forma independente do serviço público de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos”.

Esta prática é obrigatória para importadores, fabricantes, distribuidores e comerciantes dos seguintes itens:

  • Medicamentos;
  • Lâmpadas fluorescentes;
  • Óleos lubrificantes;
  • Pneus;
  • Baterias e pilhas;
  • Eletroeletrônicos e seus componentes;
  • Agrotóxicos, seus resíduos e embalagens.

Para facilitar essa obrigação, foi criado um portal digital do SINIR (Sistema Nacional de Informações sobre Gestão de Resíduos Sólidos), que possibilita a consulta de diretrizes para cada setor nos quais a prática é obrigatória. Além de incentivar a coleta consciente dos cidadãos brasileiros.

Por que a logística reversa é importante?

Essa prática é uma das soluções utilizadas para reduzir a quantidade de lixo no meio ambiente, e vem sendo muito discutida no mundo business e por autoridades políticas brasileiras devido seus enormes benefícios ao nosso planeta.

O Ministério do Meio Ambiente, ao prestar apoio à PNRS, considera a logística reversa um instrumento essencial com capacidade de promover responsabilidade de forma compartilhada entre a empresa e o consumidor em relação ao ciclo de vida de um produto.

A principal finalidade da logística reversa é reinserir os materiais do pós-consumo ou resíduos em novos ciclos produtivos, preservando o meio ambiente e a vida.

Além disso, a modalidade promove oportunidades de novos negócios, o que contribui com a economia positiva do país. Trazendo benefícios para a sociedade e o meio ambiente, promovendo uma consciência de sustentabilidade e de consumo responsável.

Como funciona a logística reversa?

A logística reversa, no setor privado, funciona assim: a mercadoria, ou parte dela, após ser adquirida pelo cliente, retorna à empresa, sem custos para o consumidor, que pode ser estimulado a levar esses materiais até algum ponto de coleta mais próximo. 

Em seguida, as fabricantes dão continuidade ao processo. Já no setor público, essa logística diminui a quantidade de resíduos a serem coletados para assim reduzir a quantidade a ser depositada em aterros municipais.

As etapas da logística reversa

São necessárias as seguintes etapas para a logística reversa acontecer:

  • A conscientização dos cidadãos/consumidores sobre seu papel ambiental;
  • O consumidor envia de volta a embalagem ou produto ao distribuidor, ou comerciante;
  • O distribuidor ou comerciante devolve ao fabricante, ou importador;
  • Este encaminha a mercadoria para reuso, reciclagem ou descarte adequado;
  • Os órgãos públicos realizam a fiscalização para assegurar que tudo é feito nos conformes legais.

Como fazer e preparar sua estratégia de logística reversa?

Para que sua aplicação seja eficaz, é preciso que a empresa tenha um entendimento profundo sobre quais os materiais são utilizados em sua produção, assim como qual será seu impacto ambiental.

Veja nossas dicas de como colocar em prática a logística reversa em sua empresa:

1. Defina a política de retorno dos produtos

Defina as políticas de retorno para suas mercadorias, analisando a proposta de algumas empresas já atuantes nessa área.

2. Capacite os colaboradores

Invista na capacitação dos seus colaboradores para que o processo seja entendido, assim como quais serão as etapas em que eles irão participar ativamente.

3. Comunique seu cliente

Comunique seu cliente sobre essa novidade em suas práticas. Explique como funciona e informe as vantagens em usá-la. É imprescindível disponibilizar todas as informações para os clientes que já realizam o processo, como datas e horários de entrada e saída do produto na fábrica.

4. Acompanhe o processo para aprimoramentos

O trabalho não cessa após a empresa implementar a logística reversa. Por isso, é importante sempre rever os processos para obter mais lucros e se destacar ambientalmente. Para facilitar esse acompanhamento, conte com sistemas de logística reversa.

Os principais benefícios da logística reversa

Conheça agora os principais benefícios da logística reversa e entenda melhor como a prática vem transformando diferentes tipos de negócios e a sociedade de forma geral.

Facilidade de devolução

Um sistema eficiente de logística reversa permite que os clientes devolvam produtos de forma conveniente e rápida, facilitando inclusive a gestão de frete.

Isso resulta em maior satisfação do cliente, já  eles se sentem mais confiantes para comprar sabendo que, se necessário, podem devolver ou trocar itens sem complicações.

Maior impacto da marca

Empresas que adotam práticas de logística reversa e destacam seu compromisso com a sustentabilidade tendem a ter uma percepção mais positiva por parte dos consumidores. 

Dessa forma, é possível aumentar a lealdade à marca e contribuir para a construção de uma reputação sólida.

Valor percebido

A logística reversa pode prolongar o ciclo de vida útil de um produto. Assim, quando os clientes veem que um item pode ser reutilizado, reciclado ou reintegrado a logística de produção, eles tendem a atribuir um valor mais duradouro ao produto e à marca.

Responsabilidade compartilhada

Envolvendo os consumidores no processo de devolução e reciclagem de produtos, a logística reversa também ajuda a aumentar a consciência ambiental. 

Assim, é possível criar uma sensação de responsabilidade compartilhada entre empresas e consumidores, mostrando que todos têm um papel a desempenhar na preservação do meio ambiente.

Inovação e oportunidades de negócio

A implementação da logística reversa pode abrir caminho para novos modelos de negócios, como recondicionamento, remanufatura e revenda de produtos usados. Isso não só reduz o desperdício, mas também cria novas oportunidades de mercado.

FAQ – Conheça as principais dúvidas sobre o tema

O que é o processo de logística reversa?

A logística reversa é o processo de gerenciar o retorno de produtos, embalagens e materiais pós-consumo da sua destinação habitual para seu reaproveitamento, reciclagem, remanufatura ou descarte responsável.

Qual é o principal objetivo da logística reversa?

O principal objetivo é reintegrar materiais usados de volta à cadeia produtiva, reduzindo o desperdício, minimizando impactos ambientais e promovendo a sustentabilidade.

Como se aplica a logística reversa?

A logística reversa é aplicada através de práticas como devoluções de produtos, reciclagem, recondicionamento, remanufatura, descarte adequado de resíduos e reutilização de materiais.

Exemplos de logística reversa que você precisa conhecer

Empresas têm diferentes abordagens para esse tipo de logística, mesmo aquelas não obrigadas por lei. A logística reversa dos Correios é um exemplo, facilitando devoluções. Já as obrigadas por lei devem estabelecer estratégias específicas. Alguns exemplos são:

  • Eletroeletrônicos: programas duradouros de logística reversa para lixo eletrônico, triando e encaminhando materiais para reutilização ou reciclagem.
  • Cosméticos: fabricantes desenvolvem métodos para reutilizar insumos químicos excedentes, reduzindo o desperdício.
  • Pneus: as empresas estabelecem processos para recolher e reciclar pneus, transformando-os em matéria-prima para asfalto e outros usos industriais.

Impulsione suas estratégias com a tecnologia!

Em um cenário onde a responsabilidade ambiental se destaca, a logística reversa surge como um pilar essencial para empresas comprometidas com a sustentabilidade e com seus clientes. 

Ao adotar estratégias eficazes de logística reversa, as empresas não só reduzem danos ao meio ambiente, mas também constroem reputações sólidas e fortalecem sua visão de responsabilidade social. 

Conheça o sistema ERP Omie agora mesmo e descubra como ele pode impulsionar sua estratégia de logística reversa e fortalecer sua jornada rumo à sustentabilidade ambiental!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
A importância da gestão comercial
Saiba mais sobre a gestão comercial, como ela funciona, sua importância e porque o seu negócio deve adotar essa prática.
o que é packing: mulher segurando caixa em esteira
Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas
gestão financeira para MEI
Descubra a importância de uma gestão financeira para MEI para aumentar a eficiência do seu empreendimento. Aprenda como fazer e