Comprar uma franquia: tudo o que você precisa saber para investir certo!

Embarque na jornada do empreendedorismo de forma segura e informada com nosso guia completo sobre comprar uma franquia.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Comprar uma franquia representa uma oportunidade estratégica para empreendedores em busca de um caminho sólido no mundo dos negócios. No entanto, diante da diversidade de opções disponíveis, é preciso compreender todos os aspectos desse empreendimento antes de tomar uma decisão. 

Este conteúdo visa fornecer insights valiosos e orientações para aqueles que estão prestes a embarcar nessa jornada. 

Ao explorar desde os fundamentos até as nuances mais detalhadas do processo, você estará pronto para tomar decisões informadas e bem-sucedidas, garantindo um investimento sólido e bem planejado. Prepare-se para mergulhar no universo das franquias!

O que é franquia? 

Conhecido como franchising, termo em inglês para franquia, esse modelo de negócio consiste em disponibilizar a permissão de uso de uma marca ou patente.

No Brasil, esse é um dos formatos de empresa que mais cresce, superando até mesmo as crises econômicas, e se estabelece como um dos modelos de empreendimento mais seguros e flexíveis.

A franquia oferece muitas vantagens, principalmente porque ela já vem pronta. Assim, você não começa do zero, pois já tem uma estrutura e padrão a serem seguidos e comercializa um produto ou serviço de uma marca que já é conhecida pelo público.

Existem dois perfis nas franquias: o franqueado e o franqueador. O franqueado é quem investe em uma franquia e tem o direito de utilizar o nome da marca. Já o franqueador é o detentor da marca e a disponibiliza para ser comprada por pessoas interessadas.

O que é necessário para comprar uma franquia?

Quem busca informações sobre como abrir uma franquia, precisa, em primeiro lugar, estudar o mercado para saber qual segmento tem demanda na região onde você pretende empreender. Mas, muita gente fica na dúvida sobre quais são os segmentos no franchising.

Para te ajudar, separamos os principais segmentos em que as franquias estão presentes no Brasil:

  • Franquias de alimentação;
  • Franquias de casa e construção;
  • Franquias de saúde, beleza e bem-estar;
  • Franquias de hotelaria e turismo;
  • Franquias de serviços educacionais;
  • Franquias de limpeza e conservação;
  • Franquias de comunicação, informática e eletrônicos;
  • Franquias de moda;
  • Franquia de tecnologia, como franquias de software – uma das que mais crescem no país;
  • Franquias de serviços;
  • Franquia de negócios.

Deu para notar que opções de tipos de franquias não faltam, por isso, além de avaliar o mercado, escolha o segmento que se encaixa em seu perfil, interesses e habilidades.

A importância da pesquisa de mercado

Pesquise ainda qual é o investimento inicial para a abertura da franquia para ver se corresponde ao seu planejamento financeiro para empreender. Nesse ponto, saiba que há alternativas de baixo e alto investimento inicial.

Uma recomendação importante é ter cuidado ao escolher uma franquia só porque está na moda. Isso porque o sucesso pode ser passageiro, por isso vale analisar o cenário econômico para saber se há viabilidade de determinado segmento de mercado a médio e longo prazo.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

O que devo saber antes de abrir uma franquia?

Esse modelo de negócio oferece inúmeras vantagens, principalmente quando comparadas às empresas que são criadas do zero. Isso porque ele já está presente no mercado e é lucrativo. 

Outro ponto é que o franqueador oferece todo o suporte necessário para o franqueado, além de pesquisas e estudos para orientar as melhores estratégias de negócio. Tudo isso, em conjunto, contribui para o sucesso do empreendimento.

Mas antes de adquirir uma franquia é importante estar por dentro de algumas questões:

  • avalie o seu perfil para o segmento em que deseja adquirir a franquia, pois de nada adianta entrar em um mercado com o qual não tem afinidade. Assim, se você gosta de inovações e estiver em dúvida entre uma franquia de serviços ou de tecnologia sabe que a segunda opção combina mais com você;
  • pesquise sobre o franqueador e qual sua reputação, bem como o local em que você deseja atuar e implantar a sua franquia, principalmente caso seja uma loja física;
  • se possível, converse com franqueados atuais para saber a satisfação deles em relação a marca, os desafios de tocar o negócio, entre outros pontos.
  • analise com atenção a circular de oferta de franquia (COF), documento no qual o franqueador apresenta as informações comerciais, financeiras e jurídicas da marca;
  • na circular, você também fica sabendo sobre todas as taxas que precisa pagar fora o investimento inicial;
  • informe-se ainda sobre a regularidade fiscal e financeira da empresa franqueadora; 
  • antes de assinar o contrato, leia atentamente todos os pontos e, caso fique com alguma dúvida, converse com o franqueador e peça orientação de especialistas;
  • pesquise ainda sobre os valores de aluguel e outras taxas do ponto onde deseja estabelecer o seu negócio (caso não atue em home office).

‍Qual o valor para comprar uma franquia?

O valor de uma franquia pode variar bastante de acordo com o segmento escolhido, no entanto é preciso ter em mente que existem franquias baratas para investir, uma alternativa para quem não tem muitos recursos para começar a empreender.

É possível, por exemplo, abrir uma franquia de serviços e trabalhar home office, ou seja, você não terá gastos com o aluguel de um imóvel, o que pode ser um impulso para começar sua empresa.

Microfranquias: uma tendência no mercado brasileiro

Vale destacar que no mundo do franchising existem ainda as microfranquias, que, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), são aquelas em que o investimento inicial é de até R$90 mil, enquanto as franquias têm investimentos maiores.

As microfranquias também são mais econômicas quando comparadas com as franquias pois demandam menos recursos e uma equipe menor para se firmarem no mercado. Elas podem ser operadas com menos equipamentos e, até mesmo, por uma só pessoa.

Portanto, como você pode encontrar diferentes opções de tipos de franquias e com valores variados, o caminho é pesquisar bastante e colocar no papel todo o investimento, taxas e capital inicial que você vai precisar para iniciar seu negócio.

Erros que devem ser evitados ao comprar uma franquia

A seguir, elencamos abaixo os erros mais comuns após decidir comprar uma franquia. Considere atentamente os pontos:

Principais erros a serem evitados ao comprar uma franquia:

  1. Não ler atentamente o COF
  2. Não tirar todas as dúvidas
  3. Não estudar a concorrência
  4. Investir em uma franquia apenas porque está na moda
  5. Falta de Capital de Giro
  6. Falta de comunicação

Não ler atentamente o COF – Circular de Oferta de Franquia:

Um documento criado pelo franqueador e que apresenta todas as condições necessárias para adquirir a franquia. Deixando passar alguns pontos de atenção presentes nas cláusulas.‍

Não tirar todas as dúvidas com o franqueador.

Todas as perguntas são válidas, afinal, o óbvio só é óbvio quando é dito. Não tenha medo de perguntar e elucidar suas questões.‍

Não estudar a concorrência e nem o seu mercado de atuação.

Como mencionado, o investimento deve levar em conta o nicho de mercado, a concorrência e outros dados que podem ser levantados com base em diferentes tipos de pesquisas. Esses dados devem ser aplicados ao plano de negócios, concretizando-o da melhor forma. ‍

Investir em uma franquia que está na moda. 

Considere todo o cenário econômico e social dessa área de atuação. Pense bem antes de investir em franquia só porque está moda, analise as chances de sucesso a médio e longo prazo.‍

Falta de capital de giro

É comum utilizar o dinheiro reserva para manter o negócio nos primeiros meses, mas muitas pessoas esquecem de repor o valor utilizado e acaba perdendo o capital de giro, o que consequente, leva ao fechamento do negócio‍

Falta de comunicação 

Outro erro bem comum e que está muito atrelado ao fato de escolher bem o segmento de atuação. Se você é do tipo de pessoa que não gosta muito da interação com outras pessoas, com certeza não irá escolher uma franquia de alimentação, por exemplo.

Como você viu, é preciso buscar diferentes informações, avaliar o mercado e a reputação da empresa franqueadora antes de comprar uma franquia. A boa notícia é que, ao escolher o franchising, você estará empreendendo em um modelo de negócio em ascensão.

O que achou das informações que trouxemos neste conteúdo? Se você gosta de tecnologia e quer trabalhar com uma solução que é sucesso de mercado, aproveite para solicitar a proposta do Sistema ERP Omie!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
nova lei de franquias: blocos representando franquias
As mudanças na lei de franquias visam trazer mais transparência na relação entre franqueador e franqueado. Conheça as principais alterações.
Entenda tudo sobre franquia de contabilidade: entenda o que é, como funciona e as principais vantagens. Leia nosso blog e
Microfranquia
Entenda por que investir em uma microfranquia é um excelente negócio e confira dicas de como fazer esse investimento dar