Público-alvo: você já sabe o que é?

Descubra o que é público-alvo e a importância de sua definição para o sucesso das estratégias de marketing da sua empresa.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Para aproveitar as oportunidades de mercado, criar ou aperfeiçoar produtos e serviços e realizar estratégias de marketing eficientes, é fundamental conhecer o público-alvo. Dessa maneira, sua empresa define quem são seus consumidores em potencial e, consequentemente, pode vender mais.

Logo, ter em mente quem é o cliente-alvo, conhecendo suas características, é importante para seu negócio alcançar os melhores resultados e passar na frente da concorrência. Isso ainda permite otimizar recursos de divulgação e criar produtos personalizados, aumentando as chances de vender em diferentes épocas do ano e para vários segmentos.

Mas o que é público-alvo e por que é recomendado definir quem faz parte desse grupo? Acompanhe o artigo para tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Ainda, coloque em prática e saiba quem consome seus produtos e serviços com dicas práticas. Boa leitura!

O que é público-alvo?

Público-alvo, consumidor-alvo ou target representa uma parcela de clientes com perfil e características semelhantes (faixa etária, escolaridade, renda média, hábitos de consumo, estilo de vida, dados geográficos, comportamento, valores, entre outras). São mais propensos a comprar os produtos ou serviços de uma determinada empresa. É um segmento de mercado para o qual um negócio direciona os esforços de marketing.

Apesar de muitos gestores pensarem que a melhor estratégia é fazer sua marca chegar ao maior número de pessoas, ou seja, um grupo heterogêneo de consumidores, o ideal é saber quem são os seus clientes em potencial — mesmo que eles representem um grupo menor. É esse grupo que, de fato, tem potencial para fechar negócio com sua empresa.

Quer um exemplo? Imagine uma marca que produza celulares mais simples, que sejam fáceis de usar pelo público idoso, ou seja, pessoas com mais de 65 anos e que não sejam muito acostumadas com a tecnologia. Não faria muito sentido ter ações de marketing voltadas para um público mais jovem.

No entanto, a marca pode direcionar esforços de divulgação para um público adulto, com uma média de idade de 30 a 40 anos, principalmente em datas comemorativas, como Natal, Dia das Mães ou Dia dos Pais. Esse segmento de consumidores pode ter a intenção de comprar o celular mais simples e presentear seus pais idosos.

Por que a sua empresa precisa definir o público-alvo?

É essencial definir o público-alvo para ter sucesso em seu nicho de atuação, independentemente de vender para o consumidor ou para outras empresas. Veja, a seguir, as vantagens de conhecer a fatia de clientes em potencial para o seu negócio!

Aproveitar oportunidades de mercado

Ao conhecer seu público-alvo, você identifica suas principais características e necessidades. Dessa maneira, pode pesquisar as tendências do seu nicho de atuação e oferecer produtos e serviços que atendam o que essas pessoas buscam.

Seu negócio pode trazer soluções ou melhorar o atendimento para um segmento de público, o que vai se refletir em um melhor posicionamento no mercado e, é claro, aumento do faturamento.

Desenvolver um planejamento de marketing eficiente

Quando sua empresa define seu mercado-alvo sabe com quem “vai conversar”. Isso quer dizer que pode criar mensagens mais assertivas e utilizar os canais certos de comunicação. Em outras palavras, tem um plano de marketing eficiente, poupando recursos e alcançando os melhores resultados.

Nesse sentido, sua empresa consegue definir os 4ps do marketing (Preço, Produto, Praça e Promoção), tendo em mente o segmento de mercado que tem mais chances de consumir seus serviços. Entende como precificar o que vende, em quais locais deve vender e como agregar valor ao produto.

Em relação à precificação, conhecer o mercado-alvo é de extrema necessidade, visto que você não pode ter um valor que seja muito discordante da renda dos seus clientes.

E não se trata apenas de não colocar um preço muito alto, que fuja do orçamento do público. É preciso pensar também no valor a ser praticado para produtos com vários diferenciais e destinado a pessoas com maior renda: se o produto parecer “muito barato” pode passar a ideia de que não tem a qualidade que promete.

Atrair e fidelizar clientes

Quando seu negócio entende as “dores” do seu público, oferecendo algo diferenciado no mercado, e com ações de marketing efetivas, você passa a atrair um maior número de clientes. Afinal, “fala a língua” dessas pessoas, atende suas necessidades e está nos canais e plataformas em que elas estão.

Tem ainda o fato de sua empresa conseguir ter um relacionamento mais próximo e humanizado com os consumidores, porque você conhece seu perfil e o que esperam do atendimento. Logo, aumenta a fidelização de clientes.

Ganhar diferencial competitivo

Por último, ao definir o público-alvo, você se aproxima de seus potenciais clientes e passa a ser a marca lembrada em seu segmento. Desse modo, ganha diferencial competitivo frente às outras empresas do setor.

Exemplos de público-alvo

Quando se fala em cliente-alvo, dependendo da atuação da empresa, ele pode ser B2C, quando ela vende para o consumidor, ou B2B, quando seu cliente são outras empresas. Confira abaixo exemplos para cada tipo de público-alvo.

Público-alvo B2C

Ao estudar o mercado e fazer pesquisas com os consumidores, uma empresa que produz tapetes e acessórios para praticantes de ioga descobre que as características do seu público-alvo são:

  • Mulheres de 30 a 50 anos, com filhos, que trabalham, moram na região Sudeste, têm graduação completa, renda mensal de R$ 5 a R$ 10 mil e se preocupam com a saúde do corpo e da mente.

Público-alvo B2B

No caso de empresas no mercado B2B, as características do público-alvo se referem aos negócios que estão mais propensos a consumir seus produtos ou serviços. Veja o exemplo de uma empresa que produza máquinas de café para o ambiente corporativo:

  • Pequenas empresas do setor de serviços, com até 50 funcionários, faturamento médio mensal de até R$ 80 mil, da região Centro-Oeste, e que busca oferecer um local agradável para sua equipe e clientes.

A diferença entre os públicos-alvo B2C e B2B é que, no segundo, não há características comportamentais, somente o perfil da empresa que se deseja atingir.

Público-alvo e persona: você sabe a diferença?

No marketing existe o conceito de persona e é comum que muitas pessoas confundam com a ideia de público-alvo.

Persona se refere a um perfil fictício do seu cliente ideal, sendo, portanto, uma abordagem mais aprofundada e detalhada de quem seria esse cliente. É, na verdade, uma representação personalizada do cliente com quem a marca pretende interagir.

Lembra do exemplo sobre o público-alvo da empresa que produz tapete e acessórios para praticantes de ioga? Pois bem, a persona para essa empresa poderia ser descrita da seguinte forma:

  • Melissa, 34 anos, mãe da Lívia, 6 anos, formada em Direito, é promotora pública e mora em um bairro nobre de Florianópolis. Faz aulas de ioga duas vezes por semana,  busca ter uma alimentação saudável, pratica exercícios físicos e valoriza os momentos de lazer em família. Gosta de acessar o Instagram para acompanhar perfis voltados para saúde mental e meditação.

As diferenças entre persona e público-alvo na segmentação do negócio são importantes, porque a primeira é um perfil que apresenta as complexidades do cliente ideal. Por isso, é a definição de persona que se considera especialmente nas ações de marketing de conteúdo, ou seja, nos artigos que são publicados no blog do site da empresa e nas postagens das redes sociais.

Em relação à persona de uma empresa B2B, diferentemente do público-alvo, que leva em conta o perfil do negócio que se pretende alcançar, ela se volta para as características da pessoa com quem você pretende se comunicar, como o diretor, gestor ou coordenador de algum departamento.

Quais recursos podem ajudar a definir seu público-alvo?

O público-alvo é definido a partir de dados reais, sendo o melhor caminho a realização de um estudo de mercado de seu segmento e a realização de pesquisas com consumidores. Para facilitar o levantamento desses dados, as ferramentas mais indicadas para fazer a pesquisa online são:

Se você quer chegar nas pessoas certas, ou seja, nos seus clientes em potencial, é imprescindível conhecer quem é o público-alvo da sua empresa. Este é o melhor caminho para acertar nas ações de marketing e se destacar da concorrência.

Aumente suas vendas, aperfeiçoando as estratégias de marketing! Entenda como definir o público-alvo do seu negócio e invista em tecnologia e integração de processos hoje mesmo. Além disso, mantenha-se informado sobre este e outros temas no Blog Omie!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 28
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Notebook aberto em boleto bancário
Descubra como funciona o boleto bancário e como essa forma de pagamento traz vantagens para sua empresa
Gestão contábil
Descubra a importância da gestão contábil e benefícios para sua empresa. Saiba como implementar e aproveitar ao máximo!
risco sacado