6 vantagens de vender em marketplace

Conheça os benefícios de vender em marketplace e comece a se planejar para abrir sua loja em um dos "shoppings virtuais"

03/Mai/2022
Empreendedorismo

Nos últimos anos o rumo dos negócios mudou totalmente. O foco das vendas também. Fato é que, se sua empresa não está no digital, não está sendo vista. Nesse contexto, vender em marketplace é a melhor estratégia para empreendedores que desejam estar no foco dos clientes e para os que estão saindo de uma crise financeira.

Não à toa, os conhecidos "shoppings virtuais" representaram uma grande parte do faturamento em vendas online. Se você ainda não sabe como vender no digital, fique tranquilo. Preparamos este conteúdo especial para orientar e sanar suas dúvidas. 

Acompanhe nosso artigo e entenda a diferença entre marketplace e e-commerce, quais as documentações exigidas para adentrar e todas as vantagens de se investir e vender em marketplace.

Então, bem-vindo à era das vendas online!

Qual a diferença entre marketplace e e-commerce?

Marketplace e o e-commerce são ambos modelos de vendas online que reúnem produtos em um espaço virtual para serem vendidos. 

Embora algumas pessoas pensem que as duas plataformas são iguais, elas possuem algumas diferenças básicas na forma em que operam. Por esta razão, conheça a seguir as diferenças entre marketplace e e-commerce.

O que é Marketplace

O marketplace é um modelo de negócio consideravelmente jovem no mercado, surgindo no Brasil apenas em  2012. Mas apesar de seu pouco tempo de atuação é um modelo muito popular entre os pequenos comércios que querem vender online. 

O marketplace funciona como um shopping virtual, em que várias lojas diferentes vendem seus produtos no mesmo lugar, ou seja, ele dispõe uma vitrine em seu site para vários comerciantes, mas  a diferença é que você só paga uma comissão a cada venda, depois que esta é efetuada e concretizada e não precisa pagar para ter seu produto exposto. 

Alguns exemplos de grandes marketing places que podemos citar são o  Mercado Livre, OLX, Americanas, Shoptime, Walmart, Amazon, Shopee entre outros, a lista é realmente extensa. 

O que é e-commerce

O e-commerce, ou comércio eletrônico, é uma loja online onde o processo de compra é realizado pelo dono do site, no caso, o empreendedor. 

Geralmente em um e-commerce são feitas revendas de produtos de outras marcas, com ou sem produtos de marca ou fabricação própria. O comerciante que vende seus produtos em um e-commerce é responsável por toda administração do site e logística do produto - ou seja, é de sua responsabilidade que o consumidor encontre a loja, tenha uma boa visualização dos produtos e que a entrega chegue em bom estado nas mãos do consumidor final.   

Podemos citar como exemplo de e-commerce lojas como a Renner, Pernambucanas, Adidas, Nike, etc. Todas estas lojas possuem espaços físicos, mas com as vendas onlines estes varejistas são capazes de expandir suas vendas em todo território nacional.

É importante destacar que os micro e pequenos empreendedores também encontram espaço para terem suas próprias lojas virtuais, visto que hoje estão disponíveis no mercado uma série de plataformas para esse fim.

Como podemos ver, a maior semelhança entre o e-commerce e o marketplace é a possibilidade de compras online, no entanto a maior diferença está em como os produtos são distribuídos. No e-commerce toda a negociação é feita com o próprio lojista, enquanto  no marketplace, a plataforma é responsável por receber o pagamento e cuidar da logística do produto adquirido, o comerciante tem apenas o dever de entregar o produto adquirido pelo cliente ao centro de distribuição.

O que é preciso para vender em marketplace?

Agora que você já sabe a diferença, vamos falar sobre como vender em marketplace. 

O primeiro cuidado a se tomar é referente à documentação. Para começar a vender nas plataformas de marketplaces, é necessário realizar o cadastro da sua loja no site em que escolher vender e reunir toda a documentação exigida.

Resumidamente, você precisa de um CNPJ ativo, um certificado digital e fazer a emissão de notas fiscais

Dentre os documentos solicitados, estão: 

  • comprovante de CNPJ;
  • contrato social atualizado;
  • declaração do regime de tributação. 

Para evitar problemas, prepare tudo antes. Assim, você realiza seu cadastro com sucesso, na plataforma que escolher.

Ah, e não estranhe a exigência de documentos. Isso, na verdade, é uma vantagem dos marketplaces. Essas plataformas só aceitam empresas sérias e responsáveis, devidamente formalizadas. 

6 vantagens para começar a vender no marketplace

Os marketplaces são plataformas que auxiliam muitos empreendedores em seus primeiros passos no mundo digital.

Além disso, vender no marketplace tem inúmeras vantagens. Listamos, a seguir, as 6 principais, para que você se anime e já comece a tirar seu planejamento do papel. Confira!

1. Aumento das vendas

No marketplace é possível alcançar rapidamente um grande número de consumidores e aumentar o volume de vendas, sem necessidade de grandes investimentos. 

Quanto maior a exposição de seus produtos ou serviços, maiores são as chances de aumentar as suas vendas. 

Por isso, é necessário apenas que você saiba trabalhar os seus produtos ou serviços online e convença os consumidores de que a sua empresa conta com as melhores mercadorias e os melhores valores.

Você consegue se destacar nesse ponto criando um título chamativo, uma descrição de produto realmente informativa e adicionando informações extras sobre o produto.

2. Menos investimento em marketing

Considerada uma das maiores vantagens do marketplace, a redução dos gastos com publicidade e marketing faz muita diferença para quem empreende.

A plataforma oferece um espaço para que as marcas apresentem e divulguem seus produtos e serviços e recebam acessos sem pagar a mais para isso. A maioria dos marketplaces trabalha com porcentagem e comissões sobre as vendas, então elas já investem em mídia e propaganda com verdadeiro expertise, o que beneficiará também o seu negócio, ou seja, ambas as partes saem no lucro.

3. Maior retenção

Por oferecer ofertas variadas, o marketplace acaba fazendo com que os clientes passem mais tempo em sua plataforma online e voltem com frequência pela diversidade de produtos e pela familiaridade com o ambiente. 

Convenhamos que, para o consumidor, é muito mais cômodo centralizar suas compras em uma só plataforma, fazendo um só pagamento do que efetuar pedidos em plataformas diferentes e vários pagamentos.

4. Facilidade para começar a vender

Para quem está começando a vender no digital, a facilidade para começar a vender é uma grande vantagem, já que, normalmente, o empreendedor começa sozinho. Assim, a plataforma pode ser uma solução rápida e fácil para inserir seu nome no mercado e começar a ser reconhecido, atraindo clientes sem a necessidade de uma estrutura de e-commerce.

5. Maior alcance

Colocar seus produtos ou serviços à venda em um marketplace aumenta muito a visibilidade da sua marca e dos produtos que você está oferecendo. 

Pensando na lógica de que muitas dessas plataformas (que acumulam milhões de visitas diariamente), você terá sempre um grande número de pessoas expostas aos seus produtos. Por isso, o marketplace é uma verdadeira porta de entrada, além de aumentar seu alcance sem a necessidade de investimentos específicos. 

6. Menos preocupação com integrações

Optando por vender pelo marketplace, o empreendedor conta com a estrutura oferecida pela plataforma sem a preocupação com funcionalidades, códigos, segurança e integração com meios de pagamento, entre outras dores de cabeça e burocracias.

A automação pode ajudar seu marketplace

Como vimos, os marketplaces são plataformas sérias, que ajudam empreendedores, iniciantes ou não nos negócios, em seus primeiros passos no mundo digital.

O alcance e o potencial de crescimento investindo em parceria com um marketplace são muito maiores e o mundo das vendas é online, agora e futuramente, só tende a ganhar mais espaço no digital. Por essa razão, se você deseja que sua marca, seus produtos ou serviços sejam vistos pelos consumidores possíveis clientes, é imprescindível estar online. 

Contudo, é importante sempre que as empresas contratem um marketplace de qualidade, analisando, verificando as vantagens, procurando se informar melhor sobre a reputação da plataforma com a qual deseja iniciar uma parceria.

Independente se escolher vender em um marketplace ou em vários, para ajudar você nessa missão digital é que existe a Omie. Por meio de APIs (Interfaces de Programação de Aplicações) públicas, nosso sistema ERP é capaz de fazer a integração entre todas as plataformas, oferecendo uma dashboard simples e funcional, para te ajudar a gerenciar sua loja com apenas alguns cliques.

Vamos juntos? Conheça mais sobre a Omie!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas