Certificado A3: confira guia de como usar

Saiba tudo sobre o certificado A3: as diferenças em relação ao certificado A1 e como utilizá-lo no seu dia a dia para uma maior otimização do trabalho.

02/Mai/2022
Contabilidade

Se você deseja alcançar melhores resultados em sua rotina, é essencial conhecer tudo sobre o certificado A3, principalmente em quais documentos ele é utilizado, bem como quais as diferenças para os demais certificados. 

Tido como uma solução para substituir as assinaturas e identificações físicas, facilitando todo o trâmite contábil, já que é possível levá-lo a qualquer lugar, usar o certificado digital A3 é garantia de segurança de informações.

Elaboramos um guia completo sobre o certificado A3 com tudo o que você, contador, precisa saber para começar a usá-lo em sua rotina contábil, otimizando o seu trabalho e a entrega ao seu cliente.

O que é certificado A3?

O certificado digital A3 trata-se de um documento eletrônico com dados da pessoa física ou jurídica que o usa em transações digitais, assegurando validade jurídica.

Para tanto, é instalado por meio de um suporte físico móvel, como cartão ou token-USB, e possui um par de chaves criptografadas. Logo, é como uma identidade virtual portátil, sendo que:

  • o token assemelha-se a um pen drive, porém com alta segurança tecnológica, necessitando plugá-lo diretamente à entrada USB do computador;
  • o cartão assemelha-se a um cartão de crédito, tendo os registros armazenados em seu chip, sendo necessário um dispositivo leitor. Mas caso o seu computador não tenha essa entrada, é possível comprar junto ao certificado A3 ou separadamente.

Para utilizar o A3, é necessário ter o software do certificado digital instalado no seu computador e plugar o dispositivo. No passo seguinte, para assinar virtualmente ou se identificar, o próprio sistema vai solicitar o PIN, que é uma senha numérica.

Para que serve o certificado A3?

O certificado A3 é indicado como uma alternativa ao documento de identificação, só que de forma virtual, em que você pode validar as informações com sua assinatura digital ou a do seu cliente, em qualquer computador.        

Deste ponto, muitos sistemas de informática podem ser criados, ainda mais se a ação está dentro das normas da LGPD, necessitando de segurança. Confira esses exemplos:

  • assinar documentos digitalmente;
  • aceitar ou rejeitar uma proposta, tarefa ou outro fluxo de aprovação;
  • identificar-se para acessar um sistema, como e-Social e e-CAC;
  • registrar um protocolo ou ciência sobre a leitura de uma notificação, ofício ou outro documento.

Assim, o certificado A3 torna-se essencial para que os documentos digitais não sejam somente uma cópia dos documentos físicos. 

Por meio dessa tecnologia, é possível realizar negociações, concluir ações legais, fechar contratos, e muito mais, com toda a segurança e credibilidade. Além disso, é uma solução sustentável para o meio ambiente, já que é uma alternativa às dezenas de folhas de papéis e assinaturas manuais.

Ademais, a mobilidade é realmente um grande diferencial do certificado A3, pois permite carregar a identidade digital para qualquer lugar, utilizando-a através de qualquer dispositivo que preencha os requisitos mínimos para instalar o software — como ter uma versão atual do Java instalada.

Guia do certificado A3: Confira como usar para seus clientes

Conforme citamos anteriormente, utilizar o certificado A3 pode otimizar sua rotina contábil e a entrega de seus serviços aos seus clientes.

Contudo, o sistema de certificado digital é descentralizado, ou seja, não há um órgão de governo criado para emitir as chaves, e sim entidades que recebem a autorização para que o certificado seja emitido, oferecendo suporte aos usuários.

Mas é necessário que você conheça as suas características para entender qual atenderá às necessidades de seu cliente ou até mesmo as suas. Então, confira a seguir, o passo a passo que preparamos para você saber como utilizar o A3 em seu dia a dia. 

1. Escolha a Autoridade Certificadora (AC)

Primeiro passo: escolher uma autoridade certificadora, que é a entidade autorizada a emitir o certificado A3, conforme a ICP-Brasil.

2. Selecione o Certificado Ideal

Em seguida, defina a modalidade de certificado digital. Existem as seguintes opções:

  • e-CPF — identidade digital de pessoa física;
  • e-CNPJ — identidade digital de pessoa jurídica;
  • NF-e — certificado para emissão de notas fiscais em órgãos competentes, como Fazenda e Receita Federal;
  • e-jurídico — certificado digital para advogados e outros profissionais do Direito;
  • e-contador — identidade digital para os documentos e registros específicos da Contabilidade.

É possível verificar a disponibilidade do certificado A3 conforme as suas necessidades e as de seu cliente. Nesse sentido, analise qual das opções que apresentamos acima seria a ideal para as atividades da empresa.

Ainda, a aquisição do certificado é simples: 

  • seja o e-CPF para pessoa física, o e-CNPJ para empresa ou o NF-e para emissão de nota fiscal eletrônica, selecione a opção “A3 – arquivo” e clique em “comprar”. Após isso, siga as instruções de identificação e cobrança que lhe serão apresentadas.

3. Apresente a Documentação

Depois de escolher qual certificado atende suas necessidades, preencha com os dados pessoais e jurídicos, se for o caso. Informações que serão solicitadas:

  • nome completo;
  • data de nascimento;
  • e-mail e telefone;
  • endereço completo;
  • CPF;
  • CNPJ;
  • no caso de pessoa jurídica, a cópia do ato de constituição atualizado, como o contrato social ou o certificado de MEI.

Atenção: serão solicitados os comprovantes desses dados no momento em que validar, pois essa exigência tem como objetivo verificar a autenticidade de quem realizou o cadastro. 

4. Agende a Validação

Agora o passo final: agendar a validação, que deverá ser realizada presencialmente. 

Uma dica: antes do agendamento, digite seu CEP para localizar o Posto de Atendimento mais próximo a você. 

Qual a diferença entre os certificados A1 e A3?

A principal diferença entre os certificados digitais A3 e A1 refere-se à existência do suporte físico móvel. Entenda a seguir.

Certificado A1

  • No A1, as chaves criptografadas são instaladas em um computador, não tendo a mobilidade; 
  • Atende quem precisa praticar as ações internamente;
  • Vários computadores podem ter os certificados instalados e funcionando fixamente, utilizando as chaves para os trâmites necessários;
  • Não é compatível com o uso em dispositivos móveis, como tablet e celular.

Certificado A3

  • O certificado A3 possui mobilidade, pois utiliza o token-USB ou cartão com chip;
  • É o mais recomendável para carregar para onde precisar;
  • É possível validar informações por meio da assinatura digital de qualquer computador que tenha o software instalado no hardware;
  • Possui validade de 12, 24 e 36 meses. Ao término do período, basta realizar a renovação do certificado digital.

Mesmo com as diferenças entre si, tanto o certificado A1 quanto o A3 asseguram o mesmo nível de proteção e segurança nas informações inseridas. Portanto, escolha o tipo de certificado que é mais adequado às suas demandas. 

Ao escolher entre o A1 ou A3, analise todas as ferramentas que serão utilizadas. A grande parte dos sistemas é compatível com ambos, entretanto, é muito importante conferir com antecedência para evitar frustrações posteriores.

Além disso, se for necessário, quem tem um certificado de um tipo pode emitir o outro, também, possibilitando utilizar o formato mais conveniente de acordo com cada necessidade.

Lembre-se que na área contábil e no mundo dos negócios, a transformação digital é inevitável e acontece em ritmo acelerado. Por isso, é necessário sempre adaptar-se a essa realidade com soluções práticas, como o certificado A3.

Conte com a automatização para otimizar o seu dia a dia

Vimos que, independente do tipo, obter um certificado digital é imprescindível para suas atividades contábeis onde, muitas vezes, você precisará orientar e auxiliar seu cliente nos trâmites legais.  

Ainda, compreender as diferenças entre o certificado A1 e A3 é importante para escolher uma opção que seja adequada ao seu perfil de uso e preferências pessoais do seu cliente.

Sabemos como a rotina do contador é corrida e complexa. Por isso, contar com a automatização de um sistema ERP para auxiliar nos serviços de certificados digitais pode acelerar sua organização e otimizar seu tempo, diminuindo possíveis erros.

Existem muitas vantagens em se contratar o sistema ERP da Omie. Veja algumas:

  • Sistema ERP online, integrado e sem complicação;
  • Gestão empresarial na nuvem: máxima economia, implementação rápida e suporte total;
  • Implementação fácil: ative e use;
  • Segurança e integridade de dados;
  • O melhor suporte do setor;
  • Criação e restrição de usuários ilimitada.

Essas são só algumas vantagens. Entre em contato agora com um de nossos especialistas e conheça mais sobre este sistema que ajudará você totalmente em sua rotina contábil, além de também se tornar um parceiro contador Omie e aproveitar ainda mais vantagens!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas