Entenda o que é Shelf Life e qual a sua importância? Saiba como calcular esse prazo!

Entenda mais sobre o shelf life ideal para cada produto, como calcular e quais fatores podem influenciar essa decisão.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Você já ouviu falar em shelf life, o que é ou como calcular? Quando se trata de gerenciar um negócio, especialmente para empreendedores, entender o que isso significa é fundamental.

Afinal, a gestão de shelf life ajuda a entregar os melhores produtos, indo além de ser apenas uma medida de segurança, mas uma estratégia para garantir a satisfação do cliente, evitar prejuízos e manter a reputação da marca. Entenda mais ao longo do conteúdo.

O que é shelf life de um produto?

Em termos simples, o shelf life, significado da validade ou vida útil de um produto, é o tempo que ele permanece em condições ideais para consumo ou uso após a fabricação.

Isso inclui não apenas a qualidade do produto em si, mas também a sua segurança e eficácia. Ou seja, não é apenas uma questão de tempo, mas uma interação entre vários fatores, como ingredientes, processamento, condições de armazenamento e transporte.

É por isso que a gestão eficaz do shelf life é essencial para garantir que os produtos oferecidos aos clientes estejam sempre frescos, seguros e dentro do prazo de validade.

Assim, é possível não apenas ajudar a evitar prejuízos decorrentes da perda de produtos vencidos, mas também contribuir para a fidelização do cliente e para a reputação positiva da sua empresa.

Como funciona o shelf life?

O shelf life é determinado a partir da data de fabricação de um produto, influenciado por uma série de fatores que podem afetar sua qualidade, segurança e durabilidade ao longo do tempo. Entre os principais aspectos estão:

  • Ingredientes e formulação: a composição do produto tem um papel importante na sua durabilidade. Alguns ingredientes podem ser mais propensos a estragar do que outros, encurtando a vida do produto.
  • Processamento: o método de processamento utilizado na fabricação também pode influenciar sua estabilidade e durabilidade. Alguns processos, como pasteurização ou liofilização, podem prolongar o shelf life, enquanto outros podem reduzi-lo.
  • Embalagem: outro aspecto que desempenha um papel fundamental para proteger o produto contra fatores externos, como luz, umidade, e microorganismos. Um processo de packing inadequado pode acelerar a deterioração e reduzir sua validade.
  • Condições de armazenamento: a temperatura, umidade e exposição à luz durante o armazenamento podem afetar o shelf life de um produto. Por isso, é essencial mantê-los em condições adequadas para prolongar sua durabilidade.

Por que é importante entender e calcular o shelf life?

Compreender e calcular o shelf life é essencial tanto para os empreendedores, quanto para as equipes do negócio, por várias razões. Primeiro, isso ajuda a evitar prejuízos causados pela perda de produtos devido à expiração do prazo de validade.

Isso porque essa atividade permite planejar melhor as compras, estoque e operação logística, ajudando a evitar a obsolescência de produtos e garantir uma gestão de estoque eficiente.

Além disso, manter produtos de alta qualidade por mais tempo contribui para a satisfação do cliente e a fidelização.

Por fim, vale destacar que uma gestão eficaz do shelf life também auxilia na conformidade com regulamentações e padrões de segurança alimentar, o que é crucial para manter a reputação da marca.

Como calcular o shelf life dos seus produtos?

Como você já deve ter percebido, para determinar o shelf life é preciso considerar mais do que os materiais usados. Confira abaixo, um passo a passo simples para calcular a validade ideal para os seus produtos.

Passo 1: entenda bem o produto

O primeiro passo para calcular o shelf life é entender completamente o produto em questão. Por exemplo, imagine que você está produzindo barras de cereal.

Antes de calcular a vida útil, é necessário entender a composição delas, incluindo os tipos de grãos, frutas secas e adoçantes utilizados.

Além disso, é importante considerar como a embalagem pode proteger o produto contra a umidade e a oxidação. Compreender esses aspectos permite que você identifique os principais fatores que influenciam o shelf life do produto.

Passo 2: faça testes

Uma vez que você entendeu bem o seu produto, é hora de realizar testes para determinar sua vida útil. Existem várias abordagens para realizar essa análise, incluindo testes acelerados, estudos de estabilidade e análises sensoriais.

Por exemplo, você pode expor seu produto a condições extremas de temperatura e umidade para simular o envelhecimento acelerado e identificar o método de embalagem mais adequado para o transporte.

São essas medidas que vão garantir uma abordagem personalizada e eficiente na determinação do shelf life de cada produto.

Passo 3: defina a validade e monitore

Com base nos resultados dos testes, você deve definir a data de validade do produto e monitorar continuamente sua qualidade ao longo do tempo.

Esse último passo pode envolver a realização de testes periódicos de estabilidade, avaliação sensorial e análises laboratoriais para garantir que o produto esteja nos padrões de qualidade estabelecidos.

Por exemplo, você pode determinar que a validade das barras de cereal é de 12 meses a partir da data de fabricação e implementa um sistema de monitoramento regular para garantir que elas permaneçam frescas até o final do prazo indicado.

Fatores que influenciam o shelf life

Além dos fatores comuns, que já indicamos no início deste conteúdo, como ingredientes, embalagens e armazenamento, por exemplo, existem outros elementos que podem afetar o shel life de um produto. São eles:

  • Atividade da água (disponibilidade de água no alimento);
  • Nível de acidez total e valor de pH;
  • Constituintes bioquímicos naturais do produto, como enzimas e reagentes químicos;
  • Presença de microflora natural e contagem de microrganismos sobreviventes;
  • Teor de nutrientes;
  • Quantidade de oxigênio disponível;
  • Condições ambientais como temperatura, pressão, umidade relativa, exposição à luz, transporte e armazenamento;
  • Composição da atmosfera interna da embalagem;
  • Possíveis tratamentos térmicos posteriores, como reaquecimento ou cozimento antes do consumo;
  • Forma de manuseio do consumidor.

Métodos acessíveis para calcular o shelf life

Existem diversos métodos práticos e acessíveis que você pode utilizar para calcular a validade de seus produtos. Confira abaixo algumas opções comuns e eficazes:

  • Testes acelerados: envolve a exposição do produto a condições extremas para simular o envelhecimento acelerado. Com base nos resultados desses, é possível estimar o tempo de vida útil do produto em condições normais de armazenamento.
  • Estudos de estabilidade: consiste em monitorar a qualidade e estabilidade do produto ao longo do tempo, permitindo avaliar como o produto se comporta sob diferentes condições de armazenamento.
  • Modelagem preditiva: embora seja mais complexo, esse método pode fornecer previsões precisas com base em dados anteriores e ajudar a planejar melhor o gerenciamento do estoque e produção.

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Próximos passos para gerenciar o shelf life no seu negócio

Agora que você entende a importância do shelf life e como calcular esse prazo para seus produtos, é hora de agir.

Comece revisando seus processos de embalagem, armazenamento e transporte para garantir que estejam alinhados com as melhores práticas para prolongar a vida útil.

Considere também investir em sistemas de gestão de estoque e operação logística eficientes para monitorar e rastrear seus produtos de forma mais precisa.

Impulsione e gestão eficiente de estoque e logística em seu negócio

Agora que você já sabe que ao adotar práticas eficazes de gestão de estoque e operação logística, incluindo o cálculo do shelf life, é possível garantir que seus produtos estejam sempre frescos e prontos para o consumo, é hora de começar a mudar seus processos.

Tenha uma visão completa de todos os processos, otimizando e facilitando a rotina empresarial. Do controle de estoque, emissão de notas, até CRM. Conheça o Omie para Empreendedores e descubra como podemos ajudar a impulsionar o crescimento do seu negócio.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.