O que é packing, qual sua importância na logística e como fazer?

Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas operações.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Para que seus produtos cheguem ao cliente bem protegidos e sem problemas, é fundamental entender o que é packing. Ele envolve mais do que simplesmente embalar itens; trata-se de garantir que cada produto seja preparado de forma adequada para encantar o cliente ao ser recebido.

Neste artigo, você aprenderá sobre como fazer um packing eficiente, que aumenta a satisfação dos clientes e ajuda a sua empresa a construir uma imagem positiva. Vamos descobrir como acertar nesse processo e tornar a entrega uma parte importante do sucesso da sua marca!

Banner conheça o sistema - gestão online

O que é packing?

O packing pode ser definido como o processo de embalar um produto que será enviado ao comprador. Ele envolve a acomodação dos itens em embalagens adequadas e outras medidas de segurança que garantem que a mercadoria chegue preservada no seu destino.

Quando é o caso, esse procedimento também inclui o encaixe de vários produtos em um mesmo pacote. Assim, é possível otimizar o espaço que uma remessa ocupa no veículo, o que gera mais eficiência no transporte e diminui os gastos com as embalagens.

Vale destacar que, apesar dos nomes serem muito parecidos, packing não é a mesma coisa que picking – outra etapa da cadeia logística. Esse segundo conceito se refere às técnicas usadas para facilitar a localização e a seleção de determinado item no armazém de uma empresa.

Qual a importância do packing na logística?

O packing é um dos processos logísticos mais importantes para aumentar a satisfação do cliente. Produtos feitos de materiais sensíveis, como vidro ou plásticos frágeis, podem quebrar ou amassar ao longo do caminho.

Por isso, deve-se preparar o pacote com bastante atenção para a mercadoria ser transportada com segurança depois de sair do centro logístico. Além de causarem uma boa impressão, esses cuidados evitam desperdícios e prejuízos para o negócio.

Atualmente, o envio e o recebimento dos itens são partes relevantes da experiência de compra e várias marcas já investem em inovações nessas etapas. Então, é interessante investir em embalagens com design diferenciado ou que possam ser reutilizadas pelo consumidor.

Como funciona o processo de packing?

Embalar uma mercadoria pode parecer uma tarefa simples, mas o processo de packing costuma ser desafiador para empresas que lidam todos os dias com o envio de centenas ou até mesmo milhares de produtos, como grandes redes de varejo e e-commerces. Nesse cenário, a remessa passa pelas seguintes etapas:

  • Seleção da embalagem: escolha de um pacote com formato, tamanho e material adequados para acomodar o item;
  • Preparação do produto: mercadorias delicadas e frágeis podem precisar de camadas extras de proteção, como envolvimento em plástico bolha;
  • Preenchimento da embalagem: o produto é colocado na embalagem, que pode ter o restante de seu volume preenchido para aumentar a segurança.

Portanto, o packing é muito mais do que embalar uma compra. O profissional responsável pela preparação do envio tem a função de analisar as especificidades do produto para prever danos que podem ocorrer no transporte e, assim, tomar as medidas corretas para evitá-los.

Passo a passo de como fazer packing

Como mencionado no tópico anterior, cada fase dos processos logísticos de packing ajuda a reforçar a qualidade da entrega. Para descobrir como preparar um pacote para envio de forma segura, confira o passo a passo abaixo:

1. Escolha a embalagem correta

Escolher a embalagem adequada é o primeiro passo para garantir a segurança do produto durante o transporte:

  • Tamanho: escolha uma embalagem que seja próxima ao tamanho do produto, evitando que ele se mova muito durante o envio. Use caixas, envelopes ou fardos que acomodem o item com segurança.
  • Material: a embalagem deve suportar o peso do produto. Por exemplo, uma caixa de papelão reforçada é ideal para itens pesados, enquanto envelopes acolchoados funcionam melhor para produtos leves.
  • Resistência: a embalagem precisa resistir a perfurações e vazamentos, especialmente no caso de produtos líquidos.
  • Discrição: embalagens neutras são essenciais para itens de luxo ou que requerem discrição.
  • Condições climáticas: escolha embalagens que protejam contra umidade, calor ou frio excessivo, dependendo da região de entrega.

2. Analise o produto com cuidado

Para garantir a integridade do produto:

  • Dimensões e peso: meça as dimensões e pese o item para encontrar a embalagem mais adequada.
  • Formato e material: avalie o formato (redondo, quadrado, irregular) e a composição (vidro, plástico, metal) para identificar possíveis fragilidades.
  • Necessidades especiais: identifique se o produto precisa de cuidados extras, como lacres de segurança ou instruções especiais.

3. Proteja adequadamente o produto

O produto precisa de proteção extra para evitar danos:

  • Material de preenchimento: use plástico-bolha, bolinhas de isopor ou papel amassado para evitar que o item se mova.
  • Selamento: garanta que a embalagem esteja bem lacrada com fitas adesivas de alta qualidade ou grampos. Para itens muito delicados, use lacres de segurança.
  • Teste de proteção: agite levemente o pacote para verificar se o produto está firme. Caso não esteja, acrescente mais material de proteção.

4. Coloque a etiqueta corretamente

A etiquetagem precisa ser precisa e discreta:

  • Informações necessárias: inclua remetente, destinatário, endereços, método de envio e empresa de transporte.
  • Rastreamento: certifique-se de que o cliente possa rastrear o pedido.
  • Privacidade do cliente: não revele o conteúdo na etiqueta para proteger a privacidade do cliente.

Qual a diferença entre picking e packing?

Entender a diferença entre picking e packing é importante para otimizar a operação, aumentar a eficiência e assegurar a satisfação do cliente.

Picking

Picking é o processo de selecionar e coletar os produtos corretos em um depósito ou armazém para atender a um pedido específico. Isso envolve procurar os itens na lista de pedidos, pegá-los nas prateleiras e organizá-los para a próxima etapa.

A eficiência no picking se mostra indispensável para garantir que os pedidos sejam atendidos rapidamente e que os produtos corretos sejam entregues.

Packing

Packing vem depois de picking e é o processo de embalar os produtos coletados para garantir que cheguem ao cliente em perfeitas condições.

Envolve colocar os itens em embalagens apropriadas, adicionando materiais de proteção, selando as caixas e etiquetando-as com as informações de envio. O packing também inclui a verificação dos itens a fim de assegurar que correspondam ao pedido e evitar erros.

  • Picking: foca em selecionar os produtos necessários no armazém.
  • Packing: gira em torno de embalar e preparar os produtos para o envio.

Aumente a satisfação do cliente com um processo de packing eficiente

Você já viu que o packing é importante na logística, mas que tal aumentar ainda mais sua eficiência? Com um processo bem feito, sua empresa evita prejuízos, reduz desperdícios e proporciona uma experiência de compra que encanta os clientes.

Para melhorar suas operações e tornar sua logística ainda mais prática, conheça as funcionalidades do sistema de gestão Omie. Ele integra módulos de CRM, vendas, finanças, estoque e produção, simplificando toda a cadeia de entrega. Descubra como Omie pode transformar sua empresa em Omie Funcionalidades.

Banner experimente - simplifique sua rotina e integre todas as áreas da sua operação

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
estoquistas vendo dicas de controle de estoque
Como fazer o controle de estoque para sua empresa de forma objetiva, eficiente e os principais cuidados que você deve
Impostos sobre Produtos Importados: TAX
Desvende os segredos dos impostos sobre produtos importados e aprenda a calcular de forma simplificada.
OTIF: gestão de logística.
Conheça indicador que promove economia e eficácia