Liderança e gestão de pessoas: o que é, qual papel do líder e como colocar em prática?

A liderança que faz a gestão de pessoas é essencial para melhorar a produtividade e os resultados de um negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O capital humano é uma das maiores riquezas dos negócios e é indispensável associá-lo à liderança e gestão de pessoas. De nada adianta oferecer o melhor serviço ou produto se a sua empresa não se preocupa com os talentos.

A liderança de pessoas possibilita que as equipes desenvolvam suas funções com alta performance e melhore os resultados do negócio. 

Neste artigo, entenda mais sobre a gestão de pessoas, as habilidades importantes da liderança, o papel do líder e muito mais.

O que define gestão de pessoas?

A gestão de pessoas consiste em garantir que as necessidades dos colaboradores sejam atendidas de forma coerente, por meio de práticas e técnicas que possam potencializar suas competências e produtividade.

A gestão de pessoas tem como foco a coletividade, a diversidade cultural e o aculturamento que a própria empresa busca passar aos profissionais. Com isso, as lideranças nesta área podem transmitir esses ideais para suas equipes, além de motivá-los e inspirá-los.

Portanto, a gestão de pessoas e liderança andam juntas, deixando a imagem de chefe autoritário no passado. Hoje, a realidade dos líderes é estar cada vez mais presente e envolvido com o desenvolvimento de todos.

Qual o papel da liderança na gestão de pessoas?

Um bom líder realiza a gestão de equipes, assim tem o papel de manter o time alinhado e o clima organizacional saudável para que os profissionais se sintam satisfeitos em trabalhar na empresa e desafiados a dar o seu melhor.

Saiba que colaboradores motivados, engajados e valorizados são a principal fonte de resultados positivos e sucesso das empresas, independentemente de seu porte ou setor. 

Ao garantir um ambiente harmônico, a liderança reduz, por exemplo, atritos que envolvem competitividade entre as pessoas e que deixam o local tóxico e totalmente ineficiente.

Habilidades de um bom líder na gestão de pessoas

A liderança é uma habilidade que pode ser boa para alguns profissionais, enquanto para outros ela pode ser desenvolvida com a experiência no trabalho e cursos de qualificação.

Existem diferentes tipos de liderança, mas seja qual for o perfil do líder, é fundamental que ele tenha algumas habilidades comportamentais. Veja a seguir!

Comunicação interpessoal

Todos sabemos que manter uma boa comunicação é essencial para qualquer tipo de relacionamento. Logo, é importante criar um ambiente onde seus colaboradores sejam encorajados a resolver problemas e a se comunicar com eficiência e respeito.

O líder na gestão de pessoas deve ser transparente quanto aos objetivos da empresa e quanto àquilo que é esperado de cada colaborador. Realizar reuniões periódicas para alinhar os pontos e manter canais abertos para ouvir o time também é indicado.

Em resumo, um bom líder é aquele que está próximo do seu time e pode definir objetivos claros com ele, além de ter uma escuta ativa junto ao colaborador. 

Senso de planejamento

Um bom líder deve saber definir as prioridades e orientar os liderados para a ação. Dessa forma, os recursos são melhores aproveitados, como tempo, produtividade, investimento, entre outros fatores importantes.

Confiança

O líder que faz a gestão de pessoas, além de conhecer bem cada profissional, estabelece uma relação de confiança com ele. Assim, descentraliza as atividades e sabe como delegar as tarefas segundo as potencialidades de cada um.

Resiliência

É necessário entender que liderar é um aprendizado constante, por isso, é preciso que um líder esteja disposto a enfrentar a tensão e o estresse de gerir pessoas, além de saber admitir erros e falhas cometidas. 

Assim, é preciso ser resiliente para entender que existirá cenários favoráveis e desfavoráveis para trabalhar e nos dias difíceis ser aquele que tem uma visão positiva e inspira sua equipe.

Gerenciamento de conflitos

A liderança também deve estar pronta para um posicionamento no caso de conflitos. Sabemos que diferentes mentes podem ser conflitantes em alguns momentos e o líder deverá saber como agir e trazer a equipe de volta aos ideais da organização.

Assim, deve saber ouvir todos os lados envolvidos e agir de modo imparcial e justo para resolver os atritos.

Capacidade de dar feedbacks

A troca de feedbacks deve ser um dos fundamentos da cultura organizacional de uma empresa que tem uma liderança estratégica. Assim, todos são capazes de melhorar sua atuação e corrigir os pontos fracos, a fim de que possam se desenvolver profissionalmente.

Pilares da liderança e gestão de pessoas

A prática da liderança e gestão de pessoas terá bons resultados ao considerar os pilares abaixo. Confira.

Motivação e engajamento dos colaboradores

A motivação e engajamento dos colaboradores é fundamental para que eles possam se sentir inspirados e ter uma boa performance. Para isso, é importante estar sempre de olho nas suas necessidades e oferecer treinamentos que possam sanar dificuldades.

Inclusão e senso de pertencimento dos profissionais

A liderança inclusiva é um importante pilar para a gestão de pessoas. Nesse sentido, os profissionais devem se sentir parte do time, criando um sentimento de pertencimento. Ou seja, é preciso valorizar a diversidade e particularidade de todos.

Aperfeiçoamento profissional das equipes

A gestão estratégica de pessoas prevê o desenvolvimento técnico e comportamental da equipe para que os resultados traçados sejam obtidos com mais rapidez e facilidade. 

Nesse ponto, liderança e gestão de pessoas se encontram para debater competências e formas de aprimorá-las para um melhor desempenho geral.

Disseminação da cultura organizacional

É necessário alinhar todas as premissas culturais da empresa com os funcionários e contratar pessoas que estejam dentro do perfil esperado. 

Aqui, uma dica é pensar em estratégias de como disseminar essa cultura para o público externo, pois, dessa maneira, será mais fácil atrair e reter talentos que combinem com o negócio.

Retenção de talentos

A liderança e gestão de pessoas deve trabalhar para buscar pessoas que se identifiquem com a empresa, assim é possível reduzir a rotatividade e os custos que isso gera. 

Então, além de investir em processos seletivos que possam encontrar o profissional certo, é necessário pensar em práticas, como treinamentos e planos de carreira, que também possam reter os talentos.

Dicas de como desenvolver líderes para fazer a gestão de pessoas

Para que sua empresa possa contar com líderes que façam a gestão de pessoas, é necessário desenvolver esses profissionais. Para isso, é importante:

  • oferecer treinamentos que desenvolvam habilidades técnicas e comportamentais (hard skills e soft skills);
  • estimular o aprendizado contínuo, oferecendo flexibilidade para que os futuros líderes possam fazer cursos, inclusive MBAs;
  • identificar os profissionais que tenham o perfil de líder e oferecer oportunidades para que eles possam assumir cargos com mais responsabilidade e crescer na empresa.

Principais desafios na gestão de pessoas

A gestão de equipes é um desafio, especialmente porque profissionais têm personalidades, perfis, vivências e expectativas diferentes. Assim, os conflitos podem existir.

Mas esse tipo de situação pode ser vencida com dedicação, boa comunicação e uma cultura organizacional bem estruturada. Assim, é preciso um plano estratégico muito bem articulado para que os resultados sejam positivos e aconteçam de forma orgânica.

Mais um desafio para a liderança e gestão de pessoas é identificar as potencialidades de cada um. Então, para que todos possam oferecer um bom desempenho, é preciso estar sempre próximo ao time, escutar as demandas e atuar de forma integrada.

Para exercer a gestão de pessoas com tranquilidade, facilite sua rotina empresarial com um sistema de gestão online.

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
cálculo de férias: homem com braços atrás da cabeça olhando paisagem
Realizar o cálculo de férias corretamente é essencial, já que erros podem comprometer a conformidade da sua empresa. Entenda como fazer
principais erros em entrevistas com clientes
Os perigos que a visão de "o cliente sempre tem razão" pode proporcionar quando aplicado a etapa de discoverys/entrevistas com
PCMSO: médica olhando para a tela de um computador.
Entenda o PCMSO, sua operação e quem deve implementá-lo. Conheça mais com a Omie!