Liderança e gestão de pessoas na prática

Aprenda a importância da gestão de pessoas e como colocá-la em prática, a fim de ter uma boa liderança e aumentar a produtividade
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Em todas as hierarquias empresariais, é necessário ter boas lideranças e pessoas que estejam dispostas a se especializarem em gestão de pessoas. Isso fará toda a diferença para o dia a dia com os times e impacta até mesmo os resultados gerais do negócio.

Ter uma equipe de funcionários satisfeitos e motivados aumenta a eficiência e as receitas, criando um diferencial dentro do seu negócio: não apenas a oferta dos melhores serviços, mas a garantia do melhor ambiente de trabalho.

Captar talentos e mantê-los firmes e engajados no propósito da empresa é um fator que permite o distanciamento da concorrência.

Se você tem dúvidas sobre a gestão de pessoas e o que precisa para ser um bom líder, neste artigo será discutida a importância da gestão de pessoas, sua função em uma empresa, quais são seus 5 pilares e muito mais. Boa leitura!

O que é gestão de pessoas?

A gestão de pessoas está relacionada a um leque de práticas que podem ser implementadas em uma empresa ou outro tipo de organização, a fim de otimizar seu funcionamento. Também está ligada com o cuidado que o negócio tem com seus funcionários para garantir o desenvolvimento profissional e pessoal.

Gerir pessoas vai além de cumprir metas de desenvolvimento definidas, afinal, ao lidar com seres humanos, é preciso estar atento às particularidades de cada um, mantendo a visão do todo.

Ao garantir a qualidade de vida dos colaboradores dentro da empresa, você incentiva a inovação e eficiência. Agora que você já sabe o que é gestão de pessoas, confira abaixo qual sua função.

Qual é a função da gestão de pessoas?

A principal função da gestão de pessoas é estruturar, definir e cuidar da cultura organizacional de uma empresa, bem como buscar constantemente formas de simplificar as maneiras de desempenhar as tarefas do cotidiano, aumentando a produtividade.

Quando falamos da área de gestão de pessoas de uma organização, ela é a responsável por administrar as pessoas e garantir que elas estejam bem para realizar funções acordadas no ato contratual.

Essa área também precisa estimular as pessoas em cargos de liderança da empresa a gerir os projetos e pessoas usando as melhores técnicas de administração, resultando em uma liderança estratégica. Além disso, é a gestão de pessoas que garante que a relação entre líder e liderado está funcionando da maneira ideal, com ambos os lados satisfeitos.

Qual é a importância da gestão de pessoas em uma empresa?

É por meio dos colaboradores que as empresas conseguem se desenvolver e obter melhores resultados. Estes são um dos bens mais valiosos e precisam ser cuidados e acompanhados de perto.

Se as pessoas não gostarem do ambiente e não se sentirem estimuladas ou motivadas, é bem possível que elas procurem outro trabalho. Uma demissão em massa fará com que a empresa tenha danos, interrompendo todo o fluxo de trabalho e entregas.

Pensando nesses fatores, podemos elencar alguns dos pontos que tornam a gestão de pessoas muito importantes para uma instituição, como:

  • suporte para a liderança da organização;
  • instigar a criatividade e inovação no dia a dia;
  • otimização do ambiente de trabalho;
  • estimular o respeito com a cultura organizacional;
  • incentivar a integração entre as equipes;
  • dar um senso de propósito para os funcionários;
  • promoção da satisfação;
  • engajar as pessoas da empresa;
  • criação de políticas favoráveis;
  • aumento da produtividade no trabalho;
  • atração e retenção dos melhores talentos do mercado;
  • garantir o bem-estar dos funcionários;
  • redução de custos.

Os 5 principais pilares da gestão de pessoas

Existem 5 pilares principais quando falamos em gestão de pessoas. Aplicá-los na rotina de uma organização é fundamental para colher os frutos que citamos nos tópicos anteriores. Esses pilares combinam os fundamentos do relacionamento entre funcionários e entre líder e liderados. Saiba quais são eles:

1. Motivação

A motivação é um dos pilares mais importantes que impacta nos demais. É a base para que a gestão do capital humano dê os resultados esperados, já que colaboradores mais motivados tendem a ser mais produtivos, aprendem novas tarefas mais facilmente e deixam o dia a dia do time mais leve e harmonioso.

Existem muitos fatores que podem deixar os funcionários desmotivados, como a falta de objetivos profissionais, cultura empresarial desagradável, posturas inflexíveis por parte da liderança, sobrecarga e muito mais.

É necessário combater essas e outras razões para manter um clima ameno e saudável, fazendo com que as pessoas mantenham o bem-estar.

2. Comunicação

O segundo pilar é o da comunicação, que deve ser a mais clara possível, principalmente partindo da liderança. Um líder deve se comunicar de maneira transparente e segura, a fim de não gerar ansiedade, inseguranças, mal-estares e muitos outros problemas.

É fundamental que o RH da empresa trabalhe na ruptura de barreiras comunicacionais e na diminuição dos ruídos que envolvem o ambiente de trabalho, criando, então, uma comunicação mais horizontal, intencional e cuidadosa, além de promover a comunicação inclusiva.

3. Trabalho em equipe

Independente do segmento de atuação, saber trabalhar em equipe é uma qualidade indispensável na rotina empresarial. Neste pilar, é preciso que o gestor identifique e passe para cada um dos seus liderados o que existe de melhor em cada um deles.

Para além disso, é importantíssimo que esse gestor também realize a conscientização da equipe de que seus talentos e pontos positivos juntos podem ser ainda melhores, incentivando-os a trabalharem em grupos interligados.

4. Conhecimento

O quarto pilar para implementar a gestão de pessoas é quanto ao conhecimento, ou seja, é fundamental incentivar uma cultura de aprendizados.

O gestor precisa trabalhar no incentivo da busca, por parte dos liderados, de conhecimento necessário para o desenvolvimento pessoal e profissional. Isso dará a sensação de progresso e não de estagnação, que pode gerar desânimo e impactar na produtividade.

5. Treinamento e desenvolvimento

Complementando o tópico acima, oferecer treinamentos e ferramentas que ajudem no desenvolvimento dos colaboradores pode auxiliar o ambiente de trabalho, gerando uma cultura de aprendizado.

Faz-se essencial o investimento em prol do conhecimento e evolução dos seus talentos. Isso também pode ajudar a retê-los!

6 dicas de gestão de pessoas para colocar em prática na sua organização

Agora que você já aprendeu pontos importantes sobre gestão de pessoas, confira 6 dicas práticas para ajudar a sua organização.

  • 1. Ouça seus colaboradores: Um líder que está disposto a ouvir os seus liderados é aquele que consegue os melhores resultados. Assim fica mais fácil identificar pontos de melhoria e realizar ajustes na rotina. Se o líder ouve seus colaboradores, ele conseguirá ter novas visões sobre o projeto ou área em que está inserido.
  • 2. Comunicação livre e aberta com todos: Um líder precisa que seus liderados sintam-se confortáveis para opinar sobre um tema ou sobre o funcionamento do time, por exemplo. Deixar o canal aberto é papel principalmente do líder e isso fará toda a diferença no bem-estar do liderado, caso ele precise falar sobre algum tema sensível.
  • 3. Fit cultural: O fit cultural é outro fator que pode ajudar bastante na gestão de pessoas de uma empresa, ou seja, verificar no PSel (processo seletivo) se o indivíduo tem a capacidade de se adaptar aos valores e propósitos de uma empresa.
  • 4. Atraia talentos: A atração de talentos também pode favorecer bastante uma organização no quesito gestão de pessoas, já que ajudará na evolução dos resultados da empresa. Mas, além da atração de bons profissionais, será necessário trabalhar também na retenção, porque o mercado provavelmente estará de olho nessas pessoas e novas ofertas de emprego surgirão.
  • 5. Realize feedbacks: Estimular a cultura do feedback também é fundamental para manter um ambiente saudável e com a comunicação aberta entre líderes e liderados ou qualquer outra relação hierárquica profissional. Tanto dar quanto receber feedbacks é de suma importância para o crescimento e desenvolvimento mútuo entre os colaboradores.
  • 6. Dê autonomia: Por fim, dar autonomia para os seus funcionários pode contribuir para sua evolução e deve ser feita com acompanhamento e responsabilidade. Além de feedbacks periódicos, é preciso treiná-los e capacitá-los constantemente.

Saiba como implementar a gestão de pessoas com mais praticidade!

Saber gerir uma equipe é fundamental para estimular melhorias, fazer com que os liderados evoluam e, com isso, que a empresa cresça e ganhe mais espaço no mercado. Aprender a pôr em prática os princípios da liderança permitirá que você entenda sua equipe, sanando possíveis problemas ou dores.

Para aprender mais sobre como ser um bom líder, é necessário estudar bastante e encontrar métodos e técnicas que o ajudem nisso. Neste artigo você teve acesso a informações úteis para sua jornada de aprendizado.

Lembre-se: uma boa gestão de pessoas começa por entender quais as melhores estratégias para você e seu negócio, sempre personalizando dicas e estratégias. Para isso, conte com ferramentas de planejamento e gestão empresarial da Omie, para crescer ainda mais!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 136
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Entenda o que é qualificação cadastral eSocial e fique por dentro das regularidades trabalhistas. Confira o passo a passo elaborado
Conheça mais detalhes sobre o Sistema de Informação Gerencial e como ele pode impulsionar o sucesso do seu negócio.
DASN Simei: homem com celular e notas

MEI

Aprenda como declarar e evite multas e juros pelo não envio das informações corretas.