O que é tarifa bancária e quais são as principais? Veja como economizar!

Conheça as tarifas bancárias mais comuns, aprenda a economizar e evite gastos desnecessários no seu negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Você já se perguntou o que significa aquela cobrança inesperada na conta do seu negócio? Trata-se de uma tarifa bancária, realizada pelos bancos para os serviços oferecidos aos clientes.

Essa tarifa pode variar de acordo com o tipo de conta, transações realizadas e pacotes contratados. 

Como empreendedor(a), é fundamental saber quais serviços você realmente utiliza para economizar nas tarifas bancárias. Acompanhe o artigo e descubra como otimizar seus gastos! 

Banner conheça o sistema - gestão online

O que são tarifas bancárias?

As tarifas bancárias são as cobranças que aparecem no seu extrato bancário e que, muitas vezes, deixam dúvidas. Elas correspondem à manutenção da conta, como TED, DOC, emissão de extratos, folhas de cheque e outros serviços oferecidos pelo banco.

Também são conhecidas como “tarifa mensal”, “cesta de serviços”, “pacote de serviços” ou “tarifa da conta”.

É importante saber que tarifas e taxas bancárias são coisas diferentes. As tarifas são cobradas pelos serviços financeiros que você utiliza, enquanto as taxas são valores obrigatórios em caso de atraso no pagamento, como os juros. 

Para evitar surpresas e gastos desnecessários, é fundamental ler atentamente o contrato ao abrir uma conta e verificar quais tarifas foram cobradas pelos bancos e quais serviços estão incluídos. 

Como funcionam?

Cada banco estabelece suas próprias tarifas. Elas podem ser cobradas regularmente, geralmente a cada mês, de acordo com a conta do seu empreendimento e os serviços que você utiliza. 

É importante estar ciente dessas cobranças para poder planejar seus gastos de forma mais eficiente em sua empresa.

Por exemplo, se fizer transferências frequentes, pode haver uma tarifa específica para isso. Ainda, se precisar de extratos impressos regularmente, haverá uma tarifa para a emissão desses documentos.

Avalie cuidadosamente quais serviços são essenciais para o seu negócio e verifique se existem pacotes mais vantajosos que se adequem às suas necessidades.

Quais os tipos de tarifas bancárias?

Para manter o controle das suas finanças como empreendedor(a), é imprescindível ter total conhecimento das tarifas bancárias que estão sendo cobradas. Aqui estão as principais:

  • Fornecimento de cartão: uma taxa pode ser cobrada para emitir uma segunda via do cartão em casos de perda, roubo ou furto.
  • Folhas de cheque: se você exceder o número de folhas de cheque incluídas no seu pacote de serviços, será cobrada uma taxa por cada folha adicional que utilizar.
  • Saques: ao realizar saques além do limite estabelecido no seu contrato, você estará sujeito a uma taxa. Essa taxa pode variar dependendo do local onde você fizer o saque
  • Extrato impresso: ao imprimir extratos além da quantidade já incluída no seu pacote, pode haver uma taxa.
  • Transferências para contas do mesmo banco (exceto DOC e TED): ao fazer transferências além do limite estabelecido no pacote, pode ser cobrada uma taxa. 
  • Transferências para contas de outros bancos usando DOC ou TED: se você ultrapassar o limite estabelecido para transferências via DOC ou TED, será cobrada uma taxa adicional.
Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Quer economizar nas tarifas bancárias?

Agora que você conhece as principais tarifas bancárias, é hora de agir e economizar no seu negócio! Aqui estão algumas estratégias que você pode adotar:

Evite usar serviços que geram tarifas

Opte por extratos online ou por e-mail. Dessa forma, evita a tarifa de impressão e contribui para a preservação do meio ambiente.

Utilize os caixas do seu banco ou faça saques em estabelecimentos comerciais parceiros. Evite usar caixas eletrônicos de outros bancos, pois costumam cobrar tarifas mais altas.

Priorize as transferências via DOC ou TED. Ou melhor: use o Pix como forma de transferir dinheiro para pessoas físicas ou jurídicas, visto que é gratuito e ilimitado. 

Avalie a necessidade de ter cartões adicionais e cancele aqueles que não são utilizados, pois cada cartão adicional pode gerar uma tarifa mensal.

Negocie com o seu banco

Identifique quais serviços você usa com mais frequência e negocie a redução ou isenção de tarifas com o seu gerente. 

Compare as tarifas do seu banco com as de outras instituições e use essa informação como argumento na negociação. Se encontrar um banco que oferece tarifas mais vantajosas, considere a mudança.

Um bom relacionamento pode facilitar a negociação de tarifas mais vantajosas. Se você é um cliente fiel e mantém um bom histórico financeiro na sua conta comercial, o seu gerente pode estar mais disposto a oferecer descontos.

Utilize serviços gratuitos

Com o internet banking, você pode realizar a maioria das suas operações bancárias, como transferências, pagamento digital e consultas de saldo.

Essa é uma ferramenta gratuita que permite que você faça diversas operações sem precisar ir até a agência bancária. Isso otimiza o seu tempo e permite focar nas demandas do seu empreendimento.

Priorize o uso de contas digitais

Ter acesso à sua conta na tela do seu celular é muito mais interessante do que consultar a sua saúde financeira presencialmente em uma agência, não concorda?

As contas digitais oferecem todas as facilidades das contas físicas na palma da sua mão, permitindo realizar diversas operações de forma rápida e segura, sem precisar se deslocar até a agência bancária.

Se você está pensando em abrir uma conta, prefira fintechs ou bancos mais modernos, que costumam cobrar poucas tarifas ou até mesmo nenhuma. Essas instituições oferecem uma experiência digital mais completa, intuitiva e gratuita.

Os bancos podem aumentar as tarifas bancárias?

Isso pode ocorrer a cada ano, com base nos resultados financeiros. Geralmente, entre janeiro e março é o período escolhido para implementar esses ajustes.

Lembre-se que é exigido por lei que os bancos informem e deixem os clientes totalmente cientes desses aumentos. Isso pode ser feito por meio de posts nas redes sociais ou contato direto.

Dessa forma, os pacotes de serviços, como saques, transferências e impressões de extratos, terão valores reajustados.

É importante observar quais serviços você realmente utiliza na sua empresa e garantir que não estejam sendo cobrados a mais todos os meses. Basta conferir seu extrato bancário e verificar as possíveis cobranças.

O que o banco não pode cobrar?

O banco não tem permissão para cobrar pelos serviços considerados essenciais e regulamentados pelo Banco Central do Brasil (BC), tais como:

  • Compensação de cheques;
  • Fornecimento de cartão de débito;
  • 4 saques por mês;
  • 2 extratos por mês;
  • 2 transferências entre contas do mesmo banco com valor limite;
  • Acesso ao internet banking e outros.

Se a cobrança ocorrer, você tem o direito de buscar seus direitos e denunciar o banco a órgãos como a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Antes de abrir uma conta bancária, faça uma pesquisa e compare as tarifas cobradas por diferentes instituições financeiras. Assim, você poderá escolher aquela que oferece as melhores condições para o seu negócio.

Omie.Cash: o Internet Banking no Omie

Cuide das operações financeiras da sua empresa de forma rápida e fácil com o Omie.Cash, o internet banking dentro do sistema Omie. Com essa conta digital, suas finanças serão descomplicadas e você poderá fazer a gestão do negócio facilmente.

O funcionamento do Omie.Cash é simples. Trata-se de uma conta digital para pessoa jurídica que permite a realização de serviços bancários diretamente no sistema Omie.

Com o Omie.Cash, você pode emitir boletos avulsos ou em lote por apenas R$ 1,99. Além disso, é possível alterar o valor e a data de vencimento dos boletos emitidos sem custos adicionais. Isso facilita a forma de pagamento e recebimento da sua empresa.

A plataforma também oferece a funcionalidade para receber pagamentos de clientes via TED ou PIX. Facilidade e praticidade em suas mãos!

Atualize-se sempre e tome as medidas necessárias para proteger suas finanças e garantir o sucesso do seu empreendimento.

Perguntas frequentes

É legal cobrar tarifa bancária?

A cobrança é autorizada pelo Banco Central, desde que esteja prevista em contrato e que o serviço seja prestado pelo banco. No entanto, o consumidor tem direito a ser informado sobre as tarifas que serão cobradas.

Quem é isento de tarifa bancária?

O Art. 36 do Projeto de Lei nº 9.790, de 1999, isenta as Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs) do pagamento de quaisquer tarifas decorrentes de prestação de serviços bancários cobradas pelas instituições financeiras.

Como recuperar tarifas bancárias?

Se o seu banco está cobrando tarifas indevidamente, você tem direito ao reembolso.

Para solicitá-lo, reúna as evidências e entre em contato com o seu gerente ou com o SAC do banco. Também busque ajuda do Procon, da Defensoria Pública ou de um advogado.

Otimize suas finanças e economize mais

Você não precisa mais se preocupar com as tarifas bancárias que podem afetar o seu negócio. Com algumas estratégias simples, é possível reduzir esses custos e ter maior controle financeiro.

Para facilitar e otimizar seus gastos, conheça a calculadora Omie.Cash. É uma ferramenta gratuita que permite calcular tarifas bancárias e saber quanto você pode economizar.

Tenha mais controle sobre as suas finanças e direcione esses recursos para impulsionar o crescimento do seu empreendimento!

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
junta comercial

MEI

A Junta Comercial é um órgão que desempenha um papel muito importante para empreendedores. Confira qual é sua função e
ponto eletrônico: mulher com aparelho nas mãos
A implementação de um sistema de ponto eletrônico oferece muitas vantagens que otimizam sua gestão. Conheça mais com a Omie!
pipeline de vendas: mãos em teclado
O pipeline de vendas ajuda a equipe comercial e proporciona uma visão clara do status de cada negociação. Confira com