Fintech: quais os tipos e por que estão cada vez mais populares?

Descubra como a fintech está revolucionando o setor financeiro com inovações tecnológicas, otimizando as operações empresariais.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Nos últimos anos, temos testemunhado um rápido crescimento no campo de fintech, ou seja, as empresas de tecnologia financeira, que estão revolucionando a maneira como lidamos com as finanças, oferecendo uma variedade de serviços inovadores que vão desde pagamentos móveis e empréstimos peer-to-peer até investimentos automatizados e gestão financeira pessoal.

Neste artigo, falaremos sobre os diversos tipos de fintechs que estão moldando o cenário atual, assim como fintech e startup diferenças que as separam, enquanto examinamos por que esse modelo de negócio está se tornando uma escolha cada vez mais preferida tanto para consumidores quanto para empresários. Vamos juntos?

Banner conheça o sistema - gestão online

O que é fintech?

O termo fintech surgiu a partir da combinação de duas palavras em inglês: financial, que significa financeiro, e technology, de tecnologia. Mas é um conceito que vai muito além, sendo usado para definir startups financeiras que desenvolvem produtos totalmente digitais, ou seja, que têm a tecnologia como principal diferencial.

Na recente divulgação da lista Fintech 100 pela CB Insights, em outubro passado, destacou-se que a maioria das fintechs mais promissoras em nível global, de capital privado, estão direcionadas ao mercado B2B.

Este cenário inclui uma variedade de categorias, desde plataformas de gestão de despesas corporativas até assistentes de pagamentos e transferências internacionais, passando por soluções de pagamento em tempo real e infraestrutura automatizada para serviços financeiros.

Além disso, observa-se um destaque significativo para segmentos como BNPL (Buy Now Pay Later) corporativo e pagamentos de conta a conta (A2A).

Essa tendência evidencia a crescente importância das fintechs no ambiente corporativo e suas soluções inovadoras para otimizar processos e impulsionar o crescimento financeiro.

A fintech é uma empresa de tecnologia financeira que traz soluções variadas, prezando sempre pela simplicidade. Isso porque o cliente pode controlar os produtos inteiramente a partir do seu smartphone, sendo uma opção incrível para quem não tem tempo de estar sempre na agência bancária resolvendo problemas.

Você consegue, de onde estiver, aumentar e reduzir o limite do seu cartão de crédito – dentro do próprio aplicativo de forma rápida, sem precisar entrar em contato com o banco e sem passar por todo aquele processo burocrático.

É um banco digital?

É essencial compreender que banco digital e fintech não são a mesma coisa.

Enquanto um banco digital se caracteriza como uma instituição financeira operando exclusivamente online, permitindo que todas as transações sejam realizadas por meio de aplicativos de celular ou computador, uma fintech abrange um espectro mais amplo de serviços financeiros inovadores.

Para uma fintech se tornar um banco, é necessário cumprir uma série de requisitos e normas estabelecidas pelo Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), bem como obter registro como instituição financeira junto ao Banco Central.

Essa regulamentação é fundamental para assegurar a integridade e confiabilidade das operações financeiras realizadas.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Qual é a diferença entre fintech e startup?

A diferença entre fintech e startup reside principalmente no escopo e na natureza de suas atividades. Enquanto fintech se refere a empresas que fornecem soluções tecnológicas inovadoras para serviços financeiros, startups são empresas emergentes, geralmente caracterizadas por sua busca por um modelo de negócios escalável e replicável, frequentemente com base em tecnologia.

Em termos mais específicos, uma fintech pode ser uma forma de startup, mas nem toda startup é necessariamente uma fintech. As fintechs operam no setor financeiro, oferecendo soluções como:

  • pagamentos móveis;
  • empréstimos peer-to-peer;
  • gerenciamento de investimentos, entre outros.

Geralmente, utilizam tecnologias avançadas para oferecer serviços mais eficientes, acessíveis e inovadores.

Por outro lado, startups podem operar em diversos setores, não necessariamente ligados a serviços financeiros. Podem desenvolver desde aplicativos de delivery de comida até soluções de inteligência artificial para saúde, por exemplo.

O que caracteriza uma startup é sua busca por um modelo de negócio inovador, muitas vezes disruptivo, e seu potencial de crescimento rápido em um mercado competitivo.

Quais são os serviços oferecidos por fintechs?

As fintechs oferecem uma ampla gama de serviços financeiros inovadores, aproveitando a tecnologia para proporcionar conveniência, acessibilidade e eficiência aos usuários. Confira 7 principais serviços oferecidos por fintechs:

  1. Pagamentos digitais

    Plataformas que facilitam pagamentos online, transferências entre contas, pagamentos de contas e compras sem uso de dinheiro físico.

  2. Empréstimos peer-to-peer (P2P)

    Conexão direta entre mutuários e investidores, eliminando a necessidade de intermediários financeiros tradicionais.

  3. Gestão financeira

    Aplicativos e plataformas que auxiliam na gestão de orçamento, controle de gastos, acompanhamento de investimentos e planejamento financeiro pessoal.

  4. Investimentos online

    Plataformas que oferecem investimentos em diversos ativos, como ações, títulos, fundos de investimento e criptomoedas, muitas vezes com taxas mais baixas e acesso simplificado.

  5. Financiamento coletivo (crowdfunding)

    Possibilidade de levantar fundos para projetos ou causas por meio de contribuições de uma comunidade de pessoas online.

  6. Seguros digitais

    Oferta de seguros de diversos tipos, como seguro de vida, automóvel, residencial e viagem, com processos simplificados e acessíveis por meio de aplicativos e plataformas online.

  7. Gestão de patrimônio

    Plataformas que fornecem serviços de consultoria financeira e gestão de portfólio, muitas vezes utilizando algoritmos e inteligência artificial para tomar decisões de investimento.

    Esses são apenas alguns exemplos dos serviços oferecidos pelas fintechs, que continuam a expandir e diversificar suas ofertas à medida que a tecnologia e as necessidades dos consumidores evoluem.

Vantagens de uma fintech

As fintechs oferecem uma série de vantagens significativas em comparação com as instituições financeiras tradicionais. Veja:

Serviços inovadores

As fintechs estão na vanguarda da inovação financeira, oferecendo uma ampla gama de serviços inovadores que vão além do que é oferecido pelos bancos tradicionais. Isso inclui internet banking, aplicativos móveis intuitivos e soluções de pagamento digital que tornam as transações financeiras mais rápidas, convenientes e acessíveis.

Facilidade de uso

Os serviços de fintech são projetados para serem simples e fáceis de usar, mesmo para pessoas sem conhecimento técnico ou experiência financeira. Com interfaces intuitivas e processos simplificados, os usuários podem gerenciar suas finanças com facilidade e conveniência, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Custos mais baixos

Muitas fintechs operam com estruturas de custos mais enxutas do que os bancos tradicionais, o que lhes permite oferecer taxas e tarifas mais baixas para os clientes. Isso pode resultar em economia significativa para os usuários, especialmente em áreas como transferências de dinheiro, investimentos e empréstimos.

Personalização e flexibilidade

As fintechs geralmente oferecem uma maior flexibilidade e personalização em seus serviços, permitindo que os usuários adaptem as soluções financeiras às suas necessidades específicas. Isso pode incluir opções de investimento personalizadas, planos de pagamento flexíveis e ferramentas de orçamento personalizadas.

Acesso mais amplo

Por serem baseadas em tecnologia, as fintechs têm o potencial de alcançar um público mais amplo, incluindo pessoas em áreas remotas ou subatendidas. Isso pode ajudar a promover a inclusão financeira, permitindo que mais pessoas tenham acesso a serviços financeiros essenciais.

No geral, as fintechs oferecem uma abordagem mais moderna, eficiente e acessível para o gerenciamento financeiro, proporcionando benefícios significativos para os usuários em termos de conveniência, custos e acessibilidade. Realmente vantajoso.

Quais são os tipos de fintechs no mercado financeiro?

É interessante entender que existem vários tipos de fintechs com finalidades diferentes. Veja a seguir:

  • Fintechs de pagamento: são voltadas para simplificar ações de compra e venda, oferecendo aos clientes máquinas de cartão e cartão de crédito com condições vantajosas, como ausência de anuidade, por exemplo;
  • Fintechs de crédito: são instituições que trazem soluções de tecnologia financeira para a realização de empréstimos, com agilidade na análise de risco de crédito e, em muitos casos, a possibilidade de juros menores;
  • Fintechs de crowdfunding: são plataformas online na qual a pessoa física ou jurídica pode conseguir financiamento coletivo para suas ideias e projetos;
  • Fintechs de bitcoins: são as que têm o papel de intermediar as operações de compra e venda de criptomoedas, facilitando essas transações;
  • Fintechs de controle financeiro: são as empresas tecnológicas que vêm com a proposta de auxiliar as pessoas na organização financeira, com recursos intuitivos e fáceis utilização por aplicativo;
  • Fintechs de investimento: são as que oferecem diferentes opções de investimento (mercado financeiro, imobiliário, câmbio e criptomoeda) com soluções mais práticas e menos burocráticas para quem quer fazer o dinheiro render.

Exemplos de fintechs

Para ilustrar o tema com exemplos concretos, vamos explorar algumas fintechs que se destacaram no mercado brasileiro:

  • C6 Bank: com sede em São Paulo (SP) e uma filial em Nova York (EUA), o C6 Bank obteve autorização do Banco Central para operar no Brasil. Oferece uma variedade de serviços aos clientes, incluindo conta digital acessível até para menores de 18 anos, conta pessoa física sem tarifas, cartão de crédito com programa de pontos, além de máquinas de cartão, entre outros;
  • PicPay: este aplicativo de pagamentos conquistou popularidade ao oferecer uma plataforma livre de taxas e uma gama de serviços adicionais, como conta corrente e cartões de crédito e débito. Ademais, segue as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados, garantindo a segurança das transações por meio de criptografia e a utilização de senhas pessoais para cada operação;
  • Creditas: como uma plataforma online, a Creditas estabeleceu parcerias com diversas instituições financeiras para oferecer as melhores condições de empréstimos aos seus clientes. Por meio de uma abordagem inovadora, negocia soluções de crédito personalizadas, facilitando o acesso a financiamentos com condições favoráveis.

Como as soluções de fintech otimizam a eficiência e a produtividade?

As soluções oferecidas pelas fintechs têm um impacto significativo na otimização da eficiência e produtividade para empreendedores, incluindo a modernização da contabilidade digital. Aqui estão algumas maneiras que elas contribuem para esse cenário:

Automatização de processos

As fintechs oferecem ferramentas e plataformas que automatizam uma variedade de processos financeiros, como faturamento, gestão de custo e despesas e conciliação bancária. Isso reduz a necessidade de tarefas manuais e repetitivas, liberando tempo para os empreendedores se concentrarem em atividades estratégicas.

Acesso simplificado à capital

Muitas fintechs oferecem soluções de financiamento rápido e acessível para empreendedores, como empréstimos peer-to-peer e linhas de crédito comerciais. Isso permite que os empresários obtenham o capital necessário para expandir seus negócios de forma rápida e eficiente, sem passar pelos processos burocráticos dos bancos tradicionais.

Gestão financeira integrada

Suas plataformas fornecem uma visão abrangente e em tempo real das finanças da empresa, permitindo que os empreendedores monitorem de perto o desempenho financeiro e tomem decisões informadas. Isso inclui recursos como relatórios personalizados, previsão de fluxo de caixa e análise de tendências.

Contabilidade digital

Algumas fintechs oferecem soluções de contabilidade digital, que simplificam e automatizam o processo de registro e análise de transações financeiras. Isso inclui a integração com sistemas de pagamento e bancos, categorização automática de despesas e geração de relatórios fiscais e contábeis.

Redução de custos

Ao eliminar intermediários e processos ineficientes, as soluções de fintech podem ajudar a reduzir os custos operacionais para os empreendedores. Isso inclui taxas mais baixas em transações financeiras, economia de tempo em tarefas administrativas e acesso a opções de financiamento mais acessíveis.

Entenda como as fintechs estão revolucionando o mundo financeiro

As fintechs estão desempenhando um papel fundamental na revolução do mundo financeiro, impulsionando uma transformação digital que está moldando a forma como as pessoas lidam com suas finanças. Esta revolução é impulsionada por uma série de fatores-chave, que destacam pela popularização dessa modalidade.

Primeiramente, as fintechs estão simplificando e democratizando o acesso aos serviços financeiros. Por meio de plataformas online e aplicativos móveis intuitivos, estão tornando os serviços financeiros mais acessíveis para um público mais amplo, inclusive para aqueles que historicamente foram excluídos do sistema bancário tradicional.

Além disso, estão introduzindo inovações tecnológicas que melhoram significativamente a experiência do usuário. Com recursos como inteligência artificial, aprendizado de máquina e análise de big data, podem oferecer soluções financeiras personalizadas e automatizadas, que se adaptam às necessidades individuais dos clientes de forma rápida e eficiente.

Outro aspecto crucial é a agilidade e a flexibilidade em adaptar-se às mudanças do mercado e às demandas dos clientes. Ao contrário dos bancos tradicionais, que muitas vezes são encarados como burocráticos e inflexíveis, as fintechs têm a capacidade de inovar rapidamente e lançar novos produtos e serviços para atender às necessidades emergentes dos consumidores.

Vale ressaltar que elas também estão desafiando o status quo do setor financeiro, forçando os bancos tradicionais a se adaptarem ou correrem o risco de ficarem obsoletos. Esse espírito de concorrência e disrupção está impulsionando a inovação e elevando o nível de serviço em todo o setor financeiro.

O futuro das finanças empresariais: tendências tecnológicas nas operações

Abaixo estão algumas das principais tendências em tecnologia financeira que estão otimizando as operações das empresas e que pode auxiliar a sua:

Inteligência artificial e machine learning

A aplicação de inteligência artificial e machine learning está revolucionando a análise de dados financeiros, permitindo previsões mais precisas e automatização de processos como detecção de fraudes, gerenciamento de riscos e tomada de decisões financeiras estratégicas.

Blockchain e criptomoedas

A tecnologia blockchain está sendo cada vez mais adotada para simplificar e agilizar transações financeiras, além de garantir maior segurança e transparência. As criptomoedas, por sua vez, estão sendo exploradas como uma alternativa aos métodos de pagamento tradicionais, oferecendo custos mais baixos e transações mais rápidas, especialmente em operações internacionais.

Fintechs especializadas

Como citado anteriormente, o surgimento de fintechs especializadas está oferecendo soluções financeiras altamente adaptadas às necessidades específicas das empresas, como gestão de caixa, cobrança, financiamento de capital de giro e gestão de despesas. Essas soluções geralmente são mais ágeis, acessíveis e personalizáveis do que as oferecidas pelos bancos tradicionais.

Open banking

A implementação de políticas de open banking está permitindo uma integração mais fácil e segura entre diferentes instituições financeiras, possibilitando que as empresas acessem uma variedade de serviços financeiros por meio de uma única plataforma. Isso promove uma maior competitividade e oferece às empresas mais opções para otimizar suas operações financeiras.

Análise de big data

O uso de análise de big data está permitindo uma compreensão mais profunda dos padrões de comportamento financeiro dos clientes, facilitando a personalização de produtos e serviços, bem como a identificação de oportunidades de mercado e riscos potenciais.

Essas tendências em tecnologia financeira estão transformando a maneira como as empresas gerenciam suas finanças e operações, tornando-as mais eficientes, ágeis e competitivas em um ambiente empresarial em constante evolução.

Rumo à eficiência empresarial

À medida que as fintechs continuam a moldar o cenário financeiro com inovação e agilidade, fica claro que as empresas estão encontrando novas e melhores maneiras de otimizar suas operações. 

Por meio da adoção de tecnologias financeiras avançadas, como inteligência artificial, blockchain e automatização de processos, as empresas estão impulsionando a eficiência, a produtividade e a competitividade. 

Agora, mais do que nunca, é essencial que você, empreendedor, acompanhe essas tendências e adote soluções modernas para alcançar o sucesso no seu negócio. 

Para começar a transformação financeira da sua empresa, explore as funcionalidades oferecidas pela Omie, uma plataforma que integra diversas ferramentas essenciais para o gerenciamento financeiro e operacional.

Banner experimente - simplifique sua rotina e integre todas as áreas da sua operação

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
colocar a minha empresa no Google Maps? tablet em mapa
Confira um passo a passo simples de como colocar sua empresa no Google Maps. Aumente sua visibilidade local e conquiste
pessoas fazendo design thinking
Inove nos processos e soluções da sua empresa: conheça o Design Thinking e entenda a aplicação dessa metodologia nos negócios.
Conheça as vantagens e a importância de ter um software para clínica médica, descubra como escolher a melhor opção e