Descubra as vantagens da Calculadora de Imposto de Renda

Facilite a sua Declaração de Imposto de Renda com esse instrumento; saiba como melhor utilizá-lo

07/mar/2022
Contabilidade

Na hora de colocar as finanças em ordem, ter uma calculadora de Imposto de Renda de qualidade pode fazer toda a diferença. Isso evita que você se junte, por exemplo, aos  mais de 36 milhões de brasileiros que caíram na chamada “malha fina” apenas em 2021, de acordo com a Receita Federal. Para se ter ideia da dimensão, esse valor é semelhante à população do Canadá, no mesmo ano.

A falta de conhecimento no tema e a complexidade dos cálculos, ainda mais quando há o uso de instrumentos não adequados, são alguns dos motivos para um número tão expressivo. Por isso, a calculadora faz diferença na hora de facilitar sua Declaração e conseguir uma vida financeira mais saudável e organizada.

Explicaremos neste artigo o que são as calculadoras de imposto de renda, como fazer a melhor escolha ao decidir por uma delas e como se programar para evitar problemas na hora de apresentar o seu Imposto de Renda. Confira!

O que é uma calculadora de imposto de renda?

Uma calculadora de IR, em resumo, realiza uma simulação do Imposto de Renda a ser declarado, conferindo a chamada alíquota efetiva - ou seja, o percentual final do imposto a ser pago, considerando o total de rendimentos declarados. 

Esse cálculo é feito através das informações ali inseridas: apurações mensais, cálculo de impostos e controles de saldos. A ferramenta permite que você saiba, de modo muito rápido, qual a sua situação perante a Receita Federal e facilita o encontro de uma melhor solução, caso tenha algum problema.

Essa ferramenta é idealizada para facilitar a vida de investidores e das pessoas em geral no momento de calcular seus impostos. 

Diferença entre calculadora e simulador de imposto de renda

A calculadora de Imposto sobre a Renda é indicada para as pessoas que desejam realizar  cálculos completos, quando for necessária uma maior agilidade no processo e já se entende a justificativa de cada valor declarado. Em resumo, a calculadora é uma ferramenta para a execução do pagamento dos impostos e organização das finanças.

Já o simulador de imposto de renda é direcionado para aqueles que desejam entender e observar quanto está sendo descontado de seus rendimentos e até planejar as futuras restituições. Através dele, é possível consultar informações como o valor de desconto das parcelas pagas mensalmente e o valor anual.

O recomendado é que, inicialmente, seja utilizado um Simulador de Imposto de Renda para que, depois, seja utilizada a calculadora de Imposto de Renda. Este primeiro é muito importante para o trabalho do contador de uma empresa, que poderá planejar melhor as despesas e os lucros. As vantagens também se estendem para pessoas físicas/PJ, para que entendam como o IR é calculado em cima de seus rendimentos e possam melhorar a organização das finanças no geral.

O Simulador de Alíquota Efetiva do Imposto de Renda é uma ferramenta gratuita disponibilizada pela Receita Federal, no site oficial do órgão.

Como escolher a melhor calculadora de imposto de renda? 

Existem diferentes ofertas de cálculos de Imposto de Renda, especialmente integradas em sistemas ERP. Para você aproveitar todos os benefícios trazidos por elas, é importante que seja escolhida uma ferramenta prática, funcional e confiável. Também cabe analisar todos os recursos que ela te disponibiliza.

Existem diversos bancos e fintechs que oferecem o produto, mas é essencial que você se atente a algumas informações, pois existem calculadoras com diferentes funcionalidades, sendo as principais: 

  • categoria de cálculo realizado — seja pessoa física, jurídica ou para ações;
  • funções — renda fixa, renda variável ou deduções.

Etapas para utilizar uma calculadora de imposto de renda 

Apesar de ser uma ferramenta muito auto-intuitiva e de fácil manuseio, é necessário realizar alguns passos para utilizar a calculadora de Imposto de Renda. Por isso, agora que você já sabe o que é e as principais vantagens, é hora de conferir o passo a passo dessa ferramenta:

1. Informe os rendimentos tributáveis

Aqui você colocará todos os seus ganhos mensais que contribuem para o acúmulo de renda ou total anual, como, por exemplo: 

  • Salários; 
  • Pensões; 
  • Gastos com aposentadoria; 
  • Pagamentos de prestação de serviços;
  • Aluguéis de imóveis.

2. Informe os rendimentos dedutíveis

Logo depois, você informará todas as despesas que podem ser abatidas no cálculo da sua contribuição, como:

  • Previdência oficial (contribuições para o INSS);
  • Número de dependentes;
  • Pensão alimentícia;
  • Aportes em previdência privada;
  • Carnê-Leão;

Este último, o carnê-leão, é o recolhimento obrigatório do Imposto de Renda para pessoas físicas que recebem rendimentos de outras pessoas físicas ou do exterior, entre outras situações.

É importante ressaltar que essa etapa e as informações que você informa nela servem apenas para quem usa o modelo completo de declaração.

3. Confira a base de cálculo 

Para chegar ao valor da base de cálculo, o investidor terá que subtrair o total de rendimentos dedutíveis do total de rendimentos tributáveis. 

4. Entenda as faixas de dedução do IR 

Através do demonstrativo de faixas salariais, basta informar em qual delas sua renda se encaixa. Após isso, você receberá o cálculo da parcela que será deduzida do Imposto de Renda e identificará em quais alíquotas sua renda mensal se enquadra.

A nível de curiosidade, a Receita Federal estabeleceu os valores para as cinco faixas de renda do IR para 2022. As quantias mínimas e máximas foram alteradas em relação aos anos anteriores, por isso vale a pena a conferência!

5. Analise o resultado 

Nessa última etapa, você terá o resultado da alíquota efetiva. Ou seja, o percentual final de imposto que vai incidir sob os seus rendimentos. Assim, poderá encaixar esse percentual no seu controle de gastos, possibilitando maior organização e planejamento financeiro empresarial ou pessoal.

A Calculadora de Imposto de Renda vai agilizar o seu bem-estar financeiro

Como vimos, a utilização de uma Calculadora de Imposto de Renda agiliza e facilita esse processo demorado e complexo para a Declaração do IR, realizando, de forma automática, todos os cálculos necessários a partir das informações disponibilizadas pelo investidor, sendo um super aliado para os contadores.

Tendo o mesmo intuito em descomplicar a área de finanças da sua empresa, a Omie oferece um sistema de ERP totalmente integrado, 100% na nuvem e totalmente intuitivo. É uma ferramenta que traz diversas funcionalidades ao contador ou à pessoa responsável pela área de finanças de uma empresa. O melhor é que, com ele, você consegue ter um gerenciamento simples, completo e em qualquer lugar.

Conheça o sistema da Omie agora mesmo!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas