Capital de giro: entenda o que é e qual sua importância

Fundamental para a saúde financeira de um negócio, é um ponto de atenção para empreendedores e profissionais da contabilidade

07/Abr/2022
Contabilidade

Na abertura de uma empresa, um empresário precisa se preocupar com diversos processos e detalhes, como a formalização, capital inicial, escolha do tipo de empresa, aquisição de equipamentos, entre muitas outras escolhas importantes. O capital de giro é um desses itens que precisam de atenção especial dos empreendedores e profissionais da contabilidade.

Sendo assim, durante a abertura de uma empresa, ele não pode ser negligenciado, pois é fundamental para a saúde financeira de um negócio. 

Neste artigo, entenda o que é o capital de giro e a sua importância para a sustentação de uma organização!

O que é capital de giro?

De forma simples e direta, o capital de giro é o caixa que a sua empresa tem para manter o funcionamento do negócio. 

Ainda, é o dinheiro necessário para a garantia da continuidade de um estabelecimento comercial e abrange todos os valores relacionados a depósitos em contas bancárias, contas a receber e obrigações pendentes que no futuro se transformarão em dinheiro para quitação de despesas.

Além disso, o capital de giro é como o braço direito da gestão, pois facilita a manutenção no que diz respeito à compra de equipamentos, manutenção dos estoques e pagamentos em dia com fornecedores e clientes. 

Mais que isso, trata-se do dinheiro que ajuda no pagamento de todas as despesas de curto prazo, até que novos recebimentos de vendas cheguem ao seu bolso. 

Qual a importância do capital de giro para o seu negócio? 

O capital de giro é sinônimo de controle das finanças do seu negócio. Por isso, ele sempre deve constar no planejamento financeiro, pois está diretamente ligado ao fluxo de caixa. 

Logo, saber quanto é necessário de renda para fechar as contas ao final do mês e quanto sobra para investimentos, com certeza vai deixar você respirar com maior alívio a cada mês.

Confira, a seguir, quatro motivos essenciais para não deixar o capital de giro para empresas de lado ao construir um empreendimento!

Controle das finanças

Sem a observação do capital de giro, não é possível controlar as finanças, pois o controle financeiro anda de mãos dadas com o capital de giro. Imagine a seguinte situação na sua vida pessoal: você quer realizar investimentos, mas a conta final das suas obrigações financeiras não fecham. 

Nesse contexto, a sua saúde financeira não anda bem. No mundo dos negócios, as coisas funcionam quase da mesma forma. 

Avaliação da rentabilidade da empresa

O capital de giro é, também, a movimentação financeira da sua empresa. Ter um estoque sem movimentação não gera receita financeira, certo? Nesse caso, é necessário solucionar as questões que estão atrapalhando as vendas e negociações para avaliar o fluxo de caixa.

Sinalização dos riscos 

Com a obtenção do capital de giro é possível avaliar os riscos financeiros da empresa e trabalhar em estratégias por meio de uma análise geral das finanças.

Maior segurança para imprevistos

Ter o controle do seu capital de giro é contar com mais segurança frente a imprevistos financeiros. Com um bom capital de giro, o seu negócio conseguirá se sair bem de imprevistos de forma que eles não afetem os processos internos.

Quais os tipos de capital de giro?

Agora que sabemos o que é capital de giro para empresas e a importância dele para um negócio, a seguir, veja quais são os tipos existentes:

  • líquido: inclui os recursos financeiros da empresa, exceto os que não contam como circulantes, por exemplo, bens e imóveis;
  • neutro: mostra que os recursos disponíveis e débitos existentes são iguais. Nesse caso, é necessário manter a atenção para a geração de mais recursos;
  • negativo: significa que os recursos disponíveis são insuficientes para quitar os débitos. É necessário criar estratégias para reverter a situação;
  • próprio: é o capital disponível para a empresa, sem a necessidade de empréstimos;
  • associado a investimentos: é o capital de giro que foi destinado para cobrir investimentos realizados para alguma finalidade dentro do negócio.

Como manter o capital de giro saudável na sua empresa?

Ao longo do artigo, a importância e definição do capital de giro para uma empresa foram esclarecidas. No entanto, você pode se perguntar: “como manter o capital de giro saudável?”. 

Com a finalidade de responder essa ou outras possíveis dúvidas, reunimos algumas dicas que ajudarão você nesse processo. Acompanhe:

  • Faça um controle financeiro detalhado: registre todas as operações financeiras, integre os setores, separe os gastos, crie um fundo de reserva e conte com especialistas;
  • Esteja atento a gastos que podem ser cortados: gastos supérfluos fazem toda a diferença ao final do mês. Por isso, corte o que não for essencial;
  • Negocie as melhores condições com fornecedores e clientes: aprender a negociar é um passo necessário para empreender e manter um bom capital de giro;
  • Procure investidores para a empresa: no início, é realmente mais difícil ter um capital de giro que sustente o negócio. Então, busque investidores e tente convencê-los do potencial do seu negócio;

Tecnologia e capital de giro

Para lidar de uma melhor forma com o fluxo de caixa, controle financeiro e capital de giro de um negócio, é possível realizar a contratação de um sistema ERP, voltado para gestão empresarial. 

Com a ajuda da tecnologia e um sistema especializado, a automação de alguns processos, como emissão de notas, controle de estoque e vendas, é facilitada. Além disso, todas as informações são integradas.  

Acompanhe a saúde financeira do seu negócio com o capital de giro

Se você quer um negócio capaz de ganhar escala e que tenha estrutura para sobreviver por anos, entender o conceito de capital de giro e, principalmente, colocar em prática, é fundamental.

Por envolver assuntos mais técnicos da contabilidade, não deixe de contar com o apoio de um contador e da tecnologia para facilitar e otimizar processos. 

A Omie é uma empresa especializada em soluções digitais para a gestão empresarial e entrega aos clientes um sistema ERP completo com integração e sem complicação. Fale com um especialista da Omie e entenda como podemos ajudar seu negócio a crescer!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas