Régua de cobrança: Reduza a inadimplência nos recebimentos

Para evitar problemas econômicos, a régua de cobrança é utilizada em várias empresas. Saiba como!

25/Mai/2021
Contabilidade

Se você tem um empreendimento, provavelmente já ouviu falar em régua de cobrança, ela é um processo realizado pela gestão financeira de uma empresa para diminuir ou eliminar a inadimplência dos clientes. Seu funcionamento acontece em toda venda realizada e é importante ter acompanhamento constante.


Essa ação é fundamental para manter a saúde financeira de um negócio. Isso porque, a inadimplência, que é a falta de pagamento na data correta, é algo constante em nosso país. De acordo com uma pesquisa de endividamento e inadimplência do Consumidor (Peic), feita em dezembro de 2020, apontou que 66,3% dos consumidores estão endividados.


As causas da falta de pagamento são inúmeras, e vão desde esquecimento, até mesmo não ter recursos para realizar a finalização da dívida. E por isso, existem alguns métodos que podem ajudar nesse ponto. Quer saber quais? Confira o artigo completo abaixo!

O que é e como funciona a régua de cobrança?

Como dito anteriormente, a régua de cobrança é basicamente todo o processo que é seguido para colocar a dívida como prioridade no pagamento para o seu cliente. Assim, ela tem como objetivo aumentar a precisão e eficácia da operação e é uma estratégia de cobrança.


Com a régua de cobrança você pode definir datas específicas para envio de lembretes de pagamento, informe sobre atrasos em faturas e datas próximas de pagamento, além de outros eventos importantes para que a cobrança seja feita. Dessa forma, tanto a empresa, quanto o cliente tem mais organização e planejamento.


Por isso, a régua de cobrança cria uma linha do tempo relacionada ao pagamento, e consegue assim, indicar todas as datas importantes que vão desde o recebimento de um pagamento por boleto, cartão, ou um eventual atraso.

Qual a importância da régua para uma empresa?

Para o cliente, ter uma régua de cobrança automatizada pode ajudar a analisar as informações de forma mais clara, ou seja, ao receber as notificações de vencimento pode auxiliar na organização e evitar que caia no esquecimento, se esse for o caso. Já se for falta de recursos, é possível se planejar com antecedência para um acordo, se for preciso.


Já no caso da empresa, um sistema de cobrança automatizado, pode ajudar a responder alguns questionamentos para melhorar a estruturação do processo de cobrança. Confira as perguntas que podem ser respondidas:


  • Quantas e quais faturas foram emitidas ao longo de um período (pode ser algo diário, semanal ou mensal);
  • Quantas cobranças foram feitas e em quais momentos?;
  • Quem é a pessoa responsável pela fatura e qual nível de comprometimento no mercado e em sua empresa?


A partir dessa análise, é possível responder outras perguntas que vão te auxiliar a criar uma régua de cobrança ou manter a atual com novas informações e deixar ela ainda mais completa.


  • Qual o valor total de todas as faturas em aberto? Tanto individualmente do comprador, se ele tiver mais de uma, quanto da empresa;
  • Quais são as faturas vencidas?;
  • Quais estão próximas do vencimento?;
  • Quais faturas precisam de um aviso extra para serem pagas. Seja um lembrete dias antes de vencer, ou notificação no dia do vencimento.

Crie um fluxo de cobrança no pós-venda

O pós-venda é essencial para que uma empresa mantenha seus clientes fiéis, e consequentemente tomar atitudes com relação ao pagamento, também é uma excelente ideia. Por isso, criar um fluxo de cobrança pode te ajudar a manter ótimos pagadores.


Para criá-lo, faça uma análise de todos os dados que o seu consumidor precisa saber. Dessa forma, envie um resumo da venda realizada com o valor do produto ou serviço, quais os meios de pagamento e a data de vencimento, além de uma breve descrição do que foi comprado.


Após esse passo, se o cliente não realizar o pagamento, vale alertar que está atrasado depois de no mínimo 5 dias úteis, se ainda assim a inadimplência persistir, a suspensão dos serviços pode e deve ser realizada. Porém, não esqueça de notificar o cliente. 

Automatize os processos de cobrança

E se a sua empresa tem altas demandas de cobrança e você ainda não sabe ou tem dificuldades em como montar uma régua de cobrança, vale automatizar o processo, ou seja, com a contratação de um software de gestão que ofereça a estrutura necessária. 


Com um bom sistema de gestão, você consegue visualizar todos os seus dados financeiros e oferecer uma solução completa, para realizar:


  • O cadastro dos seus clientes;
  • Emissão de faturas, notas e boletos;
  • Recebimento online através do cartão de crédito;
  • Implementação de um modelo de régua de cobrança personalizada.


Portanto, quanto maior o atraso, menor a chance de receber o pagamento da dívida. E são nesses casos que é preciso agir rápido e com consistência, usando diferentes abordagens e o que mais se adequa para o seu público-alvo. Além disso, para atingir todos os objetivos da sua régua de cobrança, é preciso implementá-la à risca e, ter o apoio de um sistema que automatize esse processo acaba se tornando essencial. 


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas