Controle de qualidade: entenda a função do processo e sua importância

Controle de qualidade: área que garante excelência e é essencial para manter a satisfação do cliente, redução de custos operacionais e reputação da empresa.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Consumidores estão cada vez mais exigentes, independente do nicho de mercado em que você atue. Nesse sentido, a qualidade, que sempre foi imprescindível, tornou-se um fator estratégico para o sucesso. 

Produtos ou serviços que não correspondem às expectativas ou tem custos onerosos de produção podem resultar em insatisfação dos clientes e, consequentemente, queda nas vendas. Isso sem falar no desperdício de energia, recursos e o inevitável bloqueio à inovação e melhoria contínua.

Ter um processo de controle de qualidade envolve a implementação de métodos, sistemas e procedimentos para monitorar, avaliar e aprimorar o resultado da linha de produção. Aprenda a como implementá-la em seu negócio! 

O que é o controle de qualidade?

O controle de qualidade é um conjunto de medidas, procedimentos e ferramentas aplicadas durante todo o processo de produção ou prestação de um serviço. Ele busca identificar, corrigir e prevenir falhas, garantindo que o produto final atenda às normas e requisitos pré-estabelecidos.

​​Portanto, ter um controle de qualidade é como ter um padrão de excelência para garantir que o que você oferece seja realmente bom. Ele está presente desde a escolha da matéria-prima até o produto acabado, com cada etapa minuciosamente verificada. 

O processo de controle de qualidade pode ser feito com carros, celulares, alimentos e até mesmo infoprodutos. Quando uma empresa faz um investimento na padronização e atualização dos processos, garante que as entregas estejam acima das expectativas e consegue até mesmo identificar oportunidades de fazer mais com menos. 

Banner CTA

Qual a função do controle de qualidade na empresa?

A função principal do controle de qualidade é garantir que os produtos ou serviços atendam ou até superem as expectativas dos clientes. 

Isso não se limita apenas à uma inspeção final, mas também na implementação de boas práticas em todas as fases do processo de produção.

Portanto, o controle de qualidade pode desempenhar várias funções dentro de uma empresa, independente do segmento:

  • Excelência: assegurando que os produtos ou serviços atendam aos padrões estabelecidos, considerando especificidades de cada produto (objetivo, regulamentações, composição); 
  • Prevenção de falhas: ajudando a identificar possíveis erros no processo produtivo, permitindo a correção antes que esses defeitos afetem a entrega; 
  • Satisfação do cliente: entregando produtos ou serviços de alta qualidade, contribui para a satisfação e fidelização dos clientes; 
  • Melhoria contínua: fornecendo dados valiosos para aprimorar os processos internos e aumentando a eficiência e desempenho da empresa. 
  • Inovação: ao melhorar os processos e entregas, o controle de qualidade deve se voltar para as possibilidades do futuro, promovendo e propondo inovações.

Além disso, a área contribui para a criação de uma cultura organizacional focada em melhorias. Ao identificar pontos passíveis de aprimoramento, a empresa busca constantemente inovações e otimizações nos processos, buscando oferecer produtos ou serviços cada vez melhores.

Como é feito o controle de qualidade?

O controle de qualidade é realizado por meio de diversas metodologias e ferramentas. Uma abordagem comum é a inspeção, na qual uma amostra da produção é avaliada para garantir que toda a linha esteja de acordo com os padrões estabelecidos. 

Confira alguns processos utilizados para realizar o controle de qualidade:

Planejamento

O processo começa com o estabelecimento de padrões de qualidade específicos para os produtos ou serviços. São definidos os critérios, métodos de inspeção, testes e parâmetros que serão utilizados para avaliar a qualidade.

Controle de entrada: 

Nesta etapa, todos os materiais, componentes ou matérias-primas que serão utilizados são verificados e inspecionados para garantir que atendam às especificações e padrões estabelecidos. Isso evita que possíveis defeitos ou problemas sejam introduzidos no processo. 

Aqui também se enquadra a gestão de fornecedores, em casos nos quais os produtos são adquiridos por um terceiro.

Controle do processo 

Durante a produção, é realizado um monitoramento para assegurar que todas as etapas estão sendo executadas conforme as especificações determinadas. 

Controle de saída 

Após a produção, os produtos finais são inspecionados e testados para verificar se atendem aos padrões de qualidade estabelecidos. Isso pode incluir testes de funcionamento, análises físicas, químicas, biológicas ou indicadores de desempenho

Ação corretiva

Se forem identificados problemas ou não conformidades durante a inspeção, são tomadas medidas para resolver esses problemas e evitar que voltem a ocorrer no futuro.

Além disso, durante o processo de controle de qualidade, são empregadas diversas ferramentas para análise, monitoramento e tomada de decisões fundamentadas. 

  • Análise Pareto; 
  • Diagrama de Ishikawa;  
  • Análise SWOT; 
  • CEP (Controle Estatístico de Processo); 
  • FMEA (Análise de Modo de Falha e Efeito); 
  • Ciclo PDCA
  • Entre outros. 

Controle de qualidade em diferentes segmentos

Muitos são os segmentos empresariais que podem se valer do controle de qualidade. No entanto, existe uma visão geral de que esta área se limita aos processos industriais e em larga escala. 

Como veremos a seguir, as indústrias são fortes campos de atuação das ações de qualidade, mas as possibilidades vão além. 

Indústria alimentícia 

Ao comprar alimentos no mercado, você espera que estejam seguros para consumo. No setor alimentício, o controle de qualidade é importante para garantir a segurança e a qualidade dos produtos para o consumidor.  

É realizado testes microbiológicos, análises químicas e inspeções para detectar possíveis contaminações e garantir que os alimentos estejam de acordo com os padrões sanitários e nutricionais.

Indústria automotiva

Antes de os carros chegarem às concessionárias, eles passam por um rigoroso controle de qualidade, por exemplo: 

  • Testes de segurança; 
  • Inspeções de peças e componentes; 
  • Verificação de desempenho do motor 
  • Verificação de sistemas de freio e suspensão; 
  • Entre outros. 

Além disso, manter um controle adequado dos itens em estoque evita atrasos na produção. A organização de estoque, por exemplo, é um dos processos de controle de qualidade que asseguram a disponibilidade dos componentes certos e essenciais na linha de produção. 

Tecnologia

No setor de tecnologia, o controle de qualidade é essencial para garantir a funcionalidade e durabilidade dos produtos. Antes de serem enviados para o mercado, os dispositivos passam por testes rigorosos para manter a qualidade, por exemplo: 

  • Desempenho; 
  • Durabilidade; 
  • Bateria; 
  • Câmera; 
  • Software; 
  • Entre outros. 

Empresas como a Apple e Samsung aplicam padrões de controle de qualidade rigorosos para manter a qualidade e confiança de seus consumidores, realizando testes de queda, resistência à água, etc., para garantir que funcionem sob quaisquer condições. 

Além disso, a gestão de qualidade em TI pode controlar os processos operacionais para garantir a qualidade dos softwares oferecidos. 

Por exemplo, empresas como a Microsoft e Google adotam práticas de controle de qualidade para oferecer sistemas cada vez mais robustos e confiáveis. 

Distribuidoras

Uma empresa distribuidora, que é responsável por transportar e entregar produtos, também mantém um controle de qualidade importante em toda sua linha de operações. 

Isso envolve a verificação das condições de armazenamento durante o transporte, precisão na entrega dos produtos corretos e a garantia de que tudo seja entregue em perfeitas condições. 

Marketing 

O controle de qualidade no marketing é essencial para garantir que as estratégias atendam aos padrões estabelecidos e alcancem os objetivos da empresa. 

Isso envolve o estabelecimento claro de metas, revisão regular de conteúdo, testes de campanha, feedback do cliente e monitoramento de métricas-chave. 

A ênfase na melhoria contínua e no treinamento da equipe contribui para a consistência e eficácia das iniciativas de marketing, assegurando uma abordagem alinhada com a marca e uma resposta positiva por parte dos consumidores.

Contabilidade

O controle de qualidade na contabilidade é fundamental para assegurar a precisão e confiabilidade das informações financeiras. Envolve a implementação de políticas e procedimentos que garantem a conformidade com normas contábeis, regulamentações e padrões éticos. 

A revisão rigorosa de transações, relatórios financeiros e práticas contábeis, juntamente com auditorias regulares, é essencial para detectar e corrigir eventuais erros. 

Além disso, a adoção de tecnologias avançadas, como Sistemas de Gestão, e a capacitação da equipe contribuem para uma contabilidade de alta qualidade, promovendo a transparência, a tomada de decisões informada e a conformidade com as exigências legais.

Benefícios de ter controle de qualidade na empresa

Implementar um sistema de controle de qualidade traz uma série de benefícios para uma empresa. 

Satisfação do cliente

Um dos maiores benefícios é a satisfação do cliente. Quando uma empresa mantém altos padrões de controle de qualidade, os produtos ou serviços entregues atendem às expectativas dos clientes.

Redução de custos

Ter um bom controle de qualidade ajuda a reduzir os custos associados a retrabalhos, devoluções e reclamações dos clientes. Ao identificar e corrigir problemas durante as fases iniciais do processo produtivo, diminui os gastos adicionais, gerando uma redução de custos para a empresa.

Reputação e competitividade

Empresas reconhecidas por sua alta qualidade ganham uma boa reputação no mercado. Por exemplo, marcas como a Coca-Cola, conhecida por ter padrões de qualidade, têm como resultado uma vantagem competitiva sólida no mercado. 

Isso se traduz em maior confiança dos consumidores e uma posição de destaque em relação aos concorrentes.

Maior eficiência operacional 

O controle de qualidade é importante para aprimorar os processos internos. Por exemplo, uma empresa de logística que garante a precisão e a segurança das entregas têm menor ocorrência de erros e atrasos, tornando suas operações mais eficientes.

Regulamentações

Em setores como o farmacêutico, alimentício e automotivo, há regulamentações para garantir a segurança de seus produtos e serviços. O controle de qualidade entra para auxiliar as empresas a cumprirem corretamente essas normas. 

Na indústria farmacêutica, por exemplo, que segue rigorosos padrões, o controle de qualidade garante a segurança e a eficácia de seus medicamentos, evitando problemas legais e prejuízos à sua reputação. 

Como a tecnologia pode ajudar? 

A tecnologia pode ajudar na execução de tarefas repetitivas e na coleta de dados, reduzindo as chances de possíveis erros humanos. Por isso, ela desempenha um papel estratégico:

  • Automação: com softwares especializados, é possível realizar testes precisos em produtos eletrônicos, por exemplo nos smartphones, para identificar falhas e garantir que tudo esteja funcionando corretamente; 
  • Sistemas ERP: um ERP para empresas de serviços podem ser usado para rastrear dados sobre seu desempenho, permitindo uma análise fundamentada, o que permite identificação de áreas que precisam de melhorias para garantir a qualidade do serviço; 
  • Rastreabilidade: sistemas de rastreabilidade permitem acompanhar cada etapa do processo de produção, desde a matéria-prima até o produto final; 
  • Análise de dados: utilização de grandes conjuntos de dados para identificar padrões, antecipar problemas e melhorar a qualidade dos processos internos da empresa. 

Invista em qualidade 

As ações, vantagens e dicas mencionadas neste conteúdo são a forma certa de garantir que o produto final atenda aos padrões esperados, proporcionando maior satisfação e confiança do seu público. Não apenas controlar, mas ter uma gestão de qualidade vai impactar sua rotina positivamente com efeitos a curto e longo prazo.

Invista em parcerias estratégicas. A Omie oferece soluções empresariais para facilitar sua produção e manter tudo integrado, de forma intuitiva e em tempo real. Saiba mais!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
O investidor anjo vai ajudar você a tirar as suas ideias do papel para concretizar um negócio de sucesso no
Conheça as principais vantagens de um help desk e entenda porque investir nessa ferramenta pode revolucionar o relacionamento que você
melhores crm
Conheça os melhores sistemas de CRM disponíveis no mercado e compreenda qual deles é a escolha ideal para o seu