Estratégia competitiva: o que é, tipos e como criar?

Saiba como elevar seu negócio com uma estratégia competitiva eficiente. Faça a escolha certa e comece hoje mesmo!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Em um cenário competitivo, toda empresa lida com outras pela preferência dos consumidores. Mais do que nunca, as marcas precisam encontrar formas de se destacar entre a concorrência. Por isso, ter uma boa estratégia competitiva se tornou fundamental.

Com tantas opções de produtos e serviços disponíveis no mercado, é necessário contar com vantagens competitivas que podem atrair mais clientes e gerar mais lucratividade para o negócio.

Neste artigo, você conhecerá diversos tipos de estratégias competitivas para transformar a sua empresa. Além disso, aprenderá como montar o seu plano na prática para alavancar resultados de forma inovadora. Boa leitura!

Banner CTA

O que é estratégia competitiva?

A estratégia competitiva é um plano para disputar espaço no mercado. Basicamente, é a forma pela qual uma empresa se posiciona à frente das concorrentes. O objetivo é criar uma vantagem competitiva para o negócio continuar rentável a longo prazo.

As vantagens competitivas são os diferenciais dos produtos ou serviços ofertados ao público. São os fatores que fazem com que o cliente escolha uma marca específica em vez de outras opções no mercado.

Geralmente, as empresas escolhem entre dois tipos de estratégia competitiva: a de “dentro para fora” ou a de “fora para dentro”.

A primeira é uma análise interna que avalia as capacidades e recursos do negócio para saber o que o diferencia da concorrência. Por outro lado, a segunda é uma análise externa que estuda o mercado para entender como competir.

Ambas dependem de uma fonte de dados além das tradicionais planilhas, anotações e documentos em papel — é preciso ter ferramentas tecnológicas à mão para dar uma guinada em seu negócio.

A importância da vantagem competitiva para ter sucesso no mercado

O que torna uma mercadoria mais atrativa para o cliente final é sua vantagem competitiva. Por isso, é importante que você saiba comunicar os pontos fortes do seu produto para chamar a atenção no mercado. 

É por meio deles que você atrairá a atenção do público, fidelizar os consumidores e garantir a lucratividade do negócio. Então, dominá-los precisa estar entre as suas prioridades.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Conheça os tipos de estratégia competitiva de Porter

Michael E. Porter, professor da Harvard, é uma das grandes referências no assunto. Em seu livro “Estratégia Competitiva: técnicas para análise de indústrias e da concorrência”, o autor destaca três tipos de diferencial competitivo

Liderança de custo

A liderança de custo é a estratégia de negócios de tornar o preço dos produtos cada vez mais competitivos. A empresa busca formas de reduzir os seus custos operacionais para que o cliente não tenha que pagar um preço mais elevado na mercadoria final.

É o caso, por exemplo, de uma fabricante de bebidas que decide substituir garrafas de vidro por garrafas de plástico para aumentar sua margem de lucro. Faça a precificação correta e aproveite esse tipo de estratégia!

Diferenciação

A diferenciação é quando a companhia se destaca por oferecer serviços e produtos exclusivos ou com características que não são encontradas nos concorrentes. Assim, elas entregam um valor único para o consumidor.

Essa é uma estratégia interessante para quem visa fidelizar os clientes. Como o item possui um diferencial relevante, o consumidor tende a comprá-lo mesmo que ele seja mais caro do que os produtos da concorrência.

Alguns exemplos de diferenciação são:

  • Produtos e serviços únicos, exclusivos e diferenciados;
  • Matéria-prima de qualidade;
  • Excelente atendimento ao cliente;
  • Mercadorias sustentáveis;
  • Marketing forte.

A exclusividade, muitas vezes, pode ter a ver também com a missão e valores da empresa que agregam aos produtos. Afinal, se ela é exclusiva, isso precisa vir da sua essência, de quem ela é.

A Omie, por exemplo, além de oferecer o melhor software de gestão do mercado, tem como missão contribuir para a formação de vários tipos de empreendedores por meio da Omie Academy.

Enfoque

Pode-se dizer que o enfoque é uma estratégia de custo ou diferenciação aplicada a um nicho específico do mercado. As empresas que seguem esse modelo atendem um público específico com uma gestão estratégica.

No segmento de pastas de dente, por exemplo, uma marca se destaca por possuir uma linha infantil com aromas mais agradáveis para crianças. Mesmo não sendo a líder de vendas, ela tem uma ótima performance nesse nicho.

Estratégias competitivas de Miles e Snow

Assim como Porter, os estudiosos Raymond Miles e Charles Snow também produziram textos que trouxeram contribuições importantes para o mundo dos negócios. Para eles, há quatro tipos de estratégia competitiva, os quais descrevemos abaixo.

Defensiva

A estratégia defensiva é adotada por empresas especializadas em um segmento do mercado e que focam toda sua produção nesse setor. O objetivo é que os negócios sejam estáveis e, para isso, apostam na oferta de produtos de qualidade e com preços competitivos.

Prospectora

Empresas prospectoras são aquelas que possuem foco em inovação e que estão constantemente fazendo pesquisas para lançar novidades no mercado. É um modelo adequado para negócios inseridos em segmentos que evoluem rapidamente, porém apresenta riscos maiores do que a estratégia defensiva.

Analítica

A estratégia competitiva analítica é uma fusão entre os dois métodos anteriores. As empresas que seguem essa linha buscam lançar novos produtos, mas o fazem de forma cautelosa, depois de estudar as oportunidades do mercado.

Reativa

É a postura de uma companhia que não possui um plano de ação bem definido. Esse tipo de empresa apenas reage aos movimentos do mercado quando é pressionada pelas mudanças, sem escolher efetivamente uma estratégia para seguir.

A reatividade, inclusive, não é considerada uma estratégia de competitividade.

Estratégias competitivas: exemplos 

Ao compreender os tipos de estratégia competitiva, fica mais fácil visualizá-las, na prática. A seguir, também você encontra exemplos de como elas são executadas nas empresas.

Aqui, vamos nos deter às estratégias citadas por Miles e Snow, as quais têm maior aplicação no cenário empresarial. Assim, torna-se mais fácil entender quais delas podem ser correlacionadas ao seu negócio.

A estratégia competitiva defensiva pode ser visualizada em uma produtora de itens alimentícios consolidada no mercado. Ela não precisa fazer lançamentos constantes: seus produtos já são amplamente conhecidos e garantem lucros estáveis.

Já a estratégia competitiva prospectadora está presente nos bancos digitais. Eles são um exemplo claro de empresas focadas em inserir novas soluções no mercado. Elas se tornam referências em inovação.

Quando se fala em estratégia competitiva analítica, pode-se citar empresas de grande porte com linhas de produtos. Elas analisam o mercado e lançam produtos seguindo o que já está “dando certo”. 

Como criar estratégia competitiva para usar em seu negócio

De início, vale lembrar que não se trata efetivamente de criar uma estratégia competitiva, mas sim identificar o tipo de estratégia competitiva que deseja seguir com o seu negócio. Aí, sim, é hora de elaborar o plano que será seguido. 

Veja, a seguir, dicas valiosas para montar uma estratégia vencedora.

Elabore um mapa de rivalidade dos seus concorrentes

Saber quais são os principais concorrentes da sua empresa é essencial para planejar a evolução do negócio a longo prazo. Identifique quais companhias concorrem direta ou indiretamente com você, por espaço no mercado.

Para avaliar o nível de concorrência, você pode buscar entender se outras marcas têm como objetivo atingir o mesmo público que sua empresa. Além disso, é interessante analisar os 4Ps do marketing de seus concorrentes: preço, praça, produto e promoção.

Analise produtos e serviços que podem ameaçar o seu negócio

Após mapear os concorrentes, você deve analisar com atenção os produtos e serviços oferecidos. Verifique aqueles que são semelhantes às soluções que sua empresa oferece e examine os pontos fortes de cada um.

Assim, você poderá entender quais ameaçam mais o seu negócio e conseguirá fazer os ajustes necessários para se prevenir. Aqui, vale a pena aplicar a análise SWOT.

Surpreenda seus clientes

As vantagens competitivas são elementos fundamentais para conquistar e fidelizar clientes. Logo, você deve conhecer as necessidades e desejos do seu público e fornecer produtos e serviços que os atendam.

Ademais, busque produzir mercadorias de qualidade, forneça um bom atendimento ao cliente e faça promoções para surpreender os consumidores. Criar ações para testar a efetividade de cada uma delas é primordial.

Prepare-se para competir com possíveis novos concorrentes

A estratégia competitiva não deve se limitar à concorrência atual. O mercado está sempre em movimento e novos concorrentes podem aparecer a qualquer momento. 

Esteja sempre atento ao surgimento de novidades e mantenha sua empresa em constante desenvolvimento e melhoria. Não espere surgir concorrentes para fazer movimentos de mudança.

Amplie o número de fornecedores

Depender de poucos fornecedores pode comprometer o bom andamento do seu negócio, já que podem ocorrer imprevistos como atrasos e falta de matéria-prima. Por isso, amplie o número de fornecedores para contar com mais opções e reduzir riscos.

Além disso, você consegue ter acesso a novidades em matérias-prima. Isso pode colocá-lo em vantagem com o seu cliente.

Considere outras ameaças

Não foque exclusivamente nas características e desempenho dos produtos ao traçar sua estratégia. Afinal, hoje o público leva diversos outros fatores em consideração ao fazer uma compra.

Por isso, analise também a identidade, os propósitos, a comunicação e outras características dos seus concorrentes. Lembre-se que no cenário diverso que existe, produtos podem ser facilmente encontrados, mas como você faz negócios é única.

As principais dúvidas sobre estratégias competitivas

Você acompanhou um conteúdo super completo sobre estratégias competitivas. Mas, caso você ainda tenha ficado com dúvidas, a seguir, você encontra as principais dúvidas sobre o tema.

Quais são as 4 vantagens competitivas?

De acordo com Michael Porter, são três as vantagens competitivas: Liderança em custo; Diferenciação de produto ou serviço; e Enfoque. 

Qual é o conceito de vantagem competitiva?

Em resumo, vantagem competitiva se refere à capacidade de uma empresa superar seus concorrentes ao oferecer produtos ou serviços percebidos como mais valiosos pelos clientes.

São exemplos de vantagens competitivas?

Os exemplos estão diretamente ligados aos tipos de estratégias competitivas, ou seja: Liderança em custo (preço); Diferenciação de produto ou serviço (personalização); e Enfoque (nichos). 

Qual a maior vantagem competitiva?

Não há como definir a maior vantagem competitiva. Cada negócio se encaixa em uma vantagem e, portanto, tem um diferencial para explorar, considerando também as necessidades e desejos do seu público.

Estratégia competitiva como diferencial no cenário empresarial

Neste artigo, você conheceu diferentes tipos de estratégia competitiva, aprendeu a sua importância e recebeu dicas especiais para colocar todo esse conhecimento em prática. Tudo isso de forma didática e fácil de entender.

Ao traçar sua estratégia competitiva, você terá condições de lidar melhor com a concorrência no mercado e conseguirá elevar ainda mais a competitividade empresarial. Por isso, não deixe de identificar as vantagens competitivas de seus produtos e serviços!

Ter uma visão ampla do seu negócio faz toda diferença quando você se aprofunda em estratégia competitiva. Assim, um bom sistema ERP é essencial. Ele concentra as informações e dados da empresa, determinando as decisões de futuro.

Conheça o Omie: a solução de gestão completa para a sua empresa que oferece máxima economia, implementação rápida e suporte total. Solicite uma proposta agora mesmo

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
remarketing
Entenda como o remarketing pode ajudar a conquistar e fidelizar clientes.
Descubra como criar um site profissional do zero e impulsionar seu negócio. Confira o passo a passo.
gestão de clientes
Entenda como as estratégias de gestão de clientes vão impulsionar o seu negócio.