Tudo sobre a PLR, a participação nos lucros e resultados

Entenda como a Participação nos Lucros e Resultados pode ser benéfica para sua empresa, suas principais vantagens e quem tem direito ao benefício

23/Jun/2022
Contabilidade

Você sabe o que é a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de uma empresa? Esse assunto é muito interessante, entretanto, muitas pessoas desconhecem o que é e como funciona, até mesmo os funcionários que têm direito de receber o benefício.

A PLR é uma regalia dada aos colaboradores como retribuição da lucratividade da empresa, em que parte dos resultados é dividido entre os funcionários após determinado período e, por se tratar de um assunto extenso e com vários aspectos interessantes, neste artigo vamos abordar uma definição mais detalhada da PLR, sua função, quem tem direito, a diferença entre PLR e PPR, entre outros.

Acompanhe até o final para entender também qual é o impacto no caixa da sua empresa e suas vantagens para os negócios.

O que é PLR, a participação nos lucros e resultados?

A Participação nos Lucros e Resultados, também conhecida como PLR, é uma forma de as companhias recompensarem seus funcionários pelos bons resultados, dando bonificações de acordo com os rendimentos da empresa.

Esse benefício está regularizado na Constituição Federal e na Consolidação da Legislação Trabalhista (CLT), de acordo com a Lei 10.101/2000

Apesar disso, não é um direito de todos os funcionários. Isso porque a adoção da PLR depende da iniciativa da empresa. Dessa forma, é facultativo que o negócio adote esse tipo de remuneração para os seus colaboradores, podendo ou não criar um programa de participação.

É importante lembrar, ainda, que caso esteja em convenção de ter a PLR, a empresa tem que seguir o acordado.

Além disso, a PLR não substitui o salário do colaborador, visto que é um benefício à parte. Assim, ela é mais uma bonificação de acordo com os lucros e resultados da empresa em determinado período do que um complemento salarial. 

Para que serve a PLR?

Agora que você já sabe o que é a PLR, chegou a hora de descobrir como ela funciona na prática! Como já dissemos, sua adoção não é obrigatória pelas empresas, mas a decisão em conceder o benefício da Participação nos Lucros e Resultados serve para engajar e motivar os colaboradores a alcançar resultados cada vez melhores.

Além disso, vale ressaltar que a distribuição do benefício não tem um padrão estabelecido, podendo ser tanto um valor fixo por colaborador ou até mesmo um valor proporcional a sua contribuição para aquele resultado.

Em linhas gerais, os seguintes aspectos são levados em consideração para a distribuição do bônus aos funcionários:

  • Índices de produtividade e qualidade;
  • Taxas de crescimento do negócio;
  • Valores de faturamento; 
  • Feedbacks de qualidade dos serviços; 
  • Rendimentos obtidos pela empresa.

Quanto à frequência de pagamentos da PLR, vale destacar que podem variar entre uma ou duas parcelas. Dessa forma, fica a cargo da empresa decidir qual é a melhor periodicidade para o pagamento do benefício.

Diante disso, já alinhamos o que é e para que serve a PRL, portanto, é interessante avaliar se realmente vale a pena a adoção dessa prática. Por isso, confira no tópico a seguir suas principais vantagens.

Quais são as principais vantagens da adoção da PLR?

Considerar quais são os benefícios é muito importante para ponderar se vale ou não a pena a utilização de determinada ferramenta. Por isso, vamos te apresentar as principais vantagens da adoção da PLR pelas empresas.

Cumprimento de metas

A PLR vai depender dos resultados e lucros obtidos pela empresa, portanto, os colaboradores devem bater as metas estabelecidas para que ela seja aplicada.

Diante disso, a implementação dessa bonificação em uma empresa serve como um motivador para que as metas sejam batidas e até mesmo ultrapassadas. Isso, por sua vez, é um incentivo à produtividade e beneficia o programa de metas da instituição.

Motivação e engajamento dos colaboradores

O reconhecimento e remuneração de um trabalho são fatores que potencializam muito a motivação e engajamento dos colaboradores. Um dos aspectos mais considerados por bons profissionais é justamente o reconhecimento, por isso deve ser levado em conta pelo empregador.

Dessa forma, funcionários mais engajados são mais tendenciosos a trazer bons resultados e soluções inovadoras, o que, além de melhorar os resultados, interfere também na otimização de processos e melhoria de desempenhos.

Aumento da transparência

A transparência pode ser considerada um dos principais fatores para que uma empresa tenha sucesso, tanto internamente quanto externamente. Assim, a adoção da PLR implica em uma gestão mais transparente, fator muito positivo.

Diante disso, os colaboradores se sentirão mais seguros e confiantes para vestir a camisa da empresa, que, por sua vez, passará muito mais credibilidade da sua marca para o mercado.

Outros pontos que podem ser considerados é que a PLR ajuda a formar a percepção dos colaboradores da sua importância nos processos da empresa. Eles passam a realmente se sentir parte da companhia e tendem a se dedicar muito mais em melhorar os produtos e serviços oferecidos.

Por fim, o turnover (rotatividade de colaboradores) tende a ser reduzido com a aplicação da PLR, pois os funcionários ficam mais engajados em suas atribuições. Essa redução ajuda - e muito - na gestão financeira da empresa.

Quais são os colaboradores que recebem a PLR?

Se sua empresa aderir à aplicação do benefício da PLR para os colaboradores, você deve determinar a frequência com que o valor será pago, quais metas devem ser atingidas e qual será a porcentagem distribuída.

Porém, nem todos os colaboradores têm direito ao bônus. Apenas aqueles que possuem vínculo empregatício, com registro em carteira, podem receber os valores da PLR - ou seja, estagiários, freelancers, profissionais terceirizados e servidores públicos não estão aptos ao benefício.

Em caso de desligamento do colaborador, ele pode receber de forma proporcional ao tempo de permanência na empresa. Por fim, em caso de afastamento, seja por doença ou licença-maternidade, por exemplo, o funcionário também não recebe os valores, pois subentende-se que ele não participou do atingimento das metas.

Existem encargos trabalhistas sobre a PLR?

A PLR não possui encargos tributários para a empresa e, para o colaborador, pode ser deduzida do imposto de renda se o valor recebido exceder R$6 mil - abaixo desse valor, o benefício não é tributado, sendo ainda mais vantajoso para todas as partes.

Para a instituição, o valor pago aos funcionários também pode ser contabilizado nos balanços e balancetes, como despesa operacional dos negócios.

Entenda as diferenças entre PLR e PPR

Quando se fala em bônus para a equipe, outro termo que aparece com frequência é PPR: Programa de Participação nos Resultados.

Embora sejam parecidas, elas possuem uma diferença muito importante: a PPR está atrelada ao atingimento de metas da empresa, recompensando os colaboradores com um prêmio pelos objetivos alcançados. Isso acontece independentemente de a empresa obter lucro.

Já a PLR incentiva a busca das metas estabelecidas e distribui para a equipe uma parte dos lucros da instituição, caso esses objetivos sejam atingidos. Ou seja, se a empresa não obtiver lucro em determinado período, os valores não são pagos aos colaboradores. 

Considere esse benefício para sua equipe

Procuramos, neste artigo, explicar tudo o que envolve a PLR de uma empresa, mostrando principalmente seu funcionamento e as vantagens que o benefício traz para todos os envolvidos.

Avalie se faz sentido a aplicação na sua empresa, levando em consideração também a parte financeira, pois os valores devem ser planejados em seu orçamento para não gerar surpresas negativas no seu caixa no final do período.

Logo, diante dessas informações, ficou bem mais fácil a tomada de decisão, certo? Esperamos que esse conteúdo tenha conseguido sanar as principais dúvidas acerca desse assunto.

Esse conteúdo foi produzido pelo Blog Voitto, uma escola de negócios com mais de 200 mil alunos, que tem como missão levar a liberdade do on-line com a qualidade do presencial. Por isso, não deixe de acompanhar seu conteúdo. 

Fique por dentro do também no Blog Omie para mais artigos que ajudarão no desenvolvimento da sua empresa!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas