O que é frete CIF? Entenda como funciona e quem paga!

Entenda o que é frete CIF, como funciona e se ele é realmente indicado para o seu negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Você sabe o que é frete CIF? Essa é uma opção que está ganhando cada vez mais espaço entre os varejistas.

Por isso, entender melhor as características do frete CIF, quando seu uso é indicado e quem fica responsável pelos riscos e custos dessa operação, é fundamental. Confira todas essas respostas aqui!

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

O que é o frete CIF?

Frete CIF, sigla para Cost, Insurance and Freight ou Custo, Seguro e Frete, é uma modalidade de frete internacional que passou a ser utilizada nas operações logísticas no Brasil.

É um dos tipos de frete no qual a responsabilidade, os riscos e os custos com a entrega das mercadorias ao consumidor final ficam a cargo do vendedor, como seguros e taxas. Então, caso aconteça algum imprevisto, o problema fica nas mãos do lojista e não do destinatário.

Dessa forma, se torna uma opção interessante para negócios B2C, como o e-commerce, já que o cliente faz a compra e não precisa se preocupar com nenhum detalhe do processo de entrega.

Como funciona o frete CIF? 

Depois de saber o que é frete CIF, é hora de entender como esse tipo de logística funciona e porque vale a pena ao considerar a gestão de cargas e entregas.

No frete CIF, como citamos, os custos e riscos associados ao transporte da mercadoria, desde o ponto de origem até o destino final, são assumidos pelo vendedor. Nesse cenário, cabe ao vendedor contratar a empresa de transporte, arcar com os valores do frete e do seguro de transporte.

Por exemplo: o consumidor compra uma televisão na loja virtual e sabe que, em um determinado prazo, o produto chega em sua casa com a transportadora escolhida pelo lojista.

Imagine o transtorno que seria o próprio cliente ter que procurar por uma transportadora e assumir todos os riscos da entrega nesse tipo de compra? Seria inviável, por isso a melhor opção para negociações com pessoas físicas é o frete CIF.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Quais são as vantagens do frete CIF?

Como você viu, ao falar em gestão de frete, o uso do CIF é uma opção indicada para quem vende para o consumidor final. Mas quais as vantagens de escolher essa opção de frete? Acompanhe:

  • Comodidade para o consumidor: o primeiro ganho é tirar a responsabilidade de escolha da transportadora do cliente, já que todo o processo de entrega da mercadoria é feito pelo lojista.
  • Mais qualidade na venda: como o consumidor não tem nenhum trabalho em relação à forma como receberá o produto no endereço indicado, você agrega valor na sua venda, já que ele enxerga essa facilidade ao escolher sua loja.
  • Custos incluídos no preço do produto: a responsabilidade e custos com o frete CIF é do varejista, porém o valor com a entrega passa a ser incorporado no produto, ou seja, há vantagens financeiras para a empresa.
  • Controle da entrega pelo vendedor: no frete CIF, é o lojista quem escolhe a transportadora e, assim, tem um controle na entrega do produto, sabendo que ele vai chegar no prazo e em boas condições para o consumidor.

Quem paga o frete CIF?

No frete CIF, todos os detalhes em relação à entrega, incluindo custos e seguro, ficam com o vendedor.

No entanto, como foi dito, nessa modalidade o lojista não arca com todo o valor, porque o custo do frete é incluído no produto.

Além disso, o próprio vendedor especifica na nota fiscal que o método de frete é CIF, o que significa que o consumidor não terá que arcar com custos adicionais para a entrega de sua compra.

Quando usar o frete CIF?

Essa opção de frete é indicada para negócios que vendem para o consumidor final, sendo uma prática bastante popular especialmente no e-commerce, com um alto volume de entrega para locais diferentes.

Com o frete CIF, mesmo sabendo que o valor da mercadoria é acrescido do valor do frete, o cliente fica tranquilo, pois não se responsabiliza com a entrega.

FAQ

Como calcular o frete CIF?

Para determinar o valor do frete CIF, o lojista precisa listar todas as despesas com a operação de entrega do produto, como distância, pedágios, valor da transportadora ou gastos com o motorista e combustível, além do valor do seguro.

Frete CIF e nota fiscal

Em relação à nota fiscal, a loja não precisa informar o valor do frete CIF, pois pode acrescentar o valor no preço final do produto. Ou seja, é uma opção de frete que simplifica o preenchimento do documento fiscal.

Frete CIF e frete FOB: você sabe a diferença?

A principal diferença está na responsabilidade com a entrega da mercadoria, porque, no caso frete FOB, ela fica a cargo do comprador, sendo utilizado em operações B2B. Nessa opção, a responsabilidade do vendedor termina quando ele despacha a mercadoria.

Simplifique a gestão!

Como você já deve saber, o processo de logística envolve diferentes etapas para garantir que tudo seja entregue no prazo. Ao optar pelo frete CIF, por exemplo, as empresas podem concentrar seus esforços em outras áreas do negócio, garantindo entregas seguras e eficientes.

Mas, não basta apenas decidir a melhor opção de frete, é preciso ir além e contar com soluções inteligentes que facilitem a rotina e as tarefas. Para otimizar ainda mais sua gestão empresarial, explore as funcionalidades completas oferecidas pela Omie.

Banner experimente - simplifique sua rotina e integre todas as áreas da sua operação

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
estoquistas vendo dicas de controle de estoque
Como fazer o controle de estoque para sua empresa de forma objetiva, eficiente e os principais cuidados que você deve
Impostos sobre Produtos Importados: TAX
Desvende os segredos dos impostos sobre produtos importados e aprenda a calcular de forma simplificada.
OTIF: gestão de logística.
Conheça indicador que promove economia e eficácia