Qual valor do salário mínimo 2024 e o que muda com ele?

Entenda como funciona a lógica por trás do reajuste do salário mínimo, o valor para 2024 e de quanto foi o aumento real para o trabalhador!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O salário mínimo é uma ferramenta criada para garantir o direito dos trabalhadores e uma remuneração básica para os cidadãos. Por isso, é importante que seu valor seja corrigido para acompanhar índices econômicos, como a inflação.

Assim, o empreendedor precisa estar informado sobre reajuste do salário mínimo 2024 e as mudanças que vão acompanhar a correção desse valor. Continue a leitura, entenda melhor o assunto e veja de quanto foi o reajuste.

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Qual o valor do salário mínimo 2024?

O salário mínimo 2024 é R$ 1.412, sendo o valor um direito assegurado por lei, no artigo 7º da Constituição da República Federativa de 1988. Seu objetivo é viabilizar o poder aquisitivo da população, determinando uma quantia mínima comum a todos.

É fundamental que o empreendedor, além de acompanhar as mudanças em relação aos impostos, como IRPF, também fique por dentro dos novos valores de salário mínimo, pois a folha de pagamento impacta em cheio as finanças do negócio.

Qual o valor do reajuste do salário mínimo 2024?

O reajuste do salário mínimo em 2024 foi de 6,97% e, assim, passou de R$ 1.320 (valor de maio a dezembro de 2023) para R$ 1.412.

Esse aumento foi informado pelo Ministério do Planejamento e Orçamento depois que o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2024 foi aprovado pelo Congresso Nacional.

O que muda com o salário mínimo 2024?

Para determinar o aumento do salário mínimo, o governo considera o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), um indicador de inflação, que ficou em 3,85% nos 12 meses (até novembro de 2023).

Saiba ainda que o reajuste leva em conta também a elevação do Produto Interno Bruto (PIB) no ano de 2022.

Dessa forma, em 2024, o salário mínimo teve um reajuste de 6,97%, porém, o aumento real foi de 3%, ou seja, foi esse valor que, de fato, ficou acima da inflação.

A valorização real desse indicador é uma das maneiras de avaliar a efetividade de um reajuste. Ao corrigir valores acima do índice da inflação, os trabalhadores conseguem ter uma percepção concreta dessa mudança e valorização no seu poder de compra.

No caso do salário mínimo em 2023, a valorização real do reajuste foi de 3,1%. Todavia, antes disso, o último reajuste que ofereceu valorização real foi em 2019. Nos anos que se seguiram, a gestão governamental não considerou o aumento real, apenas a inflação.

Por conta disso, em determinados anos, o percentual de valorização real desse índice era zero ou até negativo, entregando poucos benefícios para a população.

Quando começa a valer o novo salário mínimo em 2024?

O salário mínimo de 2024 passou a valer a partir de 1° de janeiro de 2024, o que trouxe diferentes impactos na economia e na sociedade. Isso porque:

  • grande parte da população brasileira vive com um salário mínimo;
  • o reajuste aumenta o poder de compra das pessoas;
  • o aumento da renda e do consumo da população movimenta a economia.

No entanto, alguns economistas apontam alguns desafios nesse cenário, sendo:

  • a questão fiscal, já que o valor da aposentadoria está atrelado ao salário mínimo, resultando em um aumento de custos com a Previdência Social;
  • o aumento implica aumento de benefícios atrelados a ele, como INSS e seguro-desemprego, elevando os gastos para o governo;
  • o aumento de gastos públicos pode resultar em juros e inflação elevados.

Vale ressaltar que alguns especialistas acreditam que o aumento de renda pode influenciar no aumento dos preços — lógica oferta e demanda.

Há ainda um ponto de atenção que é a diferença do custo de vida entre as regiões do país: em certos estados, o salário mínimo é insuficiente para custear itens básicos.

Quais os benefícios sociais atrelados ao salário mínimo?

Existem alguns benefícios disponíveis para quem recebe o salário mínimo. Isso significa que, se o valor do salário é reajustado, eles também são. Ou seja, um reajuste de salário implica refazer o cálculo do INSS, por exemplo.

Para trabalhadores que recebem pelo regime CLT, ou seja, de acordo com as leis trabalhistas, os principais benefícios atrelados, assegurados pela Constituição, são:

  • Abono salarial PIS/Pasep — benefício anual para quem recebe até dois salários mínimos;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC) — destinado a idosos ou pessoas com deficiência de baixa renda;
  • Aposentadorias, benefícios e pensões do INSS;
  • Seguro-desemprego — ajuda o trabalhador a garantir uma renda até conseguir se recolocar no mercado;
  • Seguro-defeso — benefício voltado para quem trabalha com pesca.

Outras dúvidas sobre salário mínimo no Brasil

Esclareça mais dúvidas sobre o salário mínimo em 2024 com as questões a seguir.

O que é o salário mínimo?

O salário mínimo é o valor mais baixo possível que uma empresa pode pagar a seus colaboradores. Ou seja, as remunerações devem ser definidas a partir desse valor.

Nesse sentido, ele funciona como uma garantia e uma proteção para os trabalhadores, definindo que eles recebam pelo menos o básico para cobrir gastos essenciais.

Qual o valor atual do salário mínimo?

O salário mínimo para 2024 é de R$ 1.412 e ele começou a valer em 1° de janeiro de 2024.

Como calcular o salário mínimo?

O cálculo do salário mínimo é complexo e precisa considerar vários fatores para oferecer ganhos reais aos trabalhadores. Alguns aspectos levados em conta são:

  • Inflação;
  • Crescimento econômico do país;
  • Variação dos preços de bens e serviços — Índice de Preços ao Consumidor (IPC);
  • Negociações com sindicatos;
  • Indicadores macroeconômicos como nível de pobreza, custo de vida e outros.

Acompanhe os reajustes salariais com a ajuda da tecnologia

As mudanças salariais podem ser um desafio para muitos empreendedores que têm colaboradores, logo é preciso ter muita atenção às mudanças na lei para calcular as remunerações corretamente.

Portanto, fazer o cálculo da folha de pagamento também pode demandar correções na sua empresa, como rever contratos e precificação. Nessa hora, é importante ter formas otimizadas de acompanhar indicadores e os resultados do seu negócio.

Para isso, o melhor é utilizar um sistema completo, como o ERP, que centraliza todos os processos e atividades, conectando finanças, gestão e contabilidade. Com essa tecnologia, fica fácil fazer todas as mudanças seguindo o novo valor do salário mínimo.

Aproveite todas as vantagens da tecnologia para fazer seu negócio crescer: facilite a rotina da sua empresa com um sistema de gestão online!

Banner experimente - simplifique sua rotina e integre todas as áreas da sua operação

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Conheça a cnae: homem e mulher a frente de notebook
Aprenda como consultar e classificar corretamente sua empresa conforme suas atividades com o CNAE.
gestão de clientes
Entenda como as estratégias de gestão de clientes vão impulsionar o seu negócio.
eficiência operacional de restaurantes
Entenda como melhorar a eficiência operacional de restaurantes com o nosso guia!