Tudo sobre Sociedade Limitada Unipessoal

Entenda neste artigo tudo sobre Sociedade Limitada Unipessoal e quais vantagens esse modelo de negócio pode oferecer para o empreendedor.

14/Set/2020
Empreendedorismo

Para quem deseja abrir um negócio, mas não possui um capital social mínimo, a Sociedade Limitada Unipessoal é uma boa alternativa. Esse modelo de sociedade é um incentivo para que empreendedores não desistam de abrir suas empresas e não encontrem tanta burocracia no processo.


Além disso, na Sociedade Limitada Unipessoal, o patrimônio do empresário não se mistura com o da empresa e, portanto, não pode ser comprometido em caso de dívidas empresariais ou falência. 


Com essa alternativa, os empreendedores ganharam mais liberdade para ter seu próprio negócio sem depender de um sócio e sem comprometer seus bens pessoais.

Sociedade Limitada Unipessoal x EIRELI

Após saber um pouco mais sobre o que é Sociedade Limitada Unipessoal, é possível identificar semelhanças entre ela e a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI, embora não sejam a mesma coisa. Isso porque, no caso da EIRELI, é preciso ter disponível um capital social de ao menos 100 salários mínimos atuais para abrir uma empresa.


Ao escolher entre a Sociedade Limitada Unipessoal e a EIRELI, também é preciso levar em conta as vantagens similares, como não ter seu patrimônio pessoal afetado pela situação financeira da companhia. Por isso, muitas vezes, a Sociedade Limitada Unipessoal pode ser uma alternativa melhor.

Por que optar pela Sociedade Limitada Unipessoal?

Além de não ser necessário ter um sócio para abrir uma empresa no modelo Sociedade Limitada Unipessoal, também não há um limite para seu capital social. Quando não há um valor mínimo que precisa ser investido, existem mais oportunidades para os empreendedores terem seu próprio negócio formalmente.


Esse modelo também permite que o pequeno empresário se torne uma pessoa jurídica unipessoal, regulamentando sua atividade para garantir seus direitos. Isso é possível inclusive para profissões como advogados, contadores, dentistas, entre outras.


Para a sociedade e para o mercado, a LDTA Unipessoal é interessante para diminuir a quantidade de pessoas que atuam informalmente por não terem interesse em abrir um negócio com um sócio. Assim, ao se formalizar, o empresário pode emitir notas fiscais e garantir que sua empresa esteja em dia com o Fisco.

Como abrir uma empresa Sociedade Limitada Unipessoal?

O processo para abrir uma empresa do formato SLU é semelhante a qualquer outro. Primeiro, é necessário que você solicite a Consulta Prévia na prefeitura onde seu negócio está localizado, além de solicitar a viabilidade do nome escolhido na Junta Comercial do seu estado.


Em seguida, você deverá preencher e transmitir para a Receita Federal o Documento Básico de Entrada. Também é fundamental gerar as capas do processo e a taxa do pagamento. Depois, será preciso elaborar o contrato Social de Constituição de Sociedade Limitada Unipessoal e protocolar toda a documentação na Junta Comercial.


Por fim, após a liberação do CNPJ, é preciso solicitar o enquadramento ao regime tributário, seja no Simples Nacional ou outro regime escolhido. Vale lembrar que nesse formato de negócio, a razão social da empresa será o nome do proprietário seguido da palavra limitada.


Para evitar que o nome da razão social fique muito grande, no caso de pessoas com muitos sobrenomes, é possível abreviar os primeiros nomes, porém nunca o último sobrenome. 


Além disso, dependendo do tipo de atividade que a empresa exercerá, pode ser que licenças e autorizações específicas sejam necessárias. Sendo assim, é importante investigar o que é preciso para o seu tipo de segmento. 


Após todo esse processo, qualquer pessoa que já não tenha outra empresa individual poderá abrir uma SLU.

Como transformar uma Sociedade Empresarial Limitada em SLU?

Para fazer a transformação de Sociedade Empresarial Limitada em Unipessoal é preciso que ela seja aprovada por alteração de contrato social. A transformação deve ser devidamente registrada no Registro Público Empresas Mercantis, além das juntas comerciais.


O processo pode ser acompanhando por um contador para que você possa se certificar de que tudo está sendo feito dentro das exigências legais. Assim, após a mudança, você não precisará se preocupar com nenhuma questão legal com relação à transformação.

Como a tecnologia pode ajudar?

Após abrir sua empresa no formato de Sociedade Limitada Unipessoal, é preciso garantir que ela será muito bem administrada. Para isso, um sistema de gestão empresarial pode ajudar, já que essa tecnologia automatiza processos e impulsiona a produtividade na sua companhia.


Leia mais sobre o que é ERP e entenda mais sobre o que é um software de gestão e como ele pode proporcionar muito mais produtividade para o seu negócio, além de ajudar a sua empresa a se desenvolver e prosperar.


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas